Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Leilão do pré-sal: ''Os gringos mandaram avisar''

Fôssemos mais instruídos e menos egoístas, e teríamos aprendido uma bela lição


postado em 07/11/2019 13:51 / atualizado em 08/11/2019 10:50

(foto: Wikipedia)
(foto: Wikipedia)

Como sabido, o governo leiloou, nesta semana, a concessão de diversos poços de petróleo do chamado Pré-sal. Se não houve motivos para comemorar, não há razão para desespero. O resultado foi muito bom, ainda que abaixo do esperado: 70 bilhões de reais serão sempre 70 bilhões de reais, ora bolas.

Não há como negar que o modelo proposto — inventado pelas gestões petistas — afasta os investidores estrangeiros. Não à toa, a equipe econômica já anunciou que leiloará os poços restantes sob uma nova forma — conforme proposta do senador José Serra. Duro será convencer a tigrada no Congresso.

Aliás, a insistência em pontos estúpidos, como preferência da Petrobras e uma indenização imprevisível, fortemente defendidos por grande parte dos deputados, foi apontada pelos especialistas como a grande vilã. Estados e municípios receberão muito menos, graças às suas bancadas em Brasília.

Humildade e canja de galinha não fazem mal a ninguém, exceto a políticos de oposição e a um certo presidente da República. Os primeiros exploram, com a costumeira má-fé, o “fracasso” do leilão, como se parte da culpa não fosse deles mesmos. Já o tal certo presidente não acreditará, quando alguém lhe contar, que investidor estrangeiro não gosta de ambiente hostil ou escandaloso. Menos ainda de hostil e escandaloso ao mesmo tempo.

Ciro Gomes
também comemorou. Disse que “iriam entregar o petróleo dos jovens e dos brasileirinhos ao capital estrangeiro”. Nos últimos anos temos visto o tanto de brasileirinhos, vários dos quais aliados do próprio coroné Ciro, presos por roubarem a Petrobras. Cretinice, canalhice e cinismo atingem o Estado da Arte na compostura ciresca.

O recado foi claro: dinheiro não falta; interesse tampouco! Aprendamos com os erros, que logo os gringos voltam. Há trilhões de dólares dormindo sem rendimento (ou rendimento negativo) por todo o mundo. Dê-lhes rentabilidade e segurança que virão correndo — como petistas atrás de propina, hehe.

Calma… Brincadeirinha!! Brincadeirinha!! Amigo!! Amigo!!


Publicidade