Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Terno combina com carnaval? Sim, garante Blade

O estilista mineiro propõe modelos criativos e coloridos que trazem elegância à irreverência da folia


postado em 17/02/2020 04:00 / atualizado em 16/02/2020 16:20

Blade propõe ternos criativos para os dias de Momo
Blade propõe ternos criativos para os dias de Momo

Atualmente, o carnaval em Belo Horizonte é essencialmente de rua. Os bloquinhos bombam. A cidade espera para o próximo fim de semana cerca de 5 milhões de foliões. Mas a capital dos mineiros já teve bailes tradicionais, como os do Automóvel Clube, do Minas Tênis Clube, do Havaí, no PIC, e o do Marinheiro, no Iate. Era uma via-sacra – ninguém perdia nenhum deles.

Todo mundo se esmerava nas fantasias. Os bailes do Automóvel Clube e o do Minas, por não ter tema específico, eram desfiles de criatividade. Nos outros, exibiam-se variações sobre o tema. Mas uma coisa não faltava em nenhum deles: elegância, luxo, bom gosto e alegria.

Apesar de os bloquinhos serem a atração mais disputada, principalmente por questão de custo, ainda tem muito baile na cidade. Folias diferentes, com perfis diferentes, mas com a mesma alegria. Por ser tão diferentes, é claro que pedem fantasias especiais. Para curtir bloquinho, o segredo é a fantasia leve e confortável, principalmente se o programa for diurno, por causa do calor.

Bailes pedem fantasias mais elaboradas. Sabendo disso, o irreverente, criativo e competente Marcelo Blade desenvolveu uma coleção de ternos especiais para a ocasião. Mas, afinal, carnaval é época de usar terno? Sim. A folia de Momo é eclética, está nas ruas e também nos bailes. Se você vai a um evento mais tradicional, é preciso adaptar a vestimenta, mas sem esquecer a alegria da festa.

De acordo com o alfaiate Marcelo Durães, o Blade, este é o momento de investir nas cores. Isso mesmo, ternos coloridos e com tecidos vivos são ótima dica para unir elegância à alegria do carnaval. O tecido jacquard é um dos que mais combinam com a ocasião. Encontrado em várias cores, empresta brilho ideal à data.

Outra proposta é o paetê, cujo brilho chama a atenção de qualquer um. Combinados com o corte certo, paetês garantem o sucesso da festa. O ideal é fazer do terno uma fantasia.

Junto da coleção alegre para o carnaval, a Blade Alfaiataria criou ternos de verão que trazem elegância e leveza. Homens com lifestyle formal, que trabalham de terno e gravata, podem manter a elegância destes looks com alternativas mais leves e confortáveis. A solução está nos tecidos propícios para as altas temperaturas.

Opção super na moda é o linho. Apesar do aspecto rústico, ele é versátil, simboliza conforto e elegância. Feito de algodão, reduz a transpiração. Além disso, trata-se de tecido ecológico, pois é proveniente de uma planta herbácea. Um outro tecido de origem natural ideal para o verão é o brim de algodão. Por não ter fibra sintética em sua composição, ajuda a reduzir a transpiração e é um pouco mais despojado do que o linho.

Por incrível que pareça, até a lã pode ser usada em dias quentes. A lã fria, feita de fibras naturais, age como isolante térmico, dando a sensação de frescor e muito conforto. A qualidade está diretamente ligada à quantidade de fios: quanto maior, mais fino o fio. Com caimento estruturado, é ótima opção para ternos. Marcelo Blade lembra que além do tecido correto, é importante escolher peças com cores que não absorvam luz, o que ajuda a suportar o verão brasileiro.

(Isabela Teixeira da Costa/Interina)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade