Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Em clima descontraído, aniversário duplo no Coco Bambu

May Flower Vaz de Mello, viúva do ex-presidente do TJMG José Norberto Vaz de Mello, e a filha, Beth Vaz de Mello Curi, festejaram com familiares e amigos íntimos


postado em 19/02/2020 04:00

Dona May Flower Vaz de Mello, no seu jantar de aniversário, com o ator Carlos Nunes e Beth e Edmond Curi, no Coco Bambu (foto: M.Curi/Divulgação)
Dona May Flower Vaz de Mello, no seu jantar de aniversário, com o ator Carlos Nunes e Beth e Edmond Curi, no Coco Bambu (foto: M.Curi/Divulgação)


Horário de verão
Alguém se lembra?

Acabar com o horário de verão no Brasil, estabelecido por decreto federal de 1º de outubro de 1931, mas que só funcionou realmente a partir de 1985, quando passou a ter a sua duração regulamentada, sempre foi meio complicado. O governo tinha receio de acabar com o horário feito para economizar energia, mas que no fundo desagradava a muito gente. E não economizava energia coisa nenhuma. Pois bem. Chegou o governo Bolsonaro e acabou de vez com sua vigência. Praticamente, sem polêmicas. A notícia aqui vai porque, neste domingo, caso ele estivesse em vigência, seria o seu final. O gozado é ninguém está se lembrando muito de sua existência. Nadinha.

Italianos
Dia do Imigrante

Sexta-feira, 21 de fevereiro, é Dia do Imigrante Italiano, data dedicada às pessoas que vieram do Reino da Itália para ganhar a vida no Brasil, dentro da política criada pelo imperador Pedro II para estimular o crescimento econômico do país e povoar regiões ainda carentes do elemento humano. No desencadear dessa onda imigratória, São Paulo acabou sendo o grande centro da imigração italiana no país, o que viria a desencadear o seu progresso econômico. Acredita-se que até 70% dos imigrantes italianos baixaram em São Paulo. Outros estados que receberam grande número de imigrantes italianos foram o Rio Grande do Sul, em segundo lugar, e Minas Gerais, em terceiro. Lamentavelmente, não se sabe por que, até hoje, o IBGE não fez um levantamento completo do número de imigrantes italianos que vieram para o Brasil de 1880 até 1930 e nem de seus descendentes existentes no país. Acredita-se que existam atualmente de 20 milhões a 30 milhões de brasileiros de descendência italiana até a quarta  geração. O Brasil abriga a maior número de “oriundi” fora da Itália, seguido pelos Estados Unidos. A influência dos costumes e da cultura italiana ainda se fazem sentir em todo o país.
Tribunal de Justiça
Novas desembargadoras

O corpo de desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais ganha hoje duas novas integrantes, o que aumenta para 24 o total de magistrados do sexo feminino na mais alta corte de Justiça do estado. As novas desembargadoras, que tomam posse em seus cargos em solenidade a se realizar logo mais, às 10h30, no auditório do Tribunal Pleno, oriundas dos quadros do Ministério Público, são a procuradora de Justiça Maria Inês Rodrigues de Souza e a promotora de Justiça Paula Cunha e Silva. A sessão de posse será comandada pelo desembargador Nelson Missias, presidente do Tribunal.

Minas/Espírito Santo
Plano Estratégico

No encontro realizado segunda-feira na Federação das Indústrias de Minas Gerais, em que foi lançado o Plano Estratégico Minas Gerais/Espírito Santo, com a presença dos governadores Renato Casagrande, do estado vizinho, e Romeu Zema, de Minas, o anfitrião do evento, Flávio Roscoe, presidente da Fiemg, afirmou, em tom otimista, que as obras previstas no plano deverão atrair investimentos de R$ 56,5 bilhões. Investimentos a serem feitos pela iniciativa privada, já que os cofres dos estados envolvidos no projeto estão muito pouco recheados. Serão dadas prioridades às sempre esperadas duplicações da BR-381 e da BR-262, que nunca se concretizam. Houve referência também ao sistema ferroviário, implantação das ferrovias 118 e 354 e do contorno da Serra do Trigo. Planos é que não faltam.

AMIF
Florestas plantadas

Lideranças da agroindústria de florestas plantadas em Minas Gerais e figuras do mundo oficial se reuniram em BH, sexta-feira última, para debater as perspectivas e oportunidades de desenvolvimento do setor, um dos principais vetores sustentáveis para a retomada do desenvolvimento do estado. Denominado Timber Talks 2020, o encontro foi promovido pela Associação Mineira da Indústria Florestal (Amif). Entre seus palestrantes, o presidente da Indústria Brasileira de Árvores, Paulo Hartung, ex-governador do Espirito Santo. Na reunião foi revelada que a base florestal plantada de Minas Gerais já ultrapassou a marca de 2 milhões de hectares, o que dá ao estado a posição de maior detentor do plantio de florestas do país. Outro dado importante coloca a indústria mineira de árvores plantadas em destaque no cenário global: Minas Gerais é líder mundial na produção e consumo de carvão vegetal proveniente dessas florestas. Foi abordado também um ponto da maior importância: recuperação das áreas degradadas de Minas com a plantação de florestas.

Copérnico
Prioridade para o Sol

A data de hoje marca o aniversário de 547 anos do nascimento do grande astrônomo polonês Nicolau Copérnico, que acabou com a teoria aristotélica de que o Sol girava em torno da Terra, então considerada como o centro do universo. A teoria de Copérnico, publicada no livro De revolutionius orbium coelestium, foi aperfeiçoada depois por Kepler, Tycho Brahe e pelo famoso Galileu Galilei, apesar da posição contrária da Igreja. Acredita-se que até hoje existem pessoas que acham que o Sol é que gira em torno da Terra, ainda centro do universo. Uma delas seria o presidente Donald Trump.
 
 
O presidente do Corpo Consular de Minas Gerais, Manoel Ferreira Guimarães, com o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, em BH (foto: F.Dias/Divulgação)
O presidente do Corpo Consular de Minas Gerais, Manoel Ferreira Guimarães, com o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, em BH (foto: F.Dias/Divulgação)












*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade