SIGA O EM

Aécio pede que Calero seja investigado por gravação de diálogo com Temer

Senador mineiro classificou como 'inaceitável' a gravação de conversa do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero com o presidente Michel Temer.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1088632, 'arquivo_grande': None, 'credito': 'Ag\xeancia PSDB', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/25/827131/20161125115843369470a.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 25/11/2016 11:55

Agência Estado

Agência PSDB
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) defendeu na manhã desta sexta-feira, 25, que o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero seja investigado por supostamente gravar uma conversa com o presidente Michel Temer. Para o tucano, Calero pode ter “induzido” palavras de Temer no diálogo, no qual o ex-titular da Cultura diz ter sido “enquadrado” pelo presidente e pressionado a agir em favor do agora ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima.

“Há algo aí extremamente grave e que também tem que ser investigado: o fato de um servidor público, um homem até aquele instante da confiança do presidente da República, com cargo de ministro de Estado, entrar com gravador para gravar o presidente da República. Isso é inaceitável, isso é inédito na história republicana do Brasil”, disse Aécio ao chegar para Congresso de prefeitos eleitos do PSDB.

“Isso permite a todos nós que possa achar que (Calero) possa ter induzido palavras do presidente da República, e isso tem que ser investigado, porque me parece também um ato passível de punição”, acrescentou o senador.

No último sábado, Calero disse à Polícia Federal que Temer teria feito pressão para que o ex-ministro da Cultura resolvesse o “impasse” relacionado à construção de empreendimento em Salvador, no qual Geddel tinha uma unidade. O Instituto de Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) embargou a obra, mas Temer teria dito para Calero enviar o processo à Advocacia-Geral da União (AGU), que teria uma solução para o caso – o diálogo teria sido gravado pelo ex-ministro. O depoimento foi revelado ontem, ampliando a crise no Palácio do Planalto.

O tucano disse que alguém só pode gravar uma conversa “quando está sendo acusado (e agir) em sua própria defesa”, o que não era o caso, em sua avaliação. “Não havia acusação nenhuma em relação ao ministro e não me parece ter havido qualquer crime por parte do presidente da República”, disse.

Aécio, no entanto, evitou fazer avaliações sobre se o presidente deveria ou não demitir Geddel – a notícia da carta de demissão ainda não havia sido divulgada. “Essa é decisão exclusiva do presidente da República. O que posso dizer é que, do ponto de vista de suas atribuições junto ao Congresso Nacional, nas articulações políticas do governo, ministro Geddel vem fazendo com enorme eficiência. Caberá ao presidente da República tomar a decisão que for melhor para ao governo”, disse.

“Quanto aos desdobramentos desse caso, caberá ao presidente da República tomar decisões que achar mais adequadas. Mas nem de longe, na minha avaliação, do PSDB, esse episódio atinge o presidente Michel Temer”, acrescentou o senador.

Aécio ainda criticou as manifestações da oposição pedindo o impeachment de Temer. “Os membros do PT são alguns fantasmas que caminham em busca de uma causa”, disse. “A causa do PT é inviabilizar as medidas que vão nos tirar da crise na qual eles nos mergulharam.”
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Admilson
Admilson - 29 de Novembro às 06:13
Na verdade os governantes querem e gostam dos corruptos e "paus mandados". Não contavam com um jovem culto; concursado e HONESTO. O Brasil tem que apoiar o Calero e tirar esta corja de vagabundos do poder. INCLUSIVE O AÉCIO.Não importa de que partido for!!!!!!
 
moura
moura - 28 de Novembro às 08:02
Putz mas não é para investigar o Geddel que fez pressão política para uso particular..... uma falastrão, fanfarrão e irresponsável.
 
Druso
Druso - 26 de Novembro às 10:04
Cafajeste!
 
Voltaire
Voltaire - 26 de Novembro às 09:06
Não entendi essa do Aécio. Inaceitável pq?? Pq essas gravações estão mostrando que ninguém é correto na política brasileira?? O Temer é algum rei que não pode ser tocado ou investigado?? Pq não pede pra Polícia Federal investigar você, heim Aécio??
 
Antonio
Antonio - 25 de Novembro às 22:48
Essa, apareceu no JN: Aécio pede punição ao Ex-Ministro Calero e não cita de jeito maneira o nome do bandido que causou todo o estrago ao País, diga-se Geddel. Êita conluio criminoso! Até quando o Brasil vai resistir as ações desse bando de insanos...???
 
Full
Full - 25 de Novembro às 18:55
Sua batata tá assando, pilantra!
 
nilton
nilton - 25 de Novembro às 18:22
Hipócrita, quando é adversário é legal, quando é aliado, é inadmissível, neste caso sr. Aecio devia pedir punição para Juiz Sergio Moro que pediu desculpas ao STF mas não reparou o erro e o dano causado. A hipocrisia é o grande mal dos tempos modernos , acho realmente inadmissível gravar quem quer que seja , mas não vi nenhuma indignação quando a gravada foi Dilma
 
nilton
nilton - 25 de Novembro às 18:18
A desgraça da política é a hipocrisia, não vi nenhum pronunciamento de Aecio quando a gravada foi Dilma, contra adversário pode tudo, contra aliado é inaceitável .... É inaceitável mesmo sr Aecio, neste caso o juiz Moro deveria ter sido punido não ? Há esqueci ele gravou foi Dilma.... A Dilma é adversária, neste caso é legal
 
Geraldo
Geraldo - 25 de Novembro às 17:20
Será que isso é medo das Batatas ( Furnas, Correios, etc.) assarem mais rápido???
 
Eduardo
Eduardo - 25 de Novembro às 17:09
Só esse inútil para criticar o denunciante e apoiar o criminoso. Por isso está morto politicamente.
 
José
José - 25 de Novembro às 16:59
AERCIM ! ! ! - - - - - Sua vez chegará ! ! ! - - - - - - - Porque sempre estas do lado errado ? - - - - - Para de defender GOLPISTA, DITADOR, MANDANTE DE CRIME ! ! ! ! Só temos é agradecer a CALERO PELA CORAGEM e pelo bem que faz aos brasileiros ! ! ! SE GRAVAR É ERRO - - - - - ENTÃO - - - - - O QUE É """"""ORDENAR"""""""" SUBORDINADO A FAZER CRIME - - - - - - - - - O QUE É """"""""""""INDICAR BAÇO DIREITO DO CRIME NO JUDICIÁRIO PARA AJUDAR ROUBAR"""""""""""" ? ? ? O que é, não, O QUE ------------------- S Ã O ? ? ?
 
Paulo
Paulo - 25 de Novembro às 16:53
Parece que o Senador não entendeu o recado dado, em duas oportunidades, pelas urnas.....
 
Eduardo
Eduardo - 25 de Novembro às 16:32
A gravação do Calero é passível de punição, é um ato de irregularidade. Já a do Delcídio, não! Dois pesos e duas medidas é o que estamos percebendo com frequência ao longo dos últimos meses. Sejamos mais sensatos, caros políticos, vocês estão provando que tudo realmente não passou de um golpe orquestrado por setores descontentes com a economia e pelos políticos acuados com as denúncias de corrupção. Agora querem aprovar leis que anistiam o caixa 2, abafar a Lavajato e abrandar as penas contra a corrupção. Abre o olho que o feitiço pode se virar contra o feiticeiro. E cadê o paneleiros???
 
Fernando
Fernando - 25 de Novembro às 16:23
Inaceitável é o Aécio não ser investigado como se deve apesar das inúmeras delações por participação em esquemas
 
Kátia
Kátia - 25 de Novembro às 15:36
Porque Geddel se demitiu produção? Porque?
 
José
José - 25 de Novembro às 17:00
Para proteger o MANDANTE DO CRIME ! ! ! Simples assim !
 
Aminadab
Aminadab - 25 de Novembro às 15:25
O Aécio Neves DAR UM MAU EXEMPLO para a JUVENTUDE, o Aécio Neves "RASGA" o artigo 37, da CF; O Aécio "RASGA" A lei do IMPEACHMENT quando, faz críticas contra as GRAVAÇÕES do ex ministros CALERO(q foi COAGIDO pelo sobrevivente dos ANÕES DO ORÇAMENTO e pelo TEMER), o Aécio demonstra q É FAVOR DO SINDICATO DA CORRUPÇÃO e É contra a MORALIZAÇÃO desse IMUNDO SISTEMA ELEITORAL BRASILEIRO, se o CALERO DEVE SER INVESTIGADO, o Aécio Neves também deverá SER INVESTIGADO pelo MPF para Q toda a SOCIEDADE SAIBA COMO O AÉCIO NEVES MANIPULA OS 96MILHÕES de reais q o Aécio RECEBEU DO FUNDO PARTIDÁRIO em 2015.
 
Erlei
Erlei - 25 de Novembro às 15:23
O Aécio deve ter tremido na base com essa ameaça aos seus planos que têm seguido rigorosamente o script do golpe: vão tirar Temer, que já cumpriu seu papel no golpe, mas só em janeiro, para aquela corja do senado colocar Aécio (ou FHC, como tem sido cogitado) no lugar do golpista Temer. Se Temer cai ainda em 2016 é Eleição Direta e o pesadelo do playboy rei do pó: Lula lá, hehe;)
 
george
george - 25 de Novembro às 15:15
Esse pobre de espírito, Aécio Neves, até hoje não percebeu que estamos no regime republicano e que as pessoas que ocupam cargos públicos são agentes públicos e não seres superiores. Qual o problema de um ministro, no meio de meliantes gravar conversas que ele, o ministro, teve com alguns desses meliantes? Problema haveria se essas conversas fossem enviadas à imprensa, mas elas foram direcionadas à Polícia Federal, órgão público encarregado de esclarecer safadezas. Portanto, se o pobre de espírito não estivesse com medo ele não diria o que disse. Que medo, hem garoto!
 
Francisco
Francisco - 25 de Novembro às 15:14
Inaceitável é um Presidente da República desonesto e pessoas que se prestam a defendê-lo.
 
Francisco
Francisco - 25 de Novembro às 15:14
Inaceitável é um Presidente da República desonesto e pessoas que se prestam a defendê-lo.
 
Francisco
Francisco - 25 de Novembro às 15:14
Inaceitável é um Presidente da República desonesto e pessoas que se prestam a defendê-lo.
 
Francisco
Francisco - 25 de Novembro às 15:13
Inaceitável é um Presidente da República desonesto e pessoas que se prestam a defendê-lo.
 
Marcilio
Marcilio - 25 de Novembro às 15:05
Calero pede demissão, denuncia antes de agir. Geddel nega tudo, é desmascarado e Aécio o defende e ataca o honesto. O país está de pernas para o ar. E ainda votei nesse cara para Presidente. Por que não defende as medidas anti-corrupção? Honre seu avô!
 
SERGIO
SERGIO - 25 de Novembro às 15:04
Esse cara ainda fala alguma coisa...? Por culpa desse tresloucado que o país se dividiu e a democracia está em risco. Vai dar conta de seu mensalão, primeiro, nas fraudes que cometeu na CPI dos Correios... Nas urnas vc não ganha mais voto algum!
 
Mario
Mario - 25 de Novembro às 14:36
O senador multi delatado não teve a mesma reação quando a presidente da república eleita pela maioria democrática foi gravada indiretamente e, mesmo assim, seu diálogos jogados aos quatro ventos. Agora pede investigação...muito brincalhão esse senador!!!
 
luis
luis - 25 de Novembro às 14:24
Mas continua o mesmo CARA DE PAÚ, este corrupto. Ao invés de criticar o vagabundo que usou o cargo público em proveito próprio, esta criticando o que denunciou. Mas na verdade não esperaria nada diferente deste pilantra e safado. Sua hora vai chegar e estarei aqui, torcendo pra te ver enjaulado o mais rápido possível.
 
niemeyer
niemeyer - 25 de Novembro às 14:03
Sempre vejo alguém se referir ao Aécio como drogado. Nunca o vi assim. Ele sempre estava sóbrio.
 
Carlos
Carlos - 25 de Novembro às 13:59
O Aécio é político tão inútil, que deveria cuidar dos negócios da família e dar um tempo pra gente, porque aqui em Minas nós já demos um tempo dele.......... Chega, vai pro Rio e some da nossa vida!
 
Alexandre
Alexandre - 25 de Novembro às 13:43
O Aécio tá com o dele na reta da PF e fica defendendo o Temer e sua turma para tentar sair ileso dessa. São todos comparsas! Tomara que a PF comece a investigá-lo logo para esse ladrão ser pelo menos algemado, já que essa raça mão fica na cadeia.
 
Ubirajara
Ubirajara - 25 de Novembro às 13:43
Votei mês cara. Todas as vezes mas pelo visto com dedeclarações mostra que eh farinha do mesmo saco
 
marcelo
marcelo - 25 de Novembro às 13:36
Absurdo , é , não ficarmos sabendo a verdade , grampearam a Dilma e o Lula , porque não pode grampear esse temer , que nem voto tem , e esse Aecio , muito honesto pra falar alguma coisa , já deveria estar na cadeia .
 
JorgeLuiz
JorgeLuiz - 25 de Novembro às 13:20
Os políticos brasileiros tem que entender que vivemos tempos em que nada fica oculto! Gravar a própria conversa é um direito legítimo de todos os cidadãos, ainda mais quanda se está sendo "enquadrado" injustamente. Quem já trabalhou no serviço público sabe bem o que é isso, a "panela" no poder massacra a todos que não rezem em sua cartilha!!!
 
Marcos
Marcos - 25 de Novembro às 13:07
Não seria mais certo e razoável que o Presidente e seus Ministros agissem com probidade, honestidade, caráter e retidão com a coisa pública, de modo a não temer qualquer gravação? O problema é que em regra eles temem.
 
Carlos
Carlos - 25 de Novembro às 13:05
que outra coisa podemos aguardar do Aecio, ele tem o rabo preso, so protege os bandidos, ate quando?, e ele quer ser presidente
 
José
José - 25 de Novembro às 13:00
Inaceitável é esse drogado, bandido mimado, querer a investigação sobre outo bandido .
 
Antônio
Antônio - 25 de Novembro às 12:33
Mais uma pérola desse candidato derrotado! O golpista mimado que não aceitou o resultado das eleições, agora, defende o traíra golpista que assumiu o cargo ilegitimamente. Quebraram o país para tirar uma presidente honesta e legitimamente eleita! Colocaram no lugar o que a de pior na política brasileira: O PMDB! Partido que de uma de suas costelas fez nascer outra porcaria chamada PSDB.
 
maria
maria - 25 de Novembro às 12:32
Aécio como sempre querendo aparecer, esse cara não faz outra coisa a não ser dar pitacos. Trabalhar que é bom , nada.
 
Roberto
Roberto - 25 de Novembro às 12:31
O Aécio já deveria estar na cadeia, junto com o Cunha e os demais, a muito tempo. Realmente, bandido defendendo bandido!
 
wilian
wilian - 25 de Novembro às 12:23
Normal,o bandido sempre defendendo o bandido!
 
José
José - 25 de Novembro às 12:19
No Brasil tudo é possível. Bandido exigindo que outro bandido seja investigado.
 
Paulo
Paulo - 25 de Novembro às 12:18
Agora o drogado acha um absurdo o povo ficar sabendo a verdade... sua hora ta chegando drogado... sua sorte é que nos presidios do Brasil a cocaina rola solta.
 
jota
jota - 25 de Novembro às 12:14
Este cara está sempre na contramão da história. Talvez alguns hábitos de políticos mineiros possam explicar tamanha alienação.