Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas BOLA MÚNDI

Nem maratona derruba o Liverpool

Este time dos Reds pode se firmar como um dos melhores da história. E tudo fruto de um trabalho de longo prazo


postado em 23/01/2020 04:00

O Liverpool, de Salah, faz campanha fantástica na Premier League e o título é questão de tempo(foto: Paul ELLIS/AFP)
O Liverpool, de Salah, faz campanha fantástica na Premier League e o título é questão de tempo (foto: Paul ELLIS/AFP)


Com campanha fantástica na Premier League (21 vitórias e um empate), o Liverpool deve quebrar todos os recordes da competição. É fato que o título é apenas questão de tempo, mas agora a equipe de Klopp terá um desafio diferente pela frente: uma maratona de quatro partidas em 10 dias.

Hoje o duelo é com o Wolverhampton (6º, com 34 pontos). No domingo, o time encara o modesto Shrewsbury, pela Copa da Inglaterra. Depois, na quarta-feira encara o West Ham, no duelo atrasado em virtude do Mundial de Clubes. Por fim, no dia 1º de fevereiro mede forças com o Southampton.

Pode soar até como algo fora do normal, mas aposto em mais quatro vitórias. Primeiro porque os adversários que me perdoem, mas não são lá grandes coisas assim. Além disso, apesar dos desfalques, o elenco que o Liverpool possui permite a Klopp fazer o revezamento de algumas peças sem ver a qualidade do futebol cair.

Para completar, se o setor defensivo parecia ser o ponto forte da equipe – Alisson não sofre gols há sete rodadas na Premier League! –, o ataque voltou a contar com o melhor desempenho de Salah e Firmino. E olha que Mané ainda pode render um pouco mais. Adversário do Liverpool nas oitavas da Champions, o Atlético de Madrid deve estar quebrando a cabeça...

Na temporada 2017/2018, o Manchester City de Guardiola foi campeão com o recorde de 100 pontos e aproveitamento de 87,7%. Não temo dizer: estes números irão por água abaixo ao final da temporada. Pode parecer exagero, mas este time do Liverpool pode se firmar como um dos melhores da história. E tudo fruto de um trabalho de longo prazo. Temos muito o que aprender...

Inimigo íntimo

Após perder o atacante Suárez (cirurgia no menisco do joelho direito), o Barcelona busca uma reposição emergencial para o setor. O clube teria pensado em Timo Werner (RB Leipzig) e Aubameyang (Arsenal), mas, diante dos altos valores, acabou recuando. Agora, a bola da vez seria o brasileiro naturalizado espanhol Rodrigo, do Valencia... Justamente o adversário de sábado. O Valencia pede 60 milhões de euros (R$ 279 milhões). E se Rodrigo ‘acabar’ com o jogo diante do seu “possível futuro clube”? A cotação vai aumentar? E a torcida? Vai perdoar? Com 11 gols, Suárez era o vice-artilheiro da equipe no Espanhol, atrás apenas de Messi (14)

Quem segura?

Com Cristiano Ronaldo deixando sua marca mais uma vez, a Juventus bateu a Roma por 3 a 1 e se garantiu nas semifinais da Copa da Itália. Semana que vem, Milan x Torino e Internazionale x Fiorentina decidem os outros classificados. A surpresa foi o Napoli eliminar a Lazio. Agora é aguardar a definição dos confrontos. Não há como negar que Juve e Inter são os favoritos. No Nacional, a situação não é diferente. O detalhe é que neste fim de semana, enquanto a líder Juve (51 pontos) visita o Napoli, adversário tradicional, mas que faz péssima campanha, a Inter (47) recebe o Cagliari. Penso que a diferença de quatro pontos será mantida.

No embalo

Após liderar boa parte do turno da Bundesliga, o Borussia Mönchengladbach perdeu fôlego e já caiu para a terceira colocação, com 35 pontos. Por hora, o RB Leipzig lidera (40), mas Bayern (36) e Borussia Dortmund (35) vêm crescendo de produção. A prova de fogo para a equipe de Munique pode ser no sábado, quando enfrenta o Schalke (33). Em caso de mais uma vitória, a equipe de Lewandowski e cia se credencia de vez a lutar pelo título depois do péssimo início sob o comando de Nico Kovac. Ainda dá tempo. Não duvidem...

David x Golias?

Líder absoluto do francês, melhor ataque e melhor defesa da competição. Como esperado, o PSG caminha a passos largos para mais títulos... Além do Nacional, tem tudo para abocanhar também a Copa da França: afinal, nas oitavas de final enfrentará o modesto Pau, da cidade de mesmo nome. O clube, que disputa a League 3, equivalente a Terceira Divisão, tem estádio com capacidade para apenas 14 mil pessoas. Se na fase anterior surpreendeu ao eliminar o Bordeaux, nova façanha agora é praticamente impossível, mesmo que o PSG poupe seus principais titulares.

De olho

Arthur Zagre

Formado na base do PSG, Arthur Zagre (foto), de apenas 18 anos, vem sendo trabalhado para ser o futuro lateral da Seleção Francesa. Baixinho (1,68m), extremamente veloz e habilidoso, ele criou até uma saia justa entre arquirrivais. Após assinar contrato profissional com o PSG em 2018 (e fazer apenas um jogo nos profissionais), em agosto do ano passado se mudou para o Monaco. A princípio integraria o time b, mas já foi puxado para a equipe principal. Defende a seleção Sub-19 e já recebeu elogios do técnico Dechamps.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade