Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Em Santa Rita do Sapucaí, colégio de Belo Horizonte fatura Torneio Arduíno Challenge

João Vitor da Cruz, João Victor de Paula, João Guimarães e Marcos Felipe são representantes do Colégio Nossa Senhora das Dores


postado em 02/10/2019 04:00 / atualizado em 01/10/2019 18:19

João Victor de Paula, João Vítor da Cruz, João Guimarães e Marcos Felipe (foto: CNSD/Divulgação)
João Victor de Paula, João Vítor da Cruz, João Guimarães e Marcos Felipe (foto: CNSD/Divulgação)
TORNEIO ARDUÍNO
1º LUGAR PARA BELO HORIZONTE

Os alunos João Vitor da Cruz, João Victor de Paula, João Guimarães e Marcos Felipe – do Colégio Nossa Senhora das Dores – conquistaram o 1º lugar na fase nacional do Torneio Arduíno Challenge. A etapa final do torneio, que está em sua 5ª edição, foi realizada no câmpus da instituição, em Santa Rita do Sapucaí (MG), e reuniu 56 competidores representantes dos 14 colégios finalistas. Mais de mil alunos participaram das etapas classificatórias neste ano.

>>>

A etapa final teve como tema o universo dos super-heróis da Marvel. Os alunos tinham como missão proteger as joias do infinito e impedir que os vilões destruíssem o mundo. Para isso utilizaram o Arduíno (uma plataforma tecnológica) para criar robôs com “superpoderes”. Além da construção do robô, os participantes também passaram por outras avaliações envolvendo diversos temas (como educação, segurança e meio ambiente).

>>>

A equipe do CNSD ficou com o tema saúde e teve como missão criar propostas para solucionar problemas dessa área. Eles desenvolveram um Design Thinking listando as certezas, as dúvidas e as suposições sobre o tema em questão. Também realizaram entrevistas com os visitantes da Feira Tecnológica do Inatel e apresentaram o projeto para uma banca avaliadora usando as técnicas do pitch, um termo muito conhecido no universo das startups, que é caracterizada por ser uma apresentação rápida de um produto ou um negócio, com a intenção de “vender” a ideia para investidores, clientes, sócios ou parceiros.

Terezinha Santos com a neta, Manuela(foto: Fotos: Bárbara Dutra/Divulgação)
Terezinha Santos com a neta, Manuela (foto: Fotos: Bárbara Dutra/Divulgação)


JOÃO DAS NEVES
UMA HOMENAGEM EM CENA

O ator Chico Aníbal vai contracenar com Glicério Rosário na temporada de reestreia do espetáculo Lazarillo de Tormes, na Funarte, amanhã e sexta-feira. Os ensaios começaram há um mês, no Espírito Santo, onde Chico Aníbal reside atualmente. O ator substitui, em cena, o diretor do espetáculo, João das Neves, que morreu no ano passado. Quando a obra estreou em 2016, João já se encontrava com um quadro de saúde delicado e, portanto, a peça foi pouco vista pelo público belo-horizontino. Além da substituição, outra novidade da remontagem é a participação especial da cantora e companheira do artista, Titane, que fará performance musical durante o espetáculo. Para ela, "esta temporada é uma ótima oportunidade de o público também das novas gerações entrar em contato com o último trabalho realizado por um dos grandes nomes do teatro nacional".

TUDO PELA LEITURA
MINAS É REFERÊNCIA

A organização social Recode, em parceria com o Movimento Bem Maior, vai selecionar 270 bibliotecas públicas e comunitárias em todo o país para um programa direcionado de empoderamento digital, incluindo o fortalecimento das habilidades dos profissionais que atuam nessas instituições. A participação de Minas Gerais é vista como estratégica nesse programa. De acordo com Cleide Fernandes, coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Estado, a biblioteca pública é o equipamento cultural mais presente nos territórios mineiros, somando mais de 800. "Em tempos de crise, precisamos nos unir para que projetos importantes tenham continuidade. Além de qualificar o trabalho das equipes de bibliotecas, os projetos da Recode buscam o engajamento de jovens, um público que merece atenção e investimento”, explica Fernandes.

Cátia Alves e João Grillo
Cátia Alves e João Grillo
 


Publicidade