Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA HIT

Marias Bonitas de Lourdes quer arrecadar 2 mil cestas básicas até dia 30

Doações serão encaminhadas ao projeto Comvida: Comunidade Viva Sem Fome, que atende comunidades de baixa renda de Belo Horizonte


06/04/2021 04:00

(foto: Marias Bonitas/divulgação )
(foto: Marias Bonitas/divulgação )

Preocupado com a grave situação das pessoas que passam fome em Belo Horizonte, Marias Bonitas de Lourdes, grupo de mulheres voluntárias e solidárias, se uniu ao Comvida – Comunidade Viva Sem Fome. Até o fim deste mês, Marias Bonitas pretende doar mil cestas básicas. Clarissa de Pereira Vaz conta que é bem simples ajudar. Basta depositar R$ 68,70 (preço da cesta) na conta da Top Cesta de Alimentação: Banco ABC- 246, AG 0001, CC 2222021-8, CNPJ 08.281.828/0001-77. Depósito feito, o recibo deve ser enviado para o e-mail mariabonitadelourdes@gmail.com. “Tão logo o depósito seja identificado, a cesta é destinada ao imóvel cedido ao Comvida pelo Colégio Santo Agostinho”, informa.

***

Otimista, Clarissa acredita que a meta será alcançada antes do fim do mês. Segundo ela, haviam sido contabilizadas 1,3 mil doações até o fim da semana. “Mesmo atingindo o nosso objetivo, vai continuar a campanha das Marias Bonitas em benefício do Comvida, que atende comunidades selecionadas por meio da pesquisa da UFMG que identificou as regiões com o menor IDH de Belo Horizonte”, diz. Clarissa garante que todo o processo, do depósito à entrega das doações, é feito com transparência, acompanhado por recibos, fotos e vídeos.

PÓS-PANDEMIA
DESAFIOS ON-LINE

O enfrentamento dos desafios impostos pela pandemia e o que virá depois dela são temas da primeira edição do Senac Hub, evento gratuito que reunirá para um bate-papo virtual especialistas e docentes das áreas de gestão, inovação, gastronomia e tecnologia. O encontro está marcado para hoje, a partir das 17h, no YouTube do Senac em Minas. Participam o empreendedor e escritor Daniel Marques; o médico e gestor Marcelo Garcia; o gerente de produtos do Senac, Tiago Carvalho; Gabriel Ferreira, CEO da Mentory Consulting; Alex Guerra, executivo e consultor; os consultores em gestão de pessoas Rodrigo Sávio e Nege Calil; o presidente do Conselho de Administração do Grupo Algar, Luiz Alberto Garcia; a docente e produtora gastronômica Carol Haddad; a jornalista e curadora do Fartura – Comidas do Brasil, Carolina Daher; e o empreendedor Douglas Gonçalves, especialista em confeitaria e panificação. As inscrições devem ser feitas com antecedência no site Sympla.

JANEIRO
EDIÇÃO ESPECIAL

A Insensata Cia. de Teatro, com o espetáculo “Memórias de um quintal”, foi uma das selecionadas para o Festival de Janeiro – Edição Especial, que começa amanhã e vai até 18 de abril. A programação on-line tem 12 espetáculos e 12 atividades formativas, que também contarão com debates mediados por Dib Carneiro Neto. O projeto foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc. Ingressos gratuitos para espetáculos e atividades formativas já estão disponíveis na plataforma Sympla. As peças serão transmitidas pelo site www.festivaldejaneiro.com

PRA QUÊ?
MÚSICA PARA ISSO
João Eduardo de Faria Neto, Leo Cunha, Maurício Guilherme Silva Jr. e Renato Villaça(foto: Fotomontagem/Leo Cunha)
João Eduardo de Faria Neto, Leo Cunha, Maurício Guilherme Silva Jr. e Renato Villaça (foto: Fotomontagem/Leo Cunha)

João Eduardo de Faria Neto, Leo Cunha, Maurício Guilherme Silva Jr. e Renato Villaça lançam amanhã o podcast “Música serve para isso”. A ideia é discutir em episódios quinzenais questões como o que é ser fã na atualidade, a função da letra na canção e como experiências sonoras ajudam a nos moldar como ouvintes e pessoas. Para marcar o lançamento do programa, o quarteto participará amanhã, às 19h30, de live especial no YouTube do podcast (http://bit.ly/musicaservepraisso).

***

O episódio de estreia vai discutir o tema “Para onde este som te leva?”. Em outros programas, já gravados, serão apresentados os temas “Qual a função da letra na música?”, “Como a música se adaptou à pandemia?”, “O álbum morreu?” e “Qual a relevância das listas de melhores discos, músicas ou artistas?”.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade