Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas ANNA MARINA

Traição feminina mudou de estilo?

Aplicativo especializado em promover encontros discretos, pensado por e para mulher, está crescendo mais do que nunca


10/01/2022 04:00 - atualizado 10/01/2022 07:38

ilustração da coluna da anna marina
.

Quem viveu os anos 1960 com intensidade não se esquece que uma das fofocas mais presentes da época era os encontros fortuitos, fora das ligações legais. A vida amorosa e mulheres ou maridos que “pulavam a cerca” na época pareciam discretas, mas na realidade não era nada disso que acontecia. Essa foi também uma época áurea dos trotes telefônicos. 

A vida dos amorosos era passada a limpo em telefonemas que espalhavam os romances a torto e a direito. Não sei se a mania continuou com os celulares, se as fake news divulgam casos e romances proibidos. Na fria avaliação das mudanças de comportamento, a ideia que temos é que esse comportamento já passou da moda, ninguém mais se preocupa com isso.

Só que a traição feminina mudou de estilo e, para espanto de todos, existe no mundo um aplicativo chamado Gleeden, especializado em promover encontros discretos, pensado por e para mulher, que está crescendo mais do que nunca. Apenas na América Latina, já são mais de 1,5 milhão de usuários, o que representa aumento de 200% em 2021. Além disso, chegou a três novos mercados na região: Uruguai, Chile e Panamá, somando 75 mil usuários.

No do Brasil, o aplicativo alcançou a marca de mais de 200 mil assinantes em apenas um ano, o que faz do país o que mais cresce no Gleeden e o terceiro maior na região, atrás apenas de México (385 mil) e Colômbia (425 mil). Para o Gleeden, o Brasil é considerado um mercado estratégico e com grandes expectativas de crescimento. Para esse ano, a meta para o país é agressiva: é esperado atingir 500 mil assinantes até o final de 2022.

Recente pesquisa realizada com mais de 12.355 usuários brasileiros mostra que o grande impulsor para os encontros extraconjugais on-line foi o desgaste no relacionamento. Entre os usuários, 100% responderam que pandemia fez com que eles tivessem vontade de fazer sexo com novas pessoas porque agora passam muito mais tempo na companhia de suas parceiras fixas.Segundo os dados da plataforma, devido aos resquícios da situação pandêmica, o tempo médio de conexão durante o ano aumentou em meia hora por dia, com um tempo médio diário total de conexão de três horas.

Criado em 2009, o Gleeden já conta com mais de 9 milhões de usuários mundialmente. “Os relacionamentos na internet e namoro on-line vieram para ficar e a cada ano que o mercado se fortalece, acompanhamos a tendência e nos consolidamos como o maior aplicativo de relações não monogâmicas do mundo”, afirma Silvia Rubies, diretora de Comunicação e Marketing do Gleeden para Espanha e América Latina. Diversos outros modelos de relacionamento, além da monogamia, estão surgindo nesta sociedade em constante evolução. “No Gleeden, damos as boas-vindas a todos, o que significa que não apenas pessoas infiéis estão se inscrevendo no aplicativo, mas também pessoas poliamorosas e casais abertos, entre outros”, esclarece Rubies.

Além de proporcionar os encontros, ou “matches”, a plataforma também se preocupa com a criação de conteúdos sobre inseguranças, estímulos em relação às mulheres e à sexualidade feminina e ao empoderamento das mesmas. “Fornecemos informações, dados e análises de especialistas, que vão muito além da infidelidade, mas também abordam sexualidade, prazer, sexologia, saúde sexual, bissexualidade, monogamia, relacionamentos, etc, para municiar nossos usuários com as melhores e mais importantes informações deste universo, de forma que possamos apoiá-los a tomarem as melhores decisões”, afirma Silvia.

O Gleeden foi criado na França, em 2009, e atualmente tem representação em outros países. O objetivo do site é responder às necessidades do público feminino, graças a funcionalidades específicas para elas. O Gleeden.com empodera as mulheres mais liberais que desejam ter casos extraconjugais com total discrição.

No meu pouco conhecimento do assunto, não sei “que vantagem a maria leva”, ou seja, se a consulta e seu resultado custa alguma coisa à mulher que busca uma relação extraconjugal pelo celular. Quem não conhece pessoas que firmaram relações que terminaram em casamento através dessa nova onda?

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade