Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Coluna

A corda no pescoço

Afastada dos amigos. Afastada da família. Afastada de si mesma. Quem ela era?


11/10/2020 04:00 - atualizado 10/10/2020 15:29



A promessa de um final feliz.
O que acontece depois que o 
príncipe beija a princesa?
A história depois da história.
O que acontece depois de 
um beijo roubado?
Aliança vira algema.
Alma em cativeiro.
Liberdade cerceada.
Medo.
Violência doméstica.
Ciclo ininterrupto.
A violência psicológica.
A dominação.
A corda no pescoço.
Opressão.
Obsessão.
Depressão.
Submissão.

Era um corpo.
Um corpo para servi-lo.
Um corpo perfeito.
Um objeto.
Sonhou o sonho errado.
Procurou a resposta no outro.
A resposta estava nela.
Não viu.
Amor virou dor.
Algoz.
Carrasco.
Desilusão.
A corda no pescoço.
Mulher dependente.
Trabalho sem valor.
Amor desfeito.
Tempestade na pandemia.
A sobrecarga materna.
Um grito parado na garganta.
Esgota.
Sufoca.
A corda no pescoço.

Afastada dos amigos.
Afastada da família.
Afastada de si mesma.
Quem ela era?
Mais uma.
Só mais uma.
E quantas mais?
Até quando?
Me sinto impotente.
Não gritei alto o bastante.
Falhei.
Falhamos todos.
A corda no pescoço.
Sociedade falida.
Falhando conosco 
todos os dias.
Destruindo sonhos.
Vidas.
Patriarcado.
Machismo.
Misoginia.
Sexismo.
A corda no pescoço.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade