Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Solenidade histórica


postado em 01/12/2019 04:00 / atualizado em 28/11/2019 16:36

Antônio Anastasia (foto: JBDigital/Divulgacao )
Antônio Anastasia (foto: JBDigital/Divulgacao )

 
Será amanhã, no IHGMH, a assinatura do protocolo de intenções que comemora a celebração do tricentenário da criação da Capitania de Minas Gerais. Por causa disso, serão comemorados os feitos da sociedade mineira ao longo de 300 anos do início da nossa organização territorial, administrativa, política e sociocultural. A assinatura do protocolo de intenções com a Secretaria de Estado de Cultura terá a participação da Superintendência de Bibliotecas, Museus, Arquivo Público e Equipamentos Culturais e Fundação Clóvis Salgado, Instituto de Geociências e Centro de Referência em Cartografia Histórica da Universidade Federal de Minas Gerais, Núcleo de Pesquisa CNPQ Impérios e Lugares no Brasil, da Universidade Federal de Ouro Preto, Prefeitura Municipal de Ouro Preto, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Patrimônio Histórico, MM Gerdau Museu das Minas e do Metal, Instituto Idea Casa de Cultura e Instituto Cultural Flávio Gutierrez. Encerrando o lançamento da abertura do tricentenário, o associado efetivo e senador da República Antônio Anastasia fará conferência sobre a criação da Capitania de Minas Gerais.
 
 
GUEDES
garoto cobiçado

Embora muito já se tenha falado sobre o período em que o poderoso  ministro da Economia,  Paulo Guedes, viveu em BH, os casos mais relatados foram em relação à sua passagem pelo Colégio Militar e pela Faculdade de Economia. O que pouca gente sabe é que o então adolescente já demonstrava espírito de liderança e de habilidoso mediador das disputas naturais entre grupos nessa época da vida. Um toque sedutor de sua personalidade. O mais interessante, porém, é que se revelava o queridinho das colegas da tchurma. Consta que a chegada do Paulinho na missa dominical na igreja da Barroca era aguardada, ansiosamente, 
pelas meninotas.

BOLHA FASHION
alfinete de ouro

O ciclo de supervendas ao varejo no circuito da moda internacional, principalmente entre as marcas de luxo, parece que será fechado com chave de ouro. Especialistas afirmam que estaria no fim a ‘bolha fashion’ onde as megaempresas do setor tiveram lucros colossais nos últimos anos, pois roupas & afins passariam a ser um produto reutilizável (upcycling), alugável e menos vendável. Enquanto esse tempo não chega, dizem que  Bernard Arnauld (Louis Vuitton & muito mais – inclusive a Tiffany, que acabou de comprar por US$ 16 bilhões) conquistará, em breve, o lugar de homem mais rico do mundo. Traduzindo: a tal bolha pode explodir, mas com alfinetada de ouro.

FLIPAGEM
joias na bolsa

Com a moda ocupando mais o noticiário de economia e menos o de estilo, as empresas do setor mergulham fundo nos chamados fundamentos de gestão – algo comum para quem já produz pneu, aço, carro, minério, galinha, milho, soja e muito mais. Um caso especial movimentou a Bolsa de Valores de São Paulo, quando a joalheria Vivara lançou seu IPO (sigla em inglês para abertura de capital de uma empresa) e inovou no assunto ao estabelecer para suas ações um período mínimo de flipagem (no jargão economês, serem revendidas). A jogada deu certo. Em resumo: inovou e lucrou.

PARIS
moda & cultura

Com tantos museus, monumento e atividades culturais ligados à moda, Paris confirma, mais uma vez, sua posição de capital mundial da moda. O fato é que o circuito fashion está em polvorosa com a confirmação da abertura da expô da coleção Pinault, em junho de 2020, na antiga sede da Bourse de Commerce – totalmente recuperada pelo arquiteto japonês Tadao Ando. Por coleção Pinault entenda-se as bilionárias obras de arte do empresário de moda François Pinault, cujo grupo comanda as marcas Yves Saint-Laurent, Balenciaga, Stella McCartney e outras.Enquanto a data não chega, o circuito da cidade está se derretendo com o filme Wonder boy, sobre o estilista marroquino Olivier Rousteing buscando seu passado. Ele atualmente comanda a Balmain, embora muito jovem, e foi adotado por uma família francesa ainda criança.
 
ELEIÇÃO
importante

A turma da moda de Minas Gerais está em um momento especial. Giovanna Penido, que é titular da cadeira de moda no Conselho Estadual de Política Cultural (Consec), acaba de ser eleita para o Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC) representando o estado. Com votação expressiva, contou como o apoio massivo dos parceiros da Frente da Moda Mineira, comprovando que quando o povo fashion se une conquista avanços.

ALCEU PENNA
no Mumo

A exposição Alceu Penna – Inventando a moda do Brasil será inaugurada em 10 de dezembro, no Museu da Moda de Belo Horizonte (Mumo), com curadoria da sobrinha Luiza Penna de Andrade. Estarão em evidência coleções que abrangem o período 1940-1970. 
 
Elisa Atheniense(foto: Weber Padua/Divulgação)
Elisa Atheniense (foto: Weber Padua/Divulgação)
 
 
ESTILISTA
na cidade

Quem passou pela cidade na semana passada foi Marcos Ferreira. Veio participar do evento Elisa Convida, no qual a estilista Elisa Atheniense chama marcas amigas para vender seus trabalhos no seu showroom. Marcos, que mora em São Paulo, está investindo em uma linha de camisaria muito especial e criando bolsas e flores em organza pintada, uma preciosidade. Doiselles, Debora Germani Handmade, Lutti Stores e Paula Bahia também participaram do evento.  
 
Estilista Marcos Ferreira(foto: Eugenio Gurgel/EM/D.A)
Estilista Marcos Ferreira (foto: Eugenio Gurgel/EM/D.A)
 
 
POR  AÍ...

A turma do sapato & bolsa + grifes de roupas vai promover bazar natalino entre os próximos dias 4 e 6 , com marcas bacanas, no espaço da Fiemg, em BH. E ainda tem comida árabe, petiscos e refrescos para quem prestigiar a promoção.

Momento tocante na sessão da Assembleia Legislativa que homenageou o Líbano, através da Fundação Libanesa (Fuliban-MG), foi o destaque dado ao saudoso deputado José Elias Murad – que inseriu na Constituição a venda de bens apreendidos do tráfico de drogas. Só para registrar, vale dizer que, apenas neste 2019, o governo federal já arrecadou perto de R$ 32 milhões com isso.

Sempre fazendo tudo com extremo bom gosto e cuidado, Graça Rabello lançou linha de doces finos. Os docinhos em forma de coquilles (tem até pérola dentro) e o pão de mel  ‘bordado’ com guipure de calda são demais. Sem contar as sobremesas na taça. E tem o luxo da opção em diet também. Demais.

Giovanna Penido feliz da vida. Além de ser a mais votada em Minas para integrar o Conselho Nacional de Políticas Culturais do governo federal, também foi a segunda mais votada na Região Sudeste – região que representará ali. Merecido. 
 
 


Publicidade