Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

'Apesar de não ter motivos para otimismo, o pessimismo não ajuda ninguém'

Esta frase inspirou o designer Gabriel Figueiredo a criar a arte da campanha Vacina para Todos que a coluna HIT publica nesta sexta-feira


07/05/2021 04:00

(foto: Acervo pessoal)
(foto: Acervo pessoal)

“Assim que recebi o convite para participar da campanha Vacina para Todos, comecei a pensar em qual seria a mensagem que queria, poderia e deveria passar. Fazendo a retrospectiva deste recém-completado um ano de pandemia, pensei: qualquer que tenham sido seus votos para 2021, todos eles têm o mesmo pré-requisito”, afirma o designer Gabriel Figueiredo, que assina a imagem de hoje da coluna HIT.
“A verdade é que não temos muito motivo pra ser otimistas, mas espalhar o pessimismo também não ajuda ninguém. A mensagem final é uma espécie de síntese desse conflito interno, uma espécie de 'pessimismo da razão e otimismo da vontade', que têm me ajudado a seguir em frente”, revela o designer.

***

Bacharel em comunicação social pela PUCMinas e em design gráfico pela Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) e Dottore Magistrale pelo Politecnico di Torino (IT), Gabriel Figueiredo é designer desde 2012. Tem experiência em diferentes áreas do setor, conciliando projetos comerciais e autorais. www.gabrielfigueiredo.com/
www.instagram.com/gabri.fig)

PROBASTIDORES
A UNIÃO FAZ A FORÇA

Em meio ao cenário caótico do setor cultural, técnicos da área de shows e das artes cênicas se unem em demonstração de força e esperança por dias melhores. Já está funcionando a plataforma Probastidores, que pretende identificar e mapear os profissionais do setor, além de atuar na capacitação deles. Trata-se de mapeamento inédito da categoria que trabalha nos bastidores.

***

Com a suspensão de shows e espetáculos de artes cênicas provocada pelo avanço da COVID-19, muitos profissionais, para sobreviver, viraram motoboys, motoristas de aplicativos ou serventes de pedreiro. “Eles precisam ser preparados para o retorno ao mercado de trabalho depois da pandemia. Não podemos deixar baixar a autoestima deles”, afirma Wladimir Medeiros, que foi iluminador do Grupo Galpão. Ele, Danilo Manzi e Morrison Deolli estão juntos na empreitada.

***

O projeto é uma iniciativa louvável. “É o momento de quem trabalha nos bastidores poder avançar além das cortinas”, diz Wladimir Medeiros. A plataforma está aberta a todos os técnicos da área, que devem preencher um cadastro com o máximo de informações. Até ontem, eram 180 fichas. A expectativa é de que nos próximos dias seja aberto o espaço para empresas se cadastrarem. “Queremos criar um banco de dados ativo, que será transformado em rede social técnica”, informa Morrison Deolli, lembrando que as fichas devem ser preenchidas com informações variadas, não apenas endereço e telefone.

***

A plataforma vai entregar o Prêmio Seminaluz de Iluminação Cênica Lino Pereira, viabilizado por recursos da Lei Aldir Blanc. Trata-se de homenagem ao profissional que trabalhou com a banda Jota Quest e morreu de COVID-19. Poderão concorrer projetos de iluminação de produções de teatro que ficaram em cartaz entre 2019 e 2021. Para a categoria iluminação de shows, poderão ser apresentadas ideias em projetos 3D. A premiação dos três primeiros lugares varia de R$ 2,5 mil a R$ 300. As inscrições podem ser feitas na plataforma Probastidores.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade