SIGA O EM

Investigação da promotoria expôs relação de Aécio com Perrella

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 19/05/2017 09:49 / atualizado em 19/05/2017 09:56

Agência Estado

Belo Horizonte - Uma investigação do Ministério Público de Minas expôs a relação entre a gestão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no governo de Minas e a família do senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

Conforme apurações da Promotoria de Patrimônio Público, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) teria fechado contratos, convênios e termos de cooperação sem licitação, com a empresa Limeira Agropecuária e Representações, que era administrada por Zezé Perrella.

Entre os acordos estava o fornecimento de sementes pela Epamig para fazenda da Limeira. Depois, a empresa pública comprava a produção da família Perrella para que os alimentos - feijão, milho, arroz e sorgo - fossem usados no programa "Minas Sem Fome".

As investigações desse caso eram conduzidas pelo promotor Eduardo Nepomuceno que, no final do ano passado, foi retirado da promotoria de Defesa do Patrimônio Público por determinação do Conselho Nacional do Ministério Público, a partir de reclamações sobre investigações do Ministério Público Estadual (MPE) feitas por Zezé Perrella.

As suspeitas de irregularidades na Epamig foram mostrados pelo jornalO Estado de S. Paulo em janeiro de 2014. Os contratos teriam começado a ser fechados em 2007, durante o governo de Aécio Neves. Por causa das investigações do MPE, foi determinado o bloqueio de bens e a quebra dos sigilos fiscal e bancário de Perrella, seu filho, Gustavo Perrella, que sucedeu o pai no comando da empresa, e de ex-integrantes da Epamig. O valor total a ser bloqueado era de R$ 14,5 milhões.

Família


A relação entre Aécio e os Perella voltou a ser exposta, agora na delação do empresário Joesley Batista, da empresa JBS. O dinheiro que Joesley diz ter passado a Aécio teria como destino a empresa Tapera Participações e Empreendimentos Agropecuários, que pertenceria ao filho de Zezé Perrella, Gustavo Perrella, que é Secretário Nacional de Futebol do Ministério dos Esportes.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Decio
Decio - 19 de Maio às 16:01
LLuLLa**** fez tudo isso, dede o mensalão, com uma proteção judicial forte, e prometeu a todos os políticos essa proteção. Se todos roubam não haverá problemas políticos e todos fazem parte da quadrilha. Mas, estavam tão relaxadso que não viram os procuradores investigando e denunciando, e quando acordaram a rede de investigação estva lançada e não tem mais volta, todos serão denunciados e poderão ser condenados. /Quanto a LLuLLa****/Dilma***, agora que suas contas no exterior foram mostradas, não tem como não prede-los, e depois os outros, também. Mas precisam esvaziar os presídios.
 
luiz
luiz - 19 de Maio às 12:37
Porque nao investigam esta concessionária da MG 050 o dedo do Aécio ta la sujo como sempre um assalto aos usuarios com uma rodovia pesssima pista simples cheia de buracos sem acostamentos o pedágio carissimo custo beneficio
 
Willem
Willem - 19 de Maio às 11:42
E a relação vem de longe mesmo. Alguem se lembra da demissão do Jorge kajuru da Band, no intervalo do programa?
 
Helena
Helena - 19 de Maio às 11:13
Isso nunca foi novidade, ligação entre Aécio e Perrela. Haja vista ainda os restaurantes do Perrela na Cidade Administrativa, na época do Aécio e Anastasia. Tiveram que fechá-los de um dia para outro em razão de denúncias de irregularidades.
 
Full
Full - 19 de Maio às 11:06
para o juizeco de Curitiba estes cidadãos estavam acima de qualquer suspeita.
 
EDUARDO
EDUARDO - 20 de Maio às 03:37
Juizeco, qdo vc alcançar 1% da idoneidade desse juiz, e aprender que o papel dele é julgar e nao investigar, vai parar de falar bobagens.
 
CARLOS
CARLOS - 19 de Maio às 10:24
esse tal de perebba disse que voltará a ser presidente do 2º maior de minas (1º Jabaquara - bairro São Geraldo). dinheiro que recebe através do aecinho, não seria pra comprar os conselheiros do time azul?
 
Elias
Elias - 19 de Maio às 10:12
Vergonha para MINAS E BRASIL, esses "politicos" de MERDA.
 
Decio
Decio - 19 de Maio às 15:55
Elias, é preciso de incluir, nesta sua lista o Pimentel***, réu em condenação, corrupto safado junto com a família, e que governa Minas na cara de pau. Todos esses políticos estão sob proteção de LLuLLa****, que prometeu proteção judicial em todos os níveis, e que ninguém seria denunciado, condenado e preso, pois tem uma rede judicial bem feita. ELLe*** fez isso, paara que nenhum político o investigasse, e assim poderia ter vida longa.