Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Mulher de PJ, o baixista do J Quest, Manu Diniz estreia como cantora

O primeiro show será em 27 de novembro, no Baretto, dentro do projeto Jornada Musical, ação da Jornada Solidária Estado de Minas


postado em 14/11/2019 04:00 / atualizado em 14/11/2019 13:14

(foto: JP Lima/Divulgação)
(foto: JP Lima/Divulgação)

NO BARETTO
NASCE UMA ESTRELA

Manu Diniz (foto) é uma das figuras mais queridas de BH, para onde se mudou há 16 anos. A baiana é casada com PJ, baixista da banda Jota Quest, com quem tem os filhos Gabriel, de 13, e Pedro, de 9. A família se completa com a enteada Clara, de 20. Manu é uma das relações-públicas mais reconhecidas de Belo Horizonte. Em 27 de novembro, ela inicia nova fase, lançando-se como cantora. A estreia, no Baretto, faz parte do projeto Jornada Musical, uma das ações da Jornada Solidária Estado de Minas.

***

Ao comentar sua paixão pela música, Manu, bem-humorada, conta que sempre gostou de cantar. “Cantei no coral da escola onde fiz intercâmbio em Fort Wayne, Indiana, nos Estados Unidos, e quando estudei na Bahia. Também cantei em encontros em casas de amigos e rodas de viola”, diz. Manu fez até testes para banda de axé. “Mas optei pela faculdade”, revela. A baiana é formada em administração de empresas, com especialização em marketing.

***

No palco, Manu estará acompanhada por Rafael Capelão (voz), PJ (baixo), Márcio Buzelin (teclados), Carolina Guimarães (teclados) e João Vicente (cajon), além dos cantores Play, Adriana e Fernanda Hamacek. No repertório, canções de Marisa Monte, Kid Abelha, Cássia Eller, Rita Lee, Marina Lima, Anitta, Silva, Vitor Kley, Anavitória, Vanessa Rangel, The Police, Des'ree, Meghan Trainor e Lady Gaga.

***

É preciso ficar atento à venda dos ingressos, limitados a 130 lugares. O convite custa R$ 120 e o consumo será cobrado em cartela individual. A pianista Josi Trevisan abrirá a noite.

O presidente do PIC, Wilson Alvarenga, com a mulher, Lucinha, e Astro, o mascote do clube(foto: Cida Martins/Divulgação)
O presidente do PIC, Wilson Alvarenga, com a mulher, Lucinha, e Astro, o mascote do clube (foto: Cida Martins/Divulgação)


PROGRAMA VOA
INCENTIVO À LEITURA

O projeto Ler é Viver, do Instituto Gil Nogueira (IGN), está entre os seis finalistas do Programa Voa, promovido pela Ambev, que tem a final no dia 22. Inscreveram-se 320 projetos de todo o Brasil. Criado há 13 anos, o Ler é Viver beneficiou mais de 60 mil crianças do ensino fundamental da rede pública de Minas Gerais. No mesmo período, foram lidos e interpretados cerca de 1 milhão de livros, em 57 escolas. “Estamos muito honrados em fazer parte desse programa. Foi um grande desafio”, declara a presidente do IGN, Patricia Nogueira. O projeto apresentado no Voa é uma nova ferramenta para mensurar a capacidade de interpretação dos alunos

BELLA VISTA
CLIMA DE VERÃO

Wesley Safadão comanda o WS Sunset, sábado, a partir das 16h, no Espaço Bella Vista. No line up da festa estão Vintage Culture, o cantor Breno Gontijo e os DJs Vavá e Babi.


Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade