Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Mercado S/A

Minas lidera pedido de crédito para empreender e por dívidas

Parcela de interessados que buscou empréstimo para abrir empresas no estado cresceu 50%, aponta a Lendico


18/02/2021 04:00

Os brasileiros iniciaram 2021 com apetite por novos negócios. Segundo levantamento realizado pela Lendico, fintech especializada em empréstimo pessoal on-line, a parcela de pessoas que pediu recursos para abrir uma empresa própria em Minas Gerais saltou 50% em janeiro de 2021 na comparação com o mês anterior. Apesar de o empreendedorismo estar em alta, representando 30% do total das transações, as solicitações de empréstimos para pagar dívidas lideram o ranking da Lendico, respondendo por 37% das requisições. O Distrito Federal segue a mesma tendência. O número de clientes que buscaram dinheiro para empreender subiu 66% em janeiro ante o mês anterior. Mesmo assim, honrar dívidas continua a ser a maior preocupação – 38% dos que foram atrás dos recursos pretendem usar os valores para isso. A pesquisa é o retrato do Brasil atual: sem emprego e endividadas, as pessoas precisam se virar de alguma maneira. Nesse contexto, abrir uma companhia pode ser o único caminho possível.

Novo ciclo de commodities poderá beneficiar o Brasil

(foto: FAEMG/DIVULGAÇÃO %u2013 19/10/19)
(foto: FAEMG/DIVULGAÇÃO %u2013 19/10/19)

O mundo pode estar ingressando em um novo superciclo de commodities. Essa é a avaliação de uma corrente cada vez maior de economistas e gestores de investimentos. Nos últimos seis meses, o preço da maioria esmagadora das commodities subiu com força (boi, milho, minério, petróleo e soja, para citar os exemplos mais marcantes) e a previsão é de que a onda de valorização continue por um bom tempo. O movimento poderá beneficiar o Brasil, um dos maiores exportadores de commodities do planeta.
 

"Não acho que os 80 países mais pobres possam comer carne bovina sintética. Mas acho que todos os países ricos deveriam passar a comer carne 100% sintética"
Bill Gates, fundador da Microsoft, que defende a redução do consumo de proteína animal para combater as mudanças climáticas

Buffett dá adeus aos bancos

Warren Buffett, um dos investidores de melhor desempenho de todos os tempos, está desanimado com os bancos. A Berkshire Hathaway, conglomerado do bilionário, se desfez de toda a sua participação acionária na maior instituição financeira dos Estados Unidos, o JP Morgan, além de diminuir de 500 milhões para 52 milhões o volume de ações que detinha do Wells Fargo. Buffett também vendeu 6% dos papéis da Apple, que ainda assim continua a ser a principal empresa em sua carteira.

US$ 1 bilhão

É quanto a Ford investirá no desenvolvimento de carros elétricos na Alemanha. A empresa almeja que, até 2030, todos os seus carros vendidos na Europa sejam movidos a eletricidade

Rede social Parler está de volta, mas com mudanças

A rede social Parler, a preferida dos trumpistas, voltou ao ar após um mês de inatividades. Chamada de “Twitter da extrema-direita”, ela havia sido suspensa pela Amazon, Apple e Google após postagens de fake news e discursos de ódio. Agora, retorna com mudanças. Os conteúdos de antigos usuários foram removidos e a empresa prometeu ser rigorosa na moderação das publicações. Não custa lembrar: o movimento que resultou na invasão do Capitólio, em janeiro, foi forjado em plataformas como o Parler.

Rapidinhas

A desatualização dos valores que definem se o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve avaliar uma operação de fusão ou aquisição prejudica o trabalho do órgão e dificulta a geração de negócios. É o que diz José Carlos Berardo, sócio do Lefosse Advogados. Ele explica que a definição de “grandes grupos” com base em receitas está defasada.

Berardo faz as contas: “Se os valores de 2012 fossem corrigidos pela inflação, hoje teríamos faturamentos de R$ 120 milhões e R$ 1,2 bilhão como o corte para a análise do órgão”. Para o especialista, a atualização dos parâmetros reduziria o volume de trabalho do Cade, que se ocuparia de negócios estratégicos, investigações de práticas abusivas e combate aos cartéis.

O Brasil subiu 10 posições – passou da 72ª para a 62ª – no ranking mundial do comércio eletrônico. A lista, elaborada pela Agência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento, relaciona 152 países de acordo com a qualidade do comércio digital. É um avanço modesto diante do potencial brasileiro.

Enquanto no Brasil a vacina não deslancha, no Reino Unido, a imunização em massa traz de volta a perspectiva de normalidade. A Federação Inglesa de Futebol estuda a volta do público aos estádios, o que poderá ser feito em abril. A ideia é que as arenas recebem um terço da capacidade.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade