Publicidade

Estado de Minas OPINIÃO SEM MEDO

Minha 'carta aberta' a Temer: reconhecimento, agradecimento e pedido

O vampirão do 'tem de manter isso aí', como uma Fênix, ressurge das cinzas para a ribalta, e novamente 'salva' o Brasil


11/09/2021 08:24

Temer, o 'bombeiro', e Bolsonaro, o 'verdugo do Planalto'(foto: wikimedia commons)
Temer, o 'bombeiro', e Bolsonaro, o 'verdugo do Planalto' (foto: wikimedia commons)


Já citei outras vezes um antigo slogan de uma empresa de caminhões de mudança - não sei se ela ainda existe: ‘o mundo gira e a Lusitana roda’. Pois é. Depois de abatido em pleno voo, pela armação criminosa do ex-PGR Rodrigo Janot e os Irmãos Metralha-Batista, e preso de forma espetacularmente ilegal, Michel Temer, o maridão da bela Marcela (que nunca recebeu cheques de milicianos), dá a volta por cima e ressurge, como uma Fênix, para ‘salvar’ mais uma vez a nação.

Que diabo de 'povo brasileiro' é esse que foi às ruas 'autorizar ditadura
Bolsonaro afundou o País, facilitou 600 mil morgtes e agora quer impeachment

Um dos líderes do impeachment de Dilma Rousseff, nossa eterna e inofensiva (diante do que temos aí, é claro) estoquista de vento, Temer assumiu o Brasil em frangalhos e o entregou, digamos, equilibrado a Jair Bolsomole, ops!, Bolsonaro. Aliás, só não fez mais por conta da armação citada e a greve dos caminhoneiros terroristas, liderada por um ex-capitão do Exército, igualmente terrorista, coincidente e tragicamente, hoje a besta-fera que desgoverna e destrói o País.

AGRADEÇO

Por isso, publicamente, agradeço a Michel Temer, o vampirão do ‘tem de manter isso aí’, por:

  • Ter articulado o impeachment da saudadora de mandioca;
  • Ter aprovado, em dois anos, uma série de reformas essenciais;
  • Ter reconduzido o genial Henrique Meirelles ao comando da economia (no que fez muito bem João Doria, haja vista o excelente resultado do estado de São Paulo); e
  • Ter entregue um país muito melhor do que herdou da cleptocracia lulopetista.

E agora, dessa vez, agradeço pela atuação como bombeiro durante o incêndio de Roma, em 7 de setembro, ou melhor, de Brasília, em 8 e 9 de setembro, ateado pelo Bolsonero golpista de araque. Se bem que, se não tivesse partido em socorro ao aloprado homicida, talvez a esta altura estaríamos discutindo o impeachment do pai do senador das rachadinhas e da mansão de 14 milhões de reais (comprada por apenas 6 milhões). Por falar em mansão, e a outra, hein, alugada por 3 mil reais?

PEÇO

Agora que o morto-vivo, ou seria natimorto?, enfim, que a Fênix Temer, repito, o maridão da bela Marcela, que nunca recebeu cheques de milicianos, retomou a faixa presidencial e reassumiu a Presidência da República, como influente líder do Centrão que é - e que sempre foi! -, Centrão este que efetivamente é ‘quem manda’ na bagaça toda, gostaria de fazer alguns pedidos, se não for muito inconveniente de minha parte e nem se for dar muito trabalho a um senhor de certa idade.

Por favor, caro Temer, articule um ‘bendito’ nome - de preferência Henrique Meirelles - para ser o candidato dos 30% de eleitores que não suportarão ser governados, outra vez!!, ou por um chefe de quadrilha corrupto e lavador de dinheiro ou por um psicopata golpista homicida cretino, respectivamente, Lula da Silva, o meliante de São Bernardo, e Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto. E se não for pedir muito, fale para o Calça Apertada desistir da eleição, abrindo espaço para o Eduardo Leite.

É isso aí! Valeu! Bração procê! E lembranças à maaaravilhosa Marcela e ao encantador Michelzinho. Fui.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade