Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Mulheres conquistam espaço no Poder Judiciário em Minas Gerais

Dos 967 juízes de direito de Minas Gerais, 340 são mulheres. Dos 138 desembargadores do Tribunal de Justiça, 24 são do sexo feminino


postado em 09/03/2020 04:00 / atualizado em 09/03/2020 08:35

(foto: Tribunal de Justiça MG/Divulgação )
(foto: Tribunal de Justiça MG/Divulgação )


Até 1960, não havia a mínima a participação da mulher nos quadros da magistratura de Minas Gerais. A primeira juíza de Direito do estado foi Myriam Saboya Coelho, nomeada em setembro de 1960 pelo governador Bias Fortes. A primeira desembargadora só surgiu em 1988, com a promoção da juíza Branca Rennó para o Tribunal de Justiça. Daí em diante, a participação feminina só foi crescendo. Hoje, dos 967 juízes de Direito de Minas Gerais, nada menos de 340 são mulheres.

***

Já no Tribunal de Justiça, no quadro de 138 desembargadores, 24 são do sexo feminino. Em fevereiro, duas integrantes do Ministério Público, Paula Cunha e Silva e Maria Inês Souza, foram empossadas como desembargadoras. Na semana passada, foram nomeadas três juízas de Direito como desembargadoras substitutas. A se destacar que no quadro geral de servidores do Judiciário as mulheres já são maioria.
 
 
JORNADA SOLIDÁRIA TORNEIO EMPRESARIAL DE TÊNIS

Hoje é o último dia de inscrições dos interessados em participar do 24º Torneio Empresarial de Tênis Estado de Minas, que terá 100% de sua renda revertida em favor das obras da Jornada Solidária. Por sinal, este mês termina a grande reforma da Creche Padre Francisco Moreira, feita com recursos do evento do ano passado, mais conhecido como Torneio da Creche, junto com a renda dos torneios femininos da Jornada.

***

Os jogos começam na quarta-feira, sob a coordenação técnica de Leila Abe, Bob Wildmann e Flávio Casalechi. Durante a semana, as disputas serão realizadas em quadras particulares. No sábado e no domingo, elas se transferem para o Minas Tênis Náutico Clube, no Alphaville. Considerado o maior campeonato social amador do país, conta com patrocínio máster do Banco Mercantil e do Instituto MRV. Copatrocínio da Automax, Anuar Donato Consultoria Imobiliária, Cerâmicas Braúnas, Bob's, Construtora Canopus, Construtora Castor, Laboratório Hermes Pardini, Jam Engenharia de Ar Condicionado, Carmo Couri Engenharia, Construtora Patrimar e Supermercados Epa. Entre os apoiadores estão Central Press, Minas Solidário, Água Florença, Krug Bier e Forno de Minas. As finais estão marcadas para 22 de março.


AUTOMÓVEL
FIM DOS GRANDES SALÕES?

O Salão do Automóvel de São Paulo de 2020, marcado para outubro, devido à recusa da maioria das grandes montadoras em participar do evento, acabou adiado para 2021, ainda sem data certa para sua realização. O cancelamento do maior salão do automóvel da América do Sul é fruto de um montão de motivos, principalmente financeiros, os mesmos que causaram a suspensão de seis grandes salões na Europa e nos Estados Unidos. Agora, o que se pergunta é se esses salões vão resistir à crise ou serão extintos para sempre. No Brasil, o problema da falta de peças vindas da China para a indústria automobilística, devido ao coronavírus, pode provocar a interrupção do lançamento de novos modelos.
 
PAULO NEVES
INAUGURAÇÃO DO BUSTO

A direção da Faculdade de Direito da UFMG presta hoje significativa homenagem a um dos mais ilustres e saudosos integrantes de seu corpo docente, o professor Paulo Neves de Carvalho. Vai inaugurar no chamado Pavilhão dos Sábios, espaço destinado a celebrar seus grandes valores, o busto do homenageado, que por vários anos foi titular da cadeira de direito administrativo da instituição. A solenidade será às 11h, presidida pelo diretor da faculdade, professor Hermes Guerrero, com presença da comunidade acadêmica.
 
CULTURA
REFLEXO MINEIRO

A relação de nomeações para cargos ligados à Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro, feitas pela recém-empossada secretária Regina Duarte, salvo engano, não tem nenhum mineiro, como é de praxe no setor. Sinal de que o mineiro Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, ao qual a Secretaria de Cultura está subordinada, não teve a menor interferência na lista. Nada contra. No entanto, esse detalhe representa apenas mais um reflexo de que Minas não está apitando nada na atual administração da República. Nadinha.
 
DIA DA ÁGUA
ÁRVORES E ALIMENTOS


O Dia da Água, comemorado em 22 de março, obviamente terá manifestações em BH, já que se trata do bem mais precioso existente na face da Terra. Uma delas será o lançamento do concurso Ideias Renovadoras: Plantando Árvores e Colhendo Alimentos, promoção do Instituto Terra (de Sebastião Salgado), WWF, Fundação Renova e Centro de Pesquisa Agroflorestal. O objetivo é premiar projetos que apresentem as melhores soluções para o reflorestamento da Bacia do Rio Doce. Será dada atenção especial a propostas que combinem práticas florestais com atividades agropecuárias. Haverá premiação em dinheiro para os cinco melhores projetos, além da glória da contribuição para recuperação da Bacia do Rio Doce.

DEGUSTAÇÃO
VINHOS DE PORTUGAL

Belo Horizonte será a primeira cidade do Brasil a receber o Roadshow Vinhos de Portugal 2020, um dos grandes eventos anuais de degustação de vinhos portugueses realizados no país, a ter lugar em 30 de março, no Hotel Mercure. Contará com 22 dos mais renomados produtores lusitanos, entre os quais Quinta do Crasto, Monte da Ravasqueira, Quinta das Arcas, José Maria da Fonseca, Esporão e Cartuxa, Casa Relvas e Quinta dos Avidagos. O enólogo Marcio Oliveira comandará o espetáculo. Degustação de 190 rótulos.


INSTITUTO USIMINAS
PROJETOS CULTURAIS E SOCIAIS

Com ou sem Lei Rouanet, o Instituto Usiminas, fundação dedicada a projetos sociais da Usiminas, vem aumentando o patrocínio a projetos culturais, esportivos e sociais em Minas Gerais e em São Paulo, onde a siderúrgica também atua. O balanço de 2019 registrou a aplicação de R$ 13,5 milhões em 72 projetos, aumento de 5,5% sobre os R$ 12,8 milhões aplicados em 2018. Para este ano, as previsões estão sendo delineadas. Desde 1993, o Instituto Usiminas investiu nada menos de R$ 335 milhões em 2.484 projetos. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade