SIGA O EM

Obra no Rio São Francisco vira guerra entre Lula, Dilma e Temer

Maior obra para levar água ao sertão nordestino deve custar mais de R$ 10 bilhões até 2026 e se transforma em guerra aberta pela paternidade do projeto no Rio São Francisco. Lula e Dilma "reinauguraram" um dos trechos, onde Temer esteve há 9 dias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1111052, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Ricardo Stuckert/Instituto Lula', 'link': '', 'legenda': 'Dilma e Lula em Monteiro, na Para\xedba: em ritmo de campanha', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/03/20/855642/20170320082757328909a.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1111053, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Beto Barata/PR - 10/3/17', 'link': '', 'legenda': 'Temer cumprimenta funcion\xe1rios, durante a inaugura\xe7\xe3o: paternidade \xe9 de quem paga impostos', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/03/20/855642/20170320082849414338i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1111054, 'arquivo_grande': '', 'credito': '', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/03/20/855642/20170320083455465875o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 20/03/2017 08:20 / atualizado em 20/03/2017 08:39

Vera Batista / , Renato Souza - Especial para o EM /

Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Parte das obras da Transposição do Rio São Francisco, do eixo Leste, foi inaugurada. A partir de agora, estão em jogo os desafios da solução para a seca do Nordeste. O projeto completo foi dividido em dois eixos.

O Norte, com percurso de aproximadamente 400km, tem ponto de captação próximo a Cabrobó, Pernambuco, e transportará as águas aos rios Salgado e Jaguaribe, para os sertões de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte.

No Leste, com 220km, as águas da barragem de Itaparica, no município de Floresta, Pernambuco, alcançarão o rio Paraíba e abastecerão parte do sertão e as regiões do agreste de Pernambuco e da Paraíba.

A expectativa é de que 12 milhões de pessoas serão beneficiadas quando todo o projeto estiver em funcionamento. Somente o trecho Leste, agora concluído, deve atingir 168 municípios da Paraíba e de Pernambuco e vai permitir que 4,5 milhões de nordestinos tenham acesso à água potável.

Beto Barata/PR - 10/3/17
A previsão inicial, no início do governo Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002, era de que a transposição fosse concluída em 2012, depois adiada para 2015. Mas as obras só começaram em 2007. Quem inaugurou, portanto, a construção, foi o presidente Michel Temer, no último dia 10, que, inclusive, prometeu finalizar o projeto até o fim do ano.

De acordo com o Palácio do Planalto, somente nos últimos 10 meses, foram injetados R$ 602 milhões no andamento das obras e, por isso, o trecho norte já está com 94,52% das obras concluídas. Nove dias após Michel Temer celebrar a conclusão do eixo Leste, os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff fizeram, ontem, uma reinauguração das mesmas obras.

O evento, além de várias autoridades do PT e de seus aliados, contou também com a presença do ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), que foi ministro de Integração, há 10 anos, quando Lula tirou o projeto quase bicentenário do papel.

Esse trecho da obra, de mais de 400km, custou, até o momento, R$ 8,2 bilhões. Disputa no sertão Após uma carreata de 170km, que partiu de Campina Grande, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff chegaram a Monteiro (PB), às 14h.

Em meio a gritos de “Lula, guerreiro, do povo brasileiro”, o ex-presidente reivindicou a autoria da obra para sua gestão e de sua sucessora. “Somos pai, mãe, irmão, tio e sobrinho da transposição das águas do Rio São Francisco. Eu considero a transposição a obra mais importante do país, que vai beneficiar mais de 12 milhões de pessoas”, ressaltou.

Dilma, que foi a primeira a falar à multidão, deu o tom político ao evento e deixou claro que Lula voltará em 2018. Ela chamou de “mentira” a inauguração feita em 10 de março pelo presidente Michel Temer e destacou: “Vamos nos encontrar na eleição direta de 2018”.

“Estamos vivendo um momento muito difícil no nosso país. São mentiras sistemáticas por alguém que nunca levantou um dedo pela transposição e agora vem aqui dizer que foi ele quem fez”, declarou Dilma, que também fez críticas à reforma da Previdência.

No dia em que esteve na Paraíba, o presidente Michel Temer disse que não disputa a paternidade da obra. “Eu não quero a paternidade desta obra. Ninguém pode tê-la”, disse ele. “A paternidade é do povo brasileiro e do povo nordestino. Vocês que pagaram impostos ao longo do tempo, vocês que permitiram que pudéssemos fazer grandes investimentos nessa obra, que, cada vez mais, está sendo festejada”, disse o presidente.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Olmir
Olmir - 23de Março às 16:47
O fato é que podem ter feito solução, mas por outro lado criam um problema enorme, salinização de áreas enormes, faltam estudo mais profundos, mas os problemas são enormes, águas se tornaram improprias para o consumo, aumentos de problemas cardíacos e arteriais. ... perdas de áreas férteis,.... Falta agora fazer uma solução de engenharia, para se evitar o avança da água salgada, qual ainda não se sabe e nem o porte, talvez uma espécie de barragem....ai mais dinheiro público.
 
Marcelo
Marcelo - 23de Março às 14:24
É triste saber que o Pimentel vai homenagear o Lula com a medalha da Inconfidência Mineira no dia 12 de abril!
 
claudio
claudio - 20de Março às 12:11
dilma e lula são safados ..o temer também!!..todos eles estão envolvidos em escândalos e figuram como parasitas da cisa pública..CADEIA p/ esta corja !!
 
Alfredo
Alfredo - 20de Março às 10:44
É muito picareta querendo aparecer em um só país. Eta Brasil!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Rogerio
Rogerio - 20de Março às 10:25
Tenho 62 anos bem vividos. Nunca pensei em um dia assistir tantos palhaços no mesmo picadeiro. Infelizmente o Brasil, virou um picadeiro, onde pilantras, bandidos, corruptos, se apresentam como presidente, ex presidentes, enfim politicos. E nós, abobalhados, estamos aqui para aplaudir e garantir um votinho na próxima eleição. Quanta palhaçada.
 
alvaro
alvaro - 20de Março às 10:04
Esses idiotas quebraram o país, e ainda ficam conversando fiado, cadeia nesses vagabundos
 
ÉRIKA
ÉRIKA - 20de Março às 09:19
Essa não tem jeito ... o Temer/PSDB pode até querer dar o golpe e "tomar" o mérito da obra pra si. Mas todos sabem que foi o Lula que iniciou e a Dilma terminou. Quem se preocupa com pobre é o PT. O resto, só governa pra ricos!
 
Jair
Jair - 20de Março às 08:52
Gastam um dinheirão com superficialidades e o essencial sempre fica para depois. Quantas obras paradas que nunca terminam, quanto dinheiro jogado fora. Desta maneira, o nosso querido Brasil é muito pobre.