Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA HIT

Madrinha de Renegado, Elza Soares fará participação em show do rapper

O encontro da cantora carioca com o músico mineiro abre a programação do projeto de verão da UFMG, que este ano chega à 15ª edição


18/02/2021 04:00

(foto: Denise Ricardo/Divulgação)
(foto: Denise Ricardo/Divulgação)

Maurício Tizumba e Titane prometem uma das performances mais esperadas do Festival de Verão UFMG. A cantora e o multiartista, parceiros desde os anos 1980, farão apresentação especial na 15ª edição do evento, em 8 de março. No repertório estão canções registradas pela dupla, como “Sá Rainha” (de Tizumba, gravada por Titane), além de composições de Chico César, Sérgio Pererê e Vander Lee. O festival será aberto em 4 de março, com Elza Soares e Renegado. O evento poderá ser acompanhado pelo canal da Diretoria de Ação Cultural da UFMG no YouTube. A programação está disponível em www.ufmg.br/festivaldeverao.

SETENTONA
YARA NO CCBB

Os 70 anos de carreira de Yara Tupynambá serão comemorados com exposição no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-BH). Reunindo 74 obras da artista mineira, a mostra ficará em cartaz de 24 de fevereiro a 20 de maio, no espaço da Praça da Liberdade. O público poderá explorá-la em tour virtual (www.yaratupynamba.org) ou visitando o CCBB.

AML
AS CARTAS DE BETTO

A experiência no cárcere registrada nas cartas de Frei Betto, que foi preso político de 1969 a 1973, serão o tema da palestra do professor Emerson Carvalho marcada para 25 de fevereiro, com transmissão no canal da Academia Mineira de Letras no YouTube.

CELMA ALBUQUERQUE
INDIVIDUAL DE JADE MARRA

Nesta quinta-feira (18/2), Jade Marra abre a temporada de exposições na Celma Albuquerque, na Savassi. A mostra “Te anonimato” propõe o diálogo entre as obras e o espaço da galeria. Placas metálicas com frases retiradas do caderno de poesias de Jade estarão suspensas, enquanto as pinturas serão vistas refletidas pelas placas e sobrepostas às palavras.

>>>

Flávia Albuquerque diz que Jade Marra “cria um percurso relacional e uma experiência reflexiva para o visitante, inserindo-o em um contexto alusivo às questões de aproximação e distanciamento inerentes às relações interpessoais”.

>>>

“Te anonimato”, frase que dá título à mostra, surgiu durante a troca de mensagens entre Jade e a companheira. “Foi a alternativa dada pelo corretor automático a 'te amo muito' e, desde então, tem sido nosso código para expressar amor”, conta a artista plástica. “Essa expressão de cunho extremamente pessoal remete a temas provenientes das relações afetivas, como o reconhecimento da própria identidade, que, muitas vezes, se encontra ou se perde espelhada no outro.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade