Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Até segunda ordem, Neymar no PSG


postado em 13/04/2019 05:04

Neymar Santos, pai e agente do atacante do Paris Saint-Germain, garantiu que o filho não deixará o clube francês, com quem tem contrato até 2022. A saída do astro brasileiro da equipe parisiense voltou a ser ventilada por veículos da imprensa europeia. “O desejo do Neymar de estar no Paris Saint-Germain foi expresso há quase dois anos. Os torcedores podem dormir tranquilos. Atualmente, Neymar não quer deixar o PSG, quer voltar aos gramados e ajudar o clube a conquistar títulos, como os do Campeonato Francês e da Liga dos Campeões”, afirmou o pai do jogador em entrevista ao canal de TV francês RMC Sport. “Temos um contrato e não estamos sequer na metade dele”, ressaltou.

Em agosto de 2017, o atacante foi a contratação mais cara da história do futebol ao trocar o Barcelona pelo PSG, numa negociação de 222 milhões de euros – R$ 824 milhões na época. Neymar teve sua ida ao Real Madrid especulada depois que Zinedine Zidane reassumiu o comando do time, há quase um mês, mas o pai do astro assegura que tal possibilidade não existe: “Os rumores sobre sua saída existirão sempre. Não se pode ter um jogador como o Neymar sem que as pessoas e os clubes sonhem com ele”.

No dia 3, pouco mais de dois meses após sofrer lesão no quinto metatarso do pé direito em partida do PSG, o atacante fez seu primeiro treino com bola no CT do clube, e a tendência é que ele volte a atuar até o fim do mês. Pela previsão, o brasileiro jogaria as últimas rodadas do Francês e a final da Copa da França contra o Rennes, no dia 27. Com isso, Neymar vai ganhar ritmo antes de se juntar à Seleção Brasileira para a Copa América, entre 14 de junho e 7 de julho, no Brasil. A convocação do técnico Tite sai em 17 de maio.

Se Neymar fica, outro brasileiro pode deixar o PSG: o lateral-direito Daniel Alves. Segundo o jornal L’Equipe, o Sevilla pode ser o próximo time do jogador. O clube espanhol já teria iniciado conversas para a volta de Dani Alves ao Ramón Sanchéz Pizjuán – o lateral começou sua trajetória no futebol europeu com o Sevilla, em 2002, antes de fazer história com a camisa do Barcelona.

Sem PUNIÇÃO Embora o Bayern de Munique esteja na luta por mais um título do Campeonato Alemão e nas semifinais da Copa da Alemanha, o clima não anda bom no clube. Ontem, o time bávaro confirmou a briga entre o centroavante Lewandowski e o armador Coman no treino de quinta-feira, mas informou que não haverá punição. O técnico Niko Kovac falou sobre o entrevero: “Houve uma briga entre os dois. Então, conversamos nós três. Ambos se desculparam, não há multas ou penalidade. O tema foi colocado em ata”.


Publicidade