SIGA O EM

PMDB libera filiados para apoiar João Leite ou Kalil nas eleições de BH

Decisão foi tomada depois de racha provocado pela adesão à campanha do tucano sem consulta à bancada do partido na Assembleia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 06/10/2016 17:47 / atualizado em 06/10/2016 17:52

Isabella Souto /

Os peemebistas poderão apoiar o candidato que acharem melhor neste segundo turno das eleições em Belo Horizonte: João Leite (PSDB) ou Alexandre Kalil (PHS).

A posição foi aprovada por unanimidade na tarde desta quinta-feira, durante encontro da executiva estadual da legenda, realizado na sede do partido em Belo Horizonte.

O debate foi marcado depois que o vice-governador de Minas, Antônio Andrade, presidente do diretório estadual da legenda, anunciou apoio a João Leite, em encontro que contou com a participação do deputado federal Rodrigo Pacheco – que terminou a disputa pela prefeitura de Belo Horizonte com 10% dos votos –, e o deputado federal Leonardo Quintão.

No dia seguinte, 13 deputados estaduais e um vereador do PMDB manifestaram repúdio ao ato por meio de uma nota reclamando que não foram consultados sobre a adesão do partido à candidatura do tucano.

"Considerando que toda decisão partidária é tomada junto de suas instâncias de deliberação e que esse regramento é especialmente caro ao PMDB, partido que tem o caráter democrático como um de seus princípios fundacionais, os abaixo-assinados entendem que a adesão anunciada é de foro pessoal e individual de cada um dos dois presidentes, razão pela qual não a reconhecem, antes a desautorizam como sendo do partido", diz trecho da nota.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
sebastião
sebastião - 07 de Outubro às 07:50
Pois é: apoiar, para ver se depois, sobra uma boquinha.