Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Varejistas disputam a rede Pão de Açúcar

De um lado está Michael Klein, sócio da Via Varejo e filho do fundador da Casas Bahia. De outro, Abilio Diniz, ex-dono do próprio Pão de Açúcar


22/06/2021 04:00 - atualizado 22/06/2021 07:54

(foto: Divulgação/Pão de Açúcar - 21/1/17)
(foto: Divulgação/Pão de Açúcar - 21/1/17)
 

O Pão de Açúcar está no centro de uma disputa que envolve dois pesos-pesados do universo empresarial brasileiro. De um lado está Michael Klein, sócio da Via Varejo e filho do fundador da Casas Bahia. De outro, Abilio Diniz, ex-dono do próprio Pão de Açúcar.

O interesse de Abilio é conhecido do mercado há pelo menos um mês, mas a investida de Klein é mais recente, segundo informações do jornal O Globo. Ambos querem assumir o controle de uma companhia que não interessa mais ao seu controlador, o grupo francês Casino, mas que é uma das principais marcas corporativas do país.

Abilio conhece bem o Pão de Açúcar: a empresa foi fundada por sua família, mas ele se retirou dos negócios após uma disputa pública com Casino e seu controlador, Jean-Charles Naouri. O mercado recebeu bem a notícia. Ontem, as ações do Pão de Açúcar fecharam em alta de 7,88%, enquanto os papéis da Via Varejo subiram 3,82%

Wizard pode atrapalharos seus próprios negócios 

Executivos que trabalham nas empresas que pertencem a Carlos Wizard (foto), um dos alvos da CPI da Pandemia, temem que a participação dele no tal “conselho científico independente” do governo Bolsonaro possam atrapalhar os negócios. Wizard é dono de uma gestora de investimentos, a Sforza, que atua em diversos segmentos, incluindo empresas como Pizza Hut, KFC, Taco Bells, Mundo Verde e a escola de inglês Wise Up. Na leitura desses profissionais, Wizard não deveria ter se envolvido tanto com a política.

 

''Existe uma grande demanda reprimida, vai ter muita gente querendo viajar''

Jerome Cadier, presidente da Latam Brasil, sobre a retomada prevista para o segundo semestre



É mais perigoso trabalhar na Amazon que no Walmart

A Amazon é uma das empresas vencedoras da nova era digital, mas o custo tem sido alto para os funcionários. É isso o que mostra reportagem do jornal americano The New York Times. Segundo a publicação, a empresa impõe metas de produtividade impossíveis de serem cumpridas e permite pouco tempo de descanso. O resultado é devastador: atualmente, a chance de um trabalhador se ferir nos armazéns da Amazon é o dobro quando comparada com colegas que exercem funções semelhantes no Walmart.

Bolsa atinge recorde de 3,7 milhões de CPFs

O mercado acionário brasileiro continua em franca expansão. Em junho, o número de CPFs cadastrados na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, chegou a 3,7 milhões – é o triplo de um ano atrás. No primeiro semestre, o número de ofertas iniciais de ações movimentou R$ 80 bilhões, mais do que o dobro do volume registrado no mesmo período de 2020. Nem mesmo o recente e discreto aumento da taxa dos juros para o patamar de 4,25% ao ano foi suficiente para espantar os investidores.

R$ 3 bilhões

é quanto a Aurora Energia vai investir em geração solar na usina de Arinos,
 no Norte de Minas Gerais. O projeto deverá garantir
100 empregos diretos e 1,2 mil indiretos

RAPIDINHAS


  • A marca de cafés Nespresso intensificou os investimentos em uma ação louvável: a restauração da mata atlântica, um dos biomas mais importantes do Brasil. Em parceria com a fundação SOS Mata Atlântica, a marca pretende plantar 700 mil árvores na região da bacia do Rio Pardo, no município de São Sebastião da Gama (SP).

  • Algumas startups passaram a adotar no Brasil uma nova maneira para remunerar os funcionários: o salário sob demanda. Pela modalidade, o colaborador recebe parte do dinheiro depois de alguns dias trabalhados – não apenas no final do mês – ou após alguma tarefa concluída. Nos Estados Unidos, estima-se que 20% das empresas adotem esse tipo de pagamento.

  • A grife automotiva BMW decidiu buscar novas fontes de receitas. A empresa se associou à alemã Solarwatt para fabricar baterias residenciais de armazenamento de energia solar. A promessa é que o inédito sistema seja capaz de garantir autossuficência energética de 80% para uma casa ocupada por até quatro pessoas.

  • Uma boa medida para dar maior segurança aos turistas: entrou em vigor a Lei 14.174/21, que prorroga até o final de 2021 as regras de remarcação de passagens aéreas para os voos cancelados durante a pandemia. Na prática, a lei autoriza o reembolso aos passageiros que desistirem do voo até 31 de dezembro.


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade