Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas FRANQUIAS DE A A Z

Franqueados tóxicos: como eles se tornam um risco para a sua rede?


postado em 14/07/2019 04:00 / atualizado em 12/07/2019 16:52


 
 
Dentro de uma rede existem diversos perfis de franqueados. Um bom franqueador, geralmente, sabe identificar os pontos positivos nesses perfis e usá-los a favor do negócio e da rede. Nesse caso, os bons se tornam ainda melhores e fazem o negocio fluir. Mas existe um perfil que nem sempre é fácil de ser identificado. É nesse momento que entra em cena o “franqueado tóxico”.
 
Assim como os demais, esse tipo de perfil parece ser o de quem veste a camisa da marca e torce para tudo dar certo, mas quando o franqueador vira as costas, as verdadeiras características se revelam. Mesmo que a franqueadora ofereça excelente suporte e condições para que o negócio seja um sucesso, esse tipo de franqueado não reconhece essas ações e geralmente torna o ambiente da rede de franquias muito ruim.
 
Entre as características desses franqueados estão: reclamações sobre todas as decisões tomadas, crítica aos outros franqueados que são a favor ou se dedicam mais para o crescimento da marca, pouca dedicação, comentários desagradáveis. Isso torna o a convivência pouco agradável para todos ao redor.
 
Quais ações devem ser tomadas?
 
Quando se deparar com um franqueado tóxico, a primeira ação deve ser conversar de maneira franca e entender os verdadeiros motivos desse tipo de comportamento. Ao expor essas razões, será possível identificar se o franqueado está passando por algum problema que pode ser resolvido, ou se sua desmotivação com a franqueadora é algo que não pode ser corrigido.
 
 
cultura de feedbacks
 
O fato é que, para criar uma boa rede de franquias, agradável e que motive todos os franqueados, é necessário estar disposto a ouvir opiniões e melhorar os processos, deixando sempre claro que críticas são sempre bem-vindas quando a intenção é melhorar e promover a valorização entre todos. Dessa maneira, encontrar franqueados que estão atrapalhando o restante da rede e a evolução da empresa pode ser mais fácil, pois todos vão entender que existe ambiente e momento propícios para os feedbacks.
 
 
cultura empresarial
 
Muitas vezes, os franqueados de uma rede podem se perguntar: “Mas como isso pode nos atrapalhar?”. O fato é que um franqueado tóxico torna o ambiente desagradável, já que seu hábito é reclamar de tudo, desmotivando os companheiros. Geralmente, ele também não está disposto a entregar os resultados que precisa e nem se esforça para isso. Como consequência, todo o seu time e seus resultados são afetados. Além disso, o poder de fala desse tipo de pessoa pode alterar a percepção de quem está ao redor e influenciá-lo a pensar da mesma forma, mesmo que não seja verdade. Criar uma cultura empresarial forte, com valores, hábitos e crenças que sejam compartilhadas por toda a rede de franquias é uma maneira interessante de evitar esse tipo de problema. Assim, todos vão se sentir responsáveis pela evolução da marca e pelo cumprimento dos objetivos propostos. Para isso, é importante investir tanto no desempenho individual de cada franquia quanto no coletivo, pois as franquias devem funcionar bem, ter um bom relacionamento entre si e trabalhar de forma colaborativa. Mas o desempenho individual também deve ser valorizado, dessa forma, existem menos riscos de que esse franqueado seja contaminado por outros que não estão apresentando um comportamento tão bom. Os maiores benefícios que podem ser observados são o aumento da produtividade e maior entrega de resultados. 
 
liderança eficaz
 
Outro ponto importante é a autoavaliação da franqueadora, que deve procurar entender se o tipo de liderança que está desenvolvendo na rede é realmente eficaz e motivadora. Afinal, valorizar o franqueado vai auxiliar não só nos bons resultados da marca, mas também a boa relação entre todos. Às vezes, pode ser difícil admitir, mas algumas situações podem transformar o franqueador em um vilão. Nesse caso, é importante encontrar pontos negativos e estar disposto a mudá-los, estar aberto à opinião da rede de franquias e entender o que os faz parecer desmotivados é o melhor caminho.
 
papel de cada um no 
sucesso da franquia
 
Se for um franqueador, faça sua autoanálise e busque escutar e motivar os franqueados tóxicos. Se for um franqueado tóxico, busque caminhos mais construtivos para as suas críticas. Agora, se deseja investir em uma franquia, ao consultar os franqueados de uma determinada marca (passo fundamental para o sucesso em qualquer compra de franquia), tente identificar os franqueados tóxicos e, se forem muitos, o franqueador pode ter algum problema mais grave! 


Publicidade