Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

A nova roupagem da centenária Hering

"Após disputa acirrada com a Arezzo, grupo Soma chega a acordo para compra da indústria, em negócio que por movimentar R$ 5,1 bi"


27/04/2021 04:00 - atualizado 27/04/2021 08:17

(foto: FLICKR)
(foto: FLICKR)
A semana começou agitada no varejo. Ontem, o grupo Soma chegou a um acordo para comprar a Hering (foto), em um negócio que poderá movimentar R$ 5,1 bilhões. Dono das marcas Farm e Animale, o Soma superou uma encarniçada disputa com a Arezzo, que também tinha interesse em levar a empresa (há alguns dias, ofereceu R$ 3 bilhões pelo negócio).

A Hering é um dos grandes nomes da história da indústria de moda brasileira. Fundada em 1880, mantém-se como uma das companhias mais antigas em atividade no Brasil. Nos últimos anos, sofreu com a queda de vendas e não foram poucas as vezes em que o mercado especulou sobre a possibilidade de falência.

Além disso, também foi alvo de intermináveis disputas societárias entre os herdeiros, algo bastante corriqueiro em empresas familiares. Nas mãos do Grupo Soma, que tem se movimentado de maneira agressiva no mercado, a Hering espera retomar a relevância que teve em outros tempos.
 

Gastos no exterior caem para o menor nível desde 2005


As restrições impostas por diversos países, o dólar nas alturas e a crise econômica levaram os brasileiros a evitar os aeroportos. Em março, os gastos com viagens internacionais somaram US$ 313 milhões, a metade dos US$ 612 milhões desembolsados no mesmo período de 2020. É o pior resultado para o mês desde 2005. No primeiro trimestre do ano, a queda foi ainda maior (70%) se comparada com idêntico intervalo do ano passado. As viagens ao exterior deverão aquecer apenas no segundo semestre.

 
(foto: Leandro Couri/EM/D.a press - 3/8/20)
(foto: Leandro Couri/EM/D.a press - 3/8/20)
 

''É muito fácil usar o discurso ambiental contra uma ferrovia. Isso é um absoluto contrassenso. Como é que uma ferrovia não é um negócio sustentável? Só no Brasil''

Tarcísio de Freitas, ministro da Infraestrutura, reclamando dos que criticam o projeto do Ferrogrão, ferrovia que abrirá os portos do Norte para a safra de grãos do Mato Grosso



(foto: CAOA Chery/Divulgação 29/5/20)
(foto: CAOA Chery/Divulgação 29/5/20)

Montadoras não desistem do Brasil


A pandemia provocou estragos na indústria automobilística, mas nem tudo está perdido. Apesar da crise, a maioria das montadoras manteve seus planos de investimentos no Brasil. A Caoa Chery (foto) assegura que não reduzirá o aporte de R$ 1,5 bilhão previsto para a fábrica da Anápolis (GO) até 2023. Não é um caso único. Na Renault, a meta é desembolsar R$ 1,1 bilhão entre 2021 e 2022 para renovar a linha de veículos. A situação é difícil, mas o Brasil ainda traz oportunidades.
 

US$ 4,5 trilhões


foi quanto o turismo perdeu em receitas no ano passado em decorrência da pandemia do coronavírus. O dado foi apresentado durante evento anual do World Travel & Tourism Council (WTTC) 
 

Janguiê Diniz compra 25% da Bossanova Investimentos

O empresário Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional, comprou 25% da Bossanova Investimentos, fundo de capital de risco que investe em startups. Criada em 2015, a Bossanova já realizou aportes em 550 empresas iniciantes. Com a entrada do novo capital, a empresa pretende ampliar consideravelmente esse número, chegando a pelo menos mil startups até o fim de 2022. Diniz deverá assumir o cargo de vice-presidente do conselho da companhia. O valor do negócio não foi revelado.
 

RAPIDINHAS

 
Vem aí a data que poderá simbolizar a retomada do varejo em 2021: o Dia das Mães. Uma pesquisa de intenção de compras realizada pela Associação Comercial de São Paulo constatou que 59% dos brasileiros pretendem presentear no período. Vestuário e calçados são os itens preferidos, respondendo por 65% das intenções de compra.

A Apple iniciará um dos maiores ciclos de investimentos de sua história. Nos próximos 5 anos, a empresa pretende desembolsar US$ 430 milhões nos Estados Unidos, aumento de 20% em relação ao ciclo anterior. Entre outras ações, o valor será usado para a construção de seu primeiro câmpus na costa leste, na Carolina da Norte.

O mundo do futebol pode estar diante de um grande escândalo. O atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, estrela do Milan, será  investigado pelo envolvimento com empresas de apostas. Há alguns dias, um jornal da Suécia descobriu que o jogador é sócio do site Bethard. As autoridades querem saber se Ibrahimovic participou de armação de resultados.

Em relação a uma informação publicada ontem neste espaço, a consultoria EY esclarece que 65% dos colaboradores das empresas não se consideram preparados para atender às demandas dos clientes no pós-pandemia. A coluna equivocadamente afirmou que o número dizia respeito à percepção dos empresários. 
 
 
 
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade