Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Alberto Fernández é mais moderado do que imaginamos

Ele defende o livre mercado e a responsabilidade fiscal. Tudo indica também que o novo presidente tentará fazer um governo de conciliação


postado em 29/10/2019 06:00 / atualizado em 29/10/2019 08:34



(foto: Sebastian Pani/Associated Press/Estadão Conteúdo/Divulgação)
(foto: Sebastian Pani/Associated Press/Estadão Conteúdo/Divulgação)


Um dos principais executivos de uma empresa brasileira de autopeças diz estar “zero preocupado” com a eleição da chapa peronista Alberto Fernández e Cristina Kirchner ao cargo máximo da Argentina.

“Nossos parceiros e informantes garantem que Fernández é mais moderado do que imaginamos”, afirma o executivo brasileiro. “Para o seu grupo mais próximo, ele defende o livre mercado e a responsabilidade fiscal. Tudo indica também que o novo presidente tentará fazer um governo de conciliação.” A Argentina é o maior mercado internacional para o setor de autopeças brasileiro.

Em 2019, empresas como Fras-le, Mahle Metal Leve e Randon sofreram com a crise econômica no país vizinho e tiveram que compensar a queda das exportações com novos negócios no mercado interno. Um relatório do Bradesco demonstrou o tamanho do estrago: nos últimos 12 meses, as exportações brasileiras para a Argentina caíram 40%, o equivalente a US$ 7 bilhões.


(foto: Fenatran/Divulgação)
(foto: Fenatran/Divulgação)


Fenatran movimenta R$ 8,4 bilhões e quebra recorde

A expectativa positiva com a economia do país levou a 22ª edição do Salão Internacional de Transporte Rodoviário de Cargas, mais conhecido como Fenatran, a quebrar recordes. O evento gerou R$ 8,4 bilhões em negócios, o dobro da expectativa dos organizadores, e atraiu 62 mil visitantes, 24% acima da edição anterior, realizada em 2017. Segundo Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, a associação do setor, o desempenho é resultado do aumento da confiança dos empresários na retomada econômica.



Desavenças familiares são tradição na família Safra

O banco Safra informou que Alberto Safra deixará o conselho de administração da instituição. Conforme noticiado ontem, a saída é resultado de divergências entre Alberto, que cuidava da área de clientes corporativos, e seu irmão David, responsável pelo segmento de pessoas físicas. Fundado em 1955, pelo sírio Jacob Safra, o banco tem tradição em desavenças familiares. Em 2006, Joseph Safra – pai de Alberto e David – entrou em guerra com o irmão pelo controle do banco. E venceu a batalha.

Boneco de Luccas Neto supera Hot Wheels e Barbie

O youtuber Luccas Neto é um fenômeno de marketing. Dados do instituto de pesquisa The NPD Group mostram que o boneco inspirado nele superou Hot Wheels e Barbie nas vendas do Dia das Crianças, faturando R$ 7,4 milhões entre os dias 7 e 13 de outubro. No mesmo período, os carrinhos Hot Wheels movimentaram R$ 4,4 milhões e a Barbie gerou R$ 2,4 milhões em receitas. O desempenho no varejo é impulsionado pelo grande acesso que o canal de Luccas Neto tem no YouTube. São cerca de 23 milhões de inscritos.

 
 
(foto: Wikipedia.org/Reprodução)
(foto: Wikipedia.org/Reprodução)


"É fundamental que o governo e o Congresso continuem a avançar em outras frentes, como as reformas administrativa e tributária, além de medidas que destravem a economia e aumentem a competição nos setores mais importantes da atividade"

 Sergio Rial, presidente do Banco Santander no Brasil




1,7 milhão
de lares brasileiros dependem exclusivamente da renda gerada por Microempreendedores Individuais (MEIs), segundo estudo do Sebrae. Significa que 5,4 milhões pessoas vivem às custas dos micronegócios.


rAPIDINHAS

» O uso de dados para conhecer melhor o consumidor e melhorar os resultados de vendas já está na rotina das grandes empresas, mas as pequenas e médias ainda têm o que avançar. Esse vai ser um dos temas do RD Summit, evento voltado às PMEs, que será realizado entre 6 e 8 de novembro, em Florianópolis.


»  Fãs da Apple, preparem o bolso. Ontem, foi anunciada uma nova versão do AirPods, que chega às lojas por US$ 250 (R$ 1.050). O valor só vale para quem comprar em uma das Apple Stores americanas. No site brasileiro da Apple, o dispositivo sai por R$ 2.249, mais do que o dobro do valor cobrado nos Estados Unidos.


»  O mercado de luxo espera, para os próximos dias, a compra da joalheria americana Tiffany pelo grupo francês LVMH, dono de marcas como Christian Dior, Fendi, Givenchy, Louis Vuitton e Veuve Cliquot. Ontem, a LVMH ofereceu US$ 14,5 bilhões pelo negócio. A Tiffany enfrenta dificuldades financeiras, com queda de vendas em diversos países.


» A mobilidade elétrica avança no Brasil. Há alguns dias, a portuguesa EDP anunciou, em parceria com as montadoras alemãs Audi, Porsche e Volkswagen, 30 pontos de recarga ultrarrápida para carros elétricos no estado de São Paulo. Atualmente, circulam no país 8,5 mil veículos híbridos e elétricos. Até 2030, eles deverão ser 2 milhões. 
 


Publicidade