Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Conheça alguns truques domésticos para tratar os cabelos em casa

Ingredientes naturais como cera de abelha, ovos e óleo de girassol ainda são usados para cuidar das madeixas


29/08/2020 04:00

Muitas mulheres usam ingredientes naturais para tratar as madeixas em casa(foto: MF Press Global/Reprodução)
Muitas mulheres usam ingredientes naturais para tratar as madeixas em casa (foto: MF Press Global/Reprodução)
Houve tempo em que por falta de muitos produtos destinados ao tratamento dos cabelos usávamos criatividade para conseguir o resultado desejado – como passar sobre penteados bem lisos uma camada fina de espuma de sabonete, quando o laquê ainda não era muito conhecido, sendo vendido em tubinhos de plástico. Anelar cabelos todos conhecem – quem nunca viu um papelote para fazer cachos? Depois, a cerveja se tornou um ótimo produto para usar antes de colocar os cabelos em rolos, ajudava a firmar e a anelar. Outro lance importante é o uso de óleo de rícino para impedir queda. O óleo é aplicado no couro cabeludo com uma boa massagem. Depois de uns 20 minutos, é só lavar os cabelos normalmente.

Outros produtos informalmente usados são suco de kiwi, rico em vitamina C, que também ajuda no combate à queda de cabelo; extrato de gengibre, que auxilia no crescimento dos fios e combate a caspa; e proteína de trigo, que nutre e restaura as cutículas dos fios. Todos são componentes utilizados ainda hoje, mas que datam da Antiguidade, quando muitas mulheres se valiam de certos ingredientes para manter as madeixas incríveis e saudáveis.

A JustForYou, primeira beauty tech brasileira a usar inteligência artificial para desenvolver fórmulas personalizadas para shampoos e condicionadores, separou algumas curiosidades sobre o assunto. Confira:

– A cera de abelha era usada para fixar os cachos e deixar o cabelo com aspecto natural. Atualmente, é muito empregada em cosméticos com o objetivo de promover hidratação e ajudar no crescimento dos fios.

– Para cobrir os fios brancos, as egípcias faziam uma hena própria, que era a mistura de sangue fervido de vaca com óleo ou gordura de serpentes negras. Felizmente, depois foi descoberto que a hena pode ser conseguida de forma mais simples na natureza, por meio da trituração das folhas de uma planta chamada Lawsonia inermi. Além de ser uma opção para quem quer colorir os fios de forma natural, ela também é muito utilizada atualmente para preencher sobrancelhas – e até barba. Curiosidade pessoal: a melhor hena que já usei na vida foi comprada em Marrakesh, na mão de uma mulher sentada na rua, que embrulhava o pó num pedaço de jornal todo amassado.

–  O óleo do rabo de jacaré era excelente para dar brilho – só era preciso ter coragem para conseguir o ingrediente. Hoje em dia, o componente exótico pode ser substituído por óleo de girassol, de coco ou ainda por manteiga de manga, que garantem o mesmo brilho, maciez e força para os fios.

–  Cleópatra, a sedutora rainha do Egito, lavava o cabelo com ovos antes de aplicar uma mistura de mel com óleo de rícino para manter suas madeixas sempre saudáveis e superbrilhantes. A "misturinha" ainda é utilizada, principalmente para quem gosta de fazer sua hidratação em casa.

–  Cinzas de vinhas, carvão, alcaçuz e até casca de madeira eram usadas para ter fios mais claros. Atualmente, a camomila e o extrato de algas vermelhas fazem bem essa função.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade