SIGA O EM

TCU aponta indícios de irregularidades em um terço das doações de campanha

Entre 114,5 mil doadores, 38,9 mil estão sob suspeita. Entre as ilegalidades, há repasses efetuados por 35 pessoas que já morreram.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 05/09/2016 18:29 / atualizado em 05/09/2016 18:47

Isabella Souto /

O Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou indícios de irregularidades em um terço dos doadores de recursos para os candidatos a prefeito e vereador de todo o país nestas eleições.


Ao realizar um cruzamento entre as receitas e despesas de campanha coletadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o TCU identificou irregularidades em dados de 38.985 doadores, de um total de 114.526 pessoas.

Entre as irregularidades, foram verificadas doações por 35 pessoas que já morreram. Há ainda suspeitas de pessoas que doaram acima do permitido – a legislação permite até 10% da renda do ano anterior.

Em relação aos fornecedores, foram verificados indícios de irregularidades em 1.426 dos 60.952 indicados nas campanhas.


Os dados serão analisados semanalmente até a data das eleições, marcadas para 2 de outubro.

Os resultados serão transmitidos para o TSE para divulgação aos juízes eleitorais nos municípios, que ficarão responsáveis por verificar as informações e adotar as medidas cabíveis. (Com agências) 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600