Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas EM DIA COM A POLÍTICA

Bolsonaro ataca Moro e é a Anvisa quem apanha

"Eu vejo - acompanho mídias sociais e o pessoal mostra para mim- muita gente de esquerda, querendo a minha morte. Declaração do presidente Jair Bolsonaro (PL).


04/12/2021 04:00 - atualizado 04/12/2021 07:22

O presidente virou os ataques para o seu ex-ministro da Justiça, incomodado com as declarações do ex-juiz
O presidente virou os ataques para o seu ex-ministro da Justiça, incomodado com as declarações do ex-juiz (foto: Alan Santos/PR - 13/11/21)

“Esse cara está mentindo descaradamente. Faz um papel de palhaço, sem caráter. Mentiroso deslavado”. Assim começou o presidente da República Federativa do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (PL). Ele se referia ao seu ex–ministro da Justiça, Sérgio Moro (Podemos).

“Ele deixa claro nas declarações e posicionamentos. A metralhadora do Planalto foi deslocada para o ex–ministro, tirando do alvo por hora o ex–presidente Lula”. Quem ressalta é o professor de Ciência Política e Relações Internacionais do Insper, Leandro Consentino.

E acrescentou ainda que o medo do presidente está cada vez mais visível. A propósito do Insper, ele é uma instituição sem fins lucrativos de ensino superior e pesquisa reconhecida como referência em Administração, Economia, Direito e Engenharia.

“Eu vejo – acompanho mídias sociais e o pessoal mostra para mim– muita gente de esquerda, em especial, querendo a minha morte. Se quer a minha morte, por que fica querendo exigir que eu tome a vacina? Deixa eu morrer, problema é meu, tá?” É declaração do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Não vou entrar em detalhes se Anvisa vai aprovar ou não, até porque não tenho nenhuma ingerência ou qualquer ação diante da Anvisa. Ela é independente, mas eu perguntaria para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) isso continua na bula da Pfizer não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral?” é suficiente não é?

Não, porque teve mais. “Os prescritores devem considerar esses dados ao avaliar os benefícios e os riscos do tratamento com baricitinibe para cada paciente”. A alteração na bula inclui a adição da advertência de precaução para ocorrência de eventos cardiovasculares adversos maiores e a atualização sobre a ocorrência de tromboembolismo venoso e malignidade, incluindo linfoma.

Melhor dar uma passada no Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Luís Roberto Barroso publicou o seu parecer e se manifestou contra o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa do caminheiro bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão.

Os advogados solicitam a soltura do réu, para que ele seja transferido para prisão domiciliar, monitorado por tornozeleira eletrônica. Além dele, os ministros Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia e Rosa Weber e Dias Toffoli compõem o colegiado, mas ainda não se manifestaram.
Sendo assim, melhor esperar, já que se trata da mais Alta Corte de Justiça do país. Com a devida vênia, já é suficiente por hoje.


Guerra fria?
A Estação Espacial Internacional (ISS) teve que se desviar, ontem, do fragmento de um veículo de lançamento dos Estados Unidos (EUA). Quem informou foi nada menos que o chefe da agência espacial da Rússia. Este é o mais recente de uma série de incidentes nos quais detritos espaciais exigiram a reação de astronautas. Dmitry Rogozin, o chefe da agência espacial russa Roscosmos, afirmou que a ISS foi obrigada a manobrar por causa do lixo espacial de um veículo de lançamento norte–americano, colocado em órbita em 1994.

Paz e Justiça
“O Rio de Janeiro perdeu um dos maiores defensores da paz e da justiça em nosso estado. Zeca Borges criou e coordenou o Disque Denúncia, uma das mais poderosas ferramentas à disposição da sociedade, que ajudou a prender mais de 20 mil criminosos. Uma iniciativa pioneira e inestimável para a segurança pública tão bem–sucedida que foi levada a outros estados e países”. Ele morreu, ontem, aos 77 anos. O governador do Rio, Cláudio Castro, divulgou nota em que exalta o trabalho de Zeca no combate à criminalidade.

Sobrevivência
“Mesmo que o PSDB não vença essas eleições, nós temos de sobreviver, ter um partido sólido no Congresso”. Assim começou o deputado Aécio Neves (PSDB–MG), em entrevista. Questionado em relação a ao ex–presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o parlamentar tucano condenou os acenos que o ex–governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de saída do PSDB, tem feito à candidatura do petista em 2022. “Acho contraditória uma aliança com o PT, nós combatemos o PT a vida inteira, tanto ele quanto eu e muitos outros”.

O prefeito Alexandre Kalil
O prefeito Alexandre Kalil (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)


Na defensiva
O prefeito Alexandre Kalil (foto) se pronunciou sobre a multa dada ao Atlético por causa da festa do título do Campeonato Brasileiro. Foi na noite da quinta–feira, na Praça Sete, no Centro de BH. O político – e ex–presidente do clube – condenou o valor da sanção imposta pela Prefeitura da capital mineira. E ele optou por sair ao ataque, pelo jeito, influenciado pelo jogo dramático do Galo. “Multa de R$ 3 mil é ridículo. Era melhor não ter multado”. É o já conhecido jeitão dele. Afinal, antigo ditado ensina que o melhor ataque é a defesa, portanto, ele se defendeu.

Na sua praia
O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, o astronauta Marcos Pontes, afirmou, ontem, durante a abertura da 18ª Semana Nacional da Ciência e Tecnologia (SNCT), em Brasília, que o Brasil passará por uma mudança significativa diante do mundo ao desenvolver novas tecnologias. De acordo com ele, uma série de novos avanços têm sido fomentados por diversas frentes do ministério, desde pesquisas com células–tronco a desenvolvimento aeroespacial. Ele encerrou dizendo que são muitos desafios”.


Pinga

Em tempo, sobre a nota Na sua praia, do ministro astronauta Marcos Pontes (foto). “Isso já está acontecendo. São projetos em curso em todas as áreas. Tudo isso porque a ciência é transversal”. E ele acrescentou: “são projetos em curso em todas as áreas. Tudo isso porque a ciência é transversal”.

Mais um Em tempo sobre a nota Sobrevivência: “o Lula é uma grande figura, um cara bacana para sentar e tomar uma cachaça. Eu tive uma ótima relação com ele durante oito anos, mas o PT faz muito mal ao Brasil”, registrou ainda o deputado tucano Aécio Neves.

“O pobre deve e pode comer. Até porque é ele quem pega o camarão. É ele quem constrói o carro, é ele quem faz a roupa você tá vestindo, então ele tem o direito de ter as coisas que ele produz”. Quem diz é o ex–presidente petista Lula.

E ele falou ainda sobre vários assuntos, contou histórias da juventude, de quando era metalúrgico, da fundação do PT. Os internautas relacionaram a fala do ex-presidente com o livro O Manifesto Comunista, de Karl Marx, lançado em 1848.

É coisa antiga, muito mesmo. Sendo assim, só resta encerrar. FIM!


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade