Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas mercado s/a

Futebol S/A está pronto para entrar em campo com times brasileiros

A sanção da lei da Sociedade Anônima de Futebol pode ser um alento para os times que não desfrutam da avalanche de recursos de Atlético, Flamengo e Palmeiras


20/08/2021 04:00


A recente sanção da Lei da Sociedade Anônima de Futebol (SAF) pode ser um alento para os times que não desfrutam da avalanche de recursos financeiros de Atlético, Flamengo e Palmeiras, que estão dominando com facilidade os gramados na América do Sul. Embora não seja mandatória – se quiserem, os clubes podem continuar a ser entidades sem fins lucrativos –, ela traz diversos benefícios, como a entrada de recursos financeiros vindos de novos sócios, a abertura de capital na bolsa de valores e a possibilidade de renegociação de dívidas, como se a instituição fizesse o pedido de recuperação judicial. Ou seja: os clubes serão, enfim, empresas privadas. No Brasil, Cruzeiro (foto) e Internacional têm demonstrado maior disposição para aderir ao projeto, mas isso exigirá mudanças no coração das agremiações. Estruturas arcaicas e amadorismo na gestão não serão mais tolerados. De todo modo, a SAF trará mais equilíbrio para o futebol brasileiro.
 
 
 
(foto: divulgação )
(foto: divulgação )


No final do dia, a única coisa 
que a gente pode ter certeza é 
de que somos diferentes. A beleza da diversidade é celebrar essa diferença”

Paulo Correa, presidente da C&A

 
 
 
 
Contratação de profissionais com mais de 40 anos cresce

A consultoria de recursos humanos Gupy realizou uma ampla pesquisa sobre a contratação de profissionais entre 40 e 50 anos por empresas brasileiras no primeiro semestre de 2021. O resultado do estudo surpreendeu: as aquisições dentro desta faixa etária cresceram 217% em comparação com o mesmo período do ano passado. Alguns dos setores considerados mais afeitos aos jovens, como tecnologia da informação e telecomunicações, também buscaram colaboradores mais maduros.
 
 
 
 
Armani vai vestir clube italiano

Os italianos não param de inventar moda. Um dos times mais tradicionais do país, o Napoli, onde jogaram craques como Maradona e Careca, desistiu de contar com tradicionais fornecedores de material esportivo para o seu uniforme. Na temporada 2021/2022, as camisas do time serão confeccionadas pela Giorgio Armani, grife conhecida por ternos, blazers e outras peças refinadas. Se a iniciativa virar tendência, poderá representar uma ameaça inesperada para empresas como Nike, Adidas e Puma.

 
 
Amazon investe em loja de departamentos

Muitos analistas apostaram que o avanço do e-commerce eletrônico destruiria de vez o comércio físico. A Amazon, marca mais valiosa do mundo, não pensa assim. É certo que a empresa abrirá lojas de departamentos nos Estados Unidos para vender de tudo – tudo mesmo. Isso inclui roupas, eletrônicos, eletrodomésticos, livros, móveis e muito mais. As primeiras unidades deverão ser abertas nos estados de Ohio e Califórnia, mas a ideia é estender o projeto para várias regiões do país.
 
 
 
 
R$ 6,2 bilhões

foi quanto a Caixa Econômica Federal lucrou entre abril e junho – foi o melhor trimestre de sua história. Melhores 
margens financeiras e redução de gastos contribuíram para o resultado

 
 
RAPIDINHAS

» O mercado começou a discutir nos últimos dias a possibilidade de o fundo de private equity Carlyle vender a sua participação de 22% na rede de restaurantes Madero. Fontes afirmam que os americanos estão receosos com o futuro do negócio. Com R$ 1 bilhão em dívidas, o Madero tenta emplacar a abertura de capital, mas a desconfiança dos investidores só aumenta.
 
 
 
(foto: Simão Leal/Divulgação 9/12/17)
(foto: Simão Leal/Divulgação 9/12/17)
 

» A Uber tem enfrentado uma debandada de motoristas. Com o preço do combustível nas alturas, muitos têm desistido de trabalhar para o aplicativo. Isso é ruim para o consumidor. São cada vez mais raras as corridas promocionais na plataforma e o tempo de espera por um carro tem aumentado consideravelmente.

» A Lupo, fabricante de meias, cuecas e artigos esportivos, protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o pedido para o IPO (oferta inicial de ações). Dona de 481 franquias espalhadas pelo país e presença em 39 mil pontos de venda, a empresa quer usar os recursos da abertura de capital para expandir os negócios.

» A empresa holandesa de tecnologia Thuisbezorgd pesquisou quais são os alimentos mais comentados no Instagram em diversas partes do mundo. No Brasil, a tapioca teve 1,6 milhão de hashtags em 2021, à frente da picanha (1,5 milhão). Na Europa, a liderança ficou com a pizza. Nos Estados Unidos, os hambúrgueres venceram.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade