SIGA O EM

Manifestantes viajam a BH com ônibus e almoço pago

Foram mais de 60 ônibus, financiados por sindicatos e entidades ligadas ao Partido dos Trabalhadores, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1017732, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Ed\xe9sio Ferreira/EM/D.A Press ', 'link': '', 'legenda': 'Mais de 60 \xf4nibus do interior engrossaram os atos em apoio ao governo Dilma ', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/03/19/745155/20160319081944393610u.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 19/03/2016 06:00 / atualizado em 19/03/2016 08:27

Paulo Henrique Lobato

Edésio Ferreira/EM/D.A Press
Dezenas de caravanas do interior engrossaram nessa sexta-feira o ato em Belo Horizonte em apoio ao governo de Dilma Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, investigado na Operação Lava-Jato. Foram mais de 60 ônibus, financiados por sindicatos e entidades ligadas ao Partido dos Trabalhadores, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST).


O ônibus que apanhou seu Expedito Peçanha e mais cerca de 40 pessoas em Capelinha, no Norte de Minas, custou quase R$ 4 mil para rodar um trajeto de aproximadamente 1 mil quilômetros – ida e volta. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade, presidido por ele, vai pagar a conta. Mas o agricultor vai tentar uma ajuda com alguma organização de empregados cujo patrimônio seja maior.

O sindicato pagou o almoço. Vamos também custear parte do ônibus. Tentaremos uma ajuda, por exemplo, com a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)”, contou Expedito, que viajou com cartazes contra o impeachment da presidente. Assim como ele, muita gente exibiu faixas e cartazes.

Havia brancos, negros, pardos e descendentes de índios e de asiáticos. Havia adultos e crianças. Havia gente com pouco estudo e cientistas. Havia homens com sandálias de borracha e homens com terno. E havia mulheres com bolsas elegantes e mulheres que recebem bolsa-família, como dona Neuza, de 42 anos, que mora em Periquito, no Vale do Aço.

Ela saiu de lá, às 9h, e chegou por volta das 16h30 na Praça Afonso Arinos, no Centro, onde os apoiadores de Dilma e Lula se concentraram. “Vim com minhas duas netas. Veio gente de toda a redondeza”, contou a mulher, que ganha a vida como diarista e recebe R$ 387 do programa social.

O almoço, conta ela, foi bom. Dona Helena, de 58, também aprovou a refeição, paga, acredita ela, pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). A mulher saiu na noite anterior de Jaíba, no Norte do estado. "Viemos em um ônibus com 50 pessoas. Foram 12 horas de viagem. Comemos já em Belo Horizonte. A CUT pagou”, disse dona Helena, que ganha a vida como lavradora. A forte estiagem que castiga a região prejudicou as últimas três lavouras de feijão e milho que o marido dela plantou. “Não deu pra colher quase nada”.

O rosto dela, marcado pelo forte calor do Norte de Minas, não mostrou desânimo durante a viagem. Para maior conforto, ela embarcou usando chinelos de borracha. Já Roulian, formado em direito e compositor de jingles, foi ao evento com um terno preto impecável.

Ele saiu de Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce, um dia antes. “Tenho o hábito de usar terno. Tenho 32 conjuntos”, calculou o homem, que foi batizado, segundo ele, com o nome de Então Tá. “É sério. Foium descuido de meus pais. Só alguns anos mais tarde que mudaram meu nome, retirando o Então Tá”.

Centenas de apoiadores do governo federal usaram camisas com fotos de Dilma e Lula. E vários outros com a estampa do MST. Estampas com o rosto do guerrilheiro Che Guevara, o médico argentino que viveu boa parte da vida em Cuba, também foram exibidas.

Procurado pela reportagem do EM, a assessoria de imprensa da CUT não confirmou a informação de que a caravana tinha sido custeada pelo sindicato.   

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Marcio
Marcio - 21de Março às 15:53
Se não financiar o trocado, o transporte e o almoço grátis ninguém vai... porque as pessoas não são burras e sim gananciosas!
 
rafael
rafael - 19de Março às 17:07
Esse pt e coisa do demonio ! faz vir la da casa do chapeu a massa de manobra so para mostrar numero!! paga com dinheiro que nao e deles . e tudo farça! ja desgraçaram nosso pais e ainda querem roer o osso! ja deu neh.. chega..
 
Luiz
Luiz - 19de Março às 16:22
Um dia do meu salário é roubado todo ano para sustentar esse bando de aproveitadores, pois é isso que os sindicatos são. Eles sabem disso, mas não tem vergonha na cara e dizem que está previsto em lei. Querem continuar recebendo dinheiro sem trabalhar. E usam o povo sofrido e desinformado como massa de manobra, apenas para se manterem como estão. Os sindicalistas sem caráter são um câncer que, felizmente, morre um dia. E esse dia está chegando. Só sobrarão uns poucos que se preocupam, de fato, com os trabalhadores que representam.
 
opiniao
opiniao - 19de Março às 16:16
Com meu dinheiro para fazer arruaça e não manifestação, fica mais fácil usar uma camisa vermelha e comer um pão com salame. Assim é facil encher as ruas. Meu dinheiro do imposto sindical não é pra isso. Falta de respeito com meu trabalho suado.
 
humberto
humberto - 19de Março às 16:08
QUEM APOIA BANDIDO, BANDIDO É.
 
mozart
mozart - 19de Março às 15:49
Coxinha tem carro próprio e são financiados por diversos setores, portanto não precisam usar busão para comparecer as passeatas, enquanto que o grupo que defende a Democracia e ao PT é de trabalhadores e de uma classe mais consciente das necessidades do povo, estes que ao longo dos anos sofreram e comeram o pão que o diabo amassou. Agora querem interromper na marra o que foi conquistado, se houve ajuda são voluntárias e da própria classe trabalhadora que já não aguenta mais viver esse jogo sujo.
 
ALFREDO
ALFREDO - 19de Março às 14:55
Melhor do que ir de BMW e Mercedes, como foram os coxinhas golpistas.
 
JOSE
JOSE - 19de Março às 13:21
É pra isso que serve o imposto sindical que desconta compulsoriamente no nosso salário, 1 dia de serviço. É um absurdo!
 
ALFREDO
ALFREDO - 19de Março às 14:57
Não, seu jegue, boa parte do imposto sindical vai pro Paulinho da Força, aquele guarda-costa do Cunha. Imbecil!
 
dener
dener - 19de Março às 13:14
Trabalhar que é bom mesmo nada. Os sindicatos deitam e rolam, em cima desta classe sofrida e humilde. Sabe que se ter comida e um passeio de onibus, fora de sua cidade é um prato cheio pra eles. Só assim o PT coloca alguem a seu favor na rua.
 
MARCELO
MARCELO - 19de Março às 13:02
O PT é uma desgraça na administração nacional, o MST e demais grupos que usam a capa de satanás como bandeira, são todos bandidos, danosos a democracia , Se o PT prestasse, tinha resolvido o problema dos canalhas sem terra(90%) deles são bandidos, ou simplesmente desprovidos de valores morais e éticos,
 
jose
jose - 19de Março às 12:50
Esse tipo de vermes que se vende por pão e refresco ,merece esse governo!depois querem respeito e dignidade!!!as pessoas que foram às ruas contra esse governo,não foram à favor de partido algum,sim exigir as leis!!!agora,vocês São crapulas !!!!
 
Marcos
Marcos - 19de Março às 11:57
Peço a deus (porque parece que só ele mesmo), que essas pessoas enxerguem a verdadeira intenção de um partido político e sindicato em pagar essas viagens, lanches e diárias! Não vejo nenhuma destas instituições bancando isso para uma família que precisa de assistência médica na capital ou tratamento especializado em um hospital de grande porte. Nada sairá de graça para os sem terras, com terras, sem casa e com casas! Porque não financiam o estudo digno a essas pessoas para poderem ter um emprego digno e ajudar a sua familia?!!
 
Felipe
Felipe - 19de Março às 11:45
Sensacionalista esse título, né?
 
Julião
Julião - 19de Março às 11:10
Quem não tem Pajero que nunca pegou estrada de terra vai como pode , se o sindicato puder levar ótimo! Todo mundo tem o direito de se expressar.
 
Valdir
Valdir - 19de Março às 10:44
Só pagando ônibus, almoço e uns trocados extra para o PT conseguir reunir um monte ( muito menor que as manifestações de Domingo ) de sem teto , sem terra e sem vontade própria. Este é o Brasil da mentira, corrupção e desmando . SERGIO MORO neles.............
 
Gilberto
Gilberto - 19de Março às 10:28
Esse dinheiro dos sindicatos veio todo das contribuições obrigatórias que todos os trabalhadores brasileiros são obrigados a pagar todo ano quer gostem ou não! É a farra dos sindicatos corruptos dirigidos por pelegos que não trabalharm e entram para os sindicatos para viver as custas de quem trabalha honestamente.
 
Maria
Maria - 19de Março às 10:23
Estas atitudes desleais, usando muitas vezes o pessoal simples, é marca registrada do PT.
 
ALFREDO
ALFREDO - 19de Março às 14:58
D Maria, sua patroa sabe que vc anda mexendo no micro dela?
 
Maria
Maria - 19de Março às 10:18
Triste é saber que muitas pessoas q estão nestas manifestações foram por farra, algumas disseram nos convidaram , teremos ônibus grátis, lanche e uns trocados. Eles não sabem da importância deles como cidadãos. Depois do Lutralha, dizer nas gravações, mostrando q já sabia q teria gente na frente da sua casa para dar apoio e q poderia sair até porrada. Isto mostra que esta militância nojenta faz teatro, usando pessoas simples. Depois de mostrar um vocabulário de baixo nível, tanto ele como sua esposa, não merecem respeito nenhum do povo brasileiro. Ele joga com a violência e mentira .
 
FelipeGuerra
FelipeGuerra - 19de Março às 15:01
E o quê a Dona Maria achou do palavreado dos coxinhas, ofendendo a presidente, durante a abertura da Copa do Mundo? Pare de falar asneiras, mulher, vá se instruir primeiro, antes de vir aqui falar estas imbecilidades.
 
Maria
Maria - 19de Março às 10:17
Vários pessoas que conheço, foram , são contra Lula e Dilma. Foram para fazer farra e se divertir, como um deles disse!
 
Charliton
Charliton - 19de Março às 10:09
Este partido PT temos que acabar com eles chega , fora Dilma
 
sofie
sofie - 19de Março às 09:44
Quero ver qtas vezes vao suportar pagar pra esses po bres coitados vestirem vermelho. Nao sao manifestantes, sao figurantes em prol dessa quadrilha. Nao se ve isso nas manifestaçoes contra o governo. Eu e muitos fo os de onibus. Ninguem precisou subornar ninguem
 
Geralda
Geralda - 19de Março às 09:39
Sou apartidária... pra começar.. Para muitos, esta talvez, seja uma das poucas opções de turismo que tiveram na vida. Certamente será um fato inesquecível. Nesse momento, quando cada um quer fazer valer, custe o que custar, a sua voz, uma vez que o voto vem perdendo a credibilidade, ora pelo suborno das urnas, ora pela desordem geral que ronda o país. O respeito foi abolido pela grotesca forma de exposição das idéias, a democracia está em jogo, o povo manipulado, as panelas cada vez mais vazias, tornando apenas instrumento de percussão.
 
Carlos
Carlos - 19de Março às 09:26
Esse é o apoio dos petralhas. Tudo pago e mandado. E ainda fingem que enganam alguém. Estão destruídos, na lama.
 
John
John - 19de Março às 09:25
Dinheiro pra comprar terras o MST diz que não tem, mas pra bancar onibus tem de sobra. Safadeza.
 
Nivaldo
Nivaldo - 19de Março às 09:15
Será que o DER/MG autorizou estas viagens e as fiscalizaram como fazem com os que são cadastrados e cumprem as normas?
 
Roberto
Roberto - 19de Março às 08:53
Nem sabem o que vieram fazer aqui! Essa é a nação mortadela, por $30 e um pão com mortadela fazem qualquer coisa
 
wanderson
wanderson - 19de Março às 08:51
um bando de gente alienado, que se vende com um prato de comida, e pão com café, quanta ingenuidade falta de conhecimento co a história da política brasileira cadê o fome do zero que esse inverno mediucre diz ter implantado no Brasil, quanta mentira desse governo falido, depois esses vermes analfabetos vão aparecer nos veículos de comunicação reclamando que o governo e as autoridades não olham pra eles e sempre assim, pobres analfabetos que não tem o mínimo si quer de conhecimentos e deveres sobre política
 
sebastião
sebastião - 19de Março às 08:48
No tempo que eu tinha rabo, contribuía para sindicato; hoje, sei que contribuir para sindica, só serve para encher bunda de diretores.
 
marcos
marcos - 19de Março às 08:45
só para lembrar que este mes, todo trabalhador terá um dia de salário extorquido , para o imposto sindical, e os mesmo usam o dinheiro para apoiar corruptos, ou isto não esta acontecendo no Brasil. E os direitos dos trabalhadores ficam em segundo plano.
 
FelipeGuerra
FelipeGuerra - 19de Março às 15:03
Usam também para financiar a Força Sindical, sustentáculo do Cunha, seu imbecil!