Publicidade

Estado de Minas BOLA MúNDI

De craques a moedas de troca

Será que em algum momento os clubes ao menos pensaram nos desejos destes atletas envolvidos na negociação?


postado em 15/08/2019 04:00 / atualizado em 14/08/2019 21:45


Neymar, agora na mira de Barcelona e Real Madrid, fica isolado no PSG: imagem corroída na França(foto: FRANCK FIFE/AFP %u2013 7/10/18)
Neymar, agora na mira de Barcelona e Real Madrid, fica isolado no PSG: imagem corroída na França (foto: FRANCK FIFE/AFP %u2013 7/10/18)
 
Forçando a saída do Paris Saint-Germain – e sem clima nenhum no clube –, Neymar treina sozinho na França, enquanto seu futuro é definido. Até o fechamento desta coluna, Barcelona e Real Madrid ainda lutavam por sua contratação, em uma daquelas (chatas) novelas que parecem não ter fim nunca. E o pior, que arrastam até outros jogadores que, na teoria, não teriam nada a ver com os dilemas e estripulias do craque brasuca.

Em uma espécie de cabo de guerra, os dois gigantes espanhóis tentam suas cartadas pelo armador. O Barça, que seria o destino preferido de Neymar, está disposto a colocar na jogada Philippe Coutinho, o croata Rakitic ou o lusitano Semedo. Já o time merengue tenta 'encaixar' o galês Gareth Bale e o colombiano James Rodríguez. Mas será que em algum momento os clubes ao menos pensaram nos desejos destes atletas envolvidos como “moedas de troca”?

Coutinho chegou ao Barcelona como uma das maiores contratações do clube nos últimos tempos. Mas não vingou. Teve mais baixos do que altos e acabou até perdendo a posição. Ciente de que, com a possível chegada de Neymar, não terá mais espaço no Barça, até já aceita sair (por baixo), mas avisou preferir ir ao PSG a ser emprestado ao Bayern, como já foi cogitado. A palavra repetida como um mantra é 'recomeçar'.

A situação de Bale é semelhante. De contratação milionária do Real, passou a ser visto por muitos como um 'mico': muito investimento para pouco retorno. Em função das frequentes lesões, nem mesmo após a saída de Cristiano Ronaldo para a Juve conseguiu assumir o protagonismo. Uma transferência agora poderia significar um recomeço. Mas não parece nem de longe o objetivo do PSG, que teria tentado incluir ninguém menos que o também brasuca Vinícius Jr. na negociação... Menos, né?

Amanhã, Tite convoca a Seleção para amistosos de setembro contra Colômbia e Peru. Por precaução, Neymar pode ficar até fora da lista. Aguardemos os próximos capítulos.


De cinema
Além da presença do craque Lionel Messi e outras estrelas internacionais, a 90ª edição do Campeonato Espanhol terá outros atrativos para os milhões de telespectadores espalhados mundo afora. A partida de abertura da competição, amanhã, entre Athletico de Bilbao e Barcelona, será transmitida com câmeras de qualidade de cinema. O objetivo dos dirigentes é transformar, a médio e longo prazo, LaLiga em um dos torneios mais rentáveis do planeta, tentando alcançar o patamar já atingido pela Premier League. Em campo, não deve haver novidades: a disputa ficará entre Barça, Real e Atlético de Madrid.


Pelas beiradas
Com um Bayern de Munique ainda em reformulação, o Campeonato Alemão começa amanhã com os atuais heptacampeões encarando o Hertha Berlim. E se o Borussia Dortmund parece ser a única esperança de quebrar a monotonia em terras germânicas, outro fator chama atenção: dos 11 brasileiros que disputam a competição (seis deles estreantes), cinco são laterais: Willian, Paulo Otávio, Wendell, Luan Cândido e Iago. Entre os demais, aparecem os quase desconhecidos Lucas Ribeiro (zagueiro), Cauly (armador) e João Vítor (atacante). De “mais nome”, apenas o armador Matheus Cunha e os atacantes Paulinho e Raffael. Muito pouco para um país que já teve mais representatividade na Bundesliga.

Deu zebra
A zebra continuou dando as caras nas eliminatórias da Liga dos Campeões da Europa. Os eliminados da vez foram Porto e Celtic, batidos, respectivamente, por Cluj (Romênia) e Krasnodar (Rússia). Até mesmo o Ajax, atual vice-campeão, suou para superar o PAOK (Grécia). A partir de terça-feira, começam os duelos de ida da última eliminatória. E o fato é que algumas equipes menos cotadas estarão na fase de grupo, afinal, há duelos como Cluj x Slavia Praga e LASK x Brugge. Futuros sacos de pancadas? Vamos aguardar... A fase de grupos começa no dia 17 de setembro.


(foto: FRANCK FIFE/AFP %u2013 22/4/19)
(foto: FRANCK FIFE/AFP %u2013 22/4/19)

De olho

Moussa Diaby


Com ascendência malinesa, o atacante francês Moussa Diaby (foto) é mais uma pérola a ser lapidada. Começou no pequeno Espérance Paris, onde logo se destacou. Aos 14 anos, foi defender as categorias de base do Paris Saint-Germain. Antes mesmo de atingir a maioridade, passou a treinar com o time principal, mas, no elenco recheado de estrelas, não teve chances de atuar. Para pegar experiência, foi emprestado ao Crotone, da Itália. Na temporada passada, voltou a Paris e, enfim, estreou pelo clube, com direito a gol. Em junho deste ano foi vendido ao Bayer Leverkusen por 15 milhões de euros. E promete deslanchar! 


Publicidade