13°/ 22°
Belo Horizonte,
25/JUL/2014
  • (12) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mulher linchada é a 20ª vítima fatal de "justiçamentos" em 2014 Confundida com uma sequestradora, dona de casa de Guarulhos morreu depois de ser espancada de forma brutal. Levantamento mostra onda de linchamentos públicos, com ocorrência em 15 das 27 unidades da Federação
  • Notícia

Daniela Garcia

Publicação: 06/05/2014 10:15 Atualização: 06/05/2014 12:19

Mulher foi socorrida depois de ser espancada, mas não resistiu aos ferimentos (Reprodução/Youtube.com)
Mulher foi socorrida depois de ser espancada, mas não resistiu aos ferimentos
Espancada depois de ser confundida com uma sequestradora de crianças, Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, é a 20ª pessoa assassinada em uma situação de justiçamento público neste ano no Brasil. Moradora do Guarujá (SP), a dona de casa morreu na manhã desta segunda-feira devido a um traumatismo craniano, dois dias depois de ser agredida. Desde fevereiro, pelo menos outras 37 pessoas foram vítimas de linchamento no país. Especialistas sugerem que a repercussão do vídeo de um adolescente do Rio de Janeiro, agredido a pauladas e amarrado nu a um poste no fim de janeiro, tenha desencadeado uma onda de crimes.

Segundo a família, Fabiane foi alvo das agressões a partir da publicação em uma rede social do suposto retrato falado de uma mulher que sequestrava crianças para utilizá-las em rituais satânicos no Guarujá. Familiares e a polícia afirmaram que a morte da dona de casa foi resultado de um boato. “Não foi registrado nenhum sequestro de criança no Guarujá. Esse foi um boato nas redes sociais que veiculou em várias localidades e chegou aqui. São fatos totalmente inverídicos”, argumentou o delegado Luiz Ricardo Lara, do 1º Distrito Policial da cidade do litoral paulista.

Depois de serem notificados da morte da dona de casa, familiares da vítima foram ontem à delegacia para entregar as imagens chocantes do espancamento e também apontar nomes suspeitos de participação do crime. O delegado disse ontem que agentes da polícia já estavam em campo para apurar os autores do linchamento, que serão indiciados por homicídio.

O advogado da família, Airton Sinto, disse que Fabiane foi agredida por pessoas que teriam visto, na página Guarujá Alerta, hospedada em uma rede social, o retrato falado de uma mulher que estaria sequestrando crianças em Guarujá e pensaram que se tratava da dona de casa. Sinto declarou que o autor da página na internet ainda não foi identificado, mas entende que o site foi responsável pelo crime.

“A gente precisa levantar o debate em relação à irresponsabilidade das pessoas que divulgam o que quiserem nos sites de relacionamento. Eles arrasaram uma família. Eu tenho certeza de que quem administra essa página não tinha intenção de matar uma mulher, mas é responsável na medida de sua culpabilidade.” Em nota, a equipe do portal Guarujá Alerta se negou a falar sobre o assunto. Por ora, não nos manifestaremos sobre esse assunto para não atrapalharmos o trabalho da polícia.”

 

 

Tags:

Esta matéria tem: (12) comentários

Autor: Marcio Correa Filho
Se a justiça fizesse o papel dela a população precisava recorrer a isso... Mas uma coisa é garantida... VAI CONTINUAR e vai piorar! | Denuncie |

Autor: julio oliveira
E vcs acham o que? Somos todos covardes por nao cobrarmos dos governantes deste país, por entrarmos na onda do jeitinho brasileiro... se eu pudesse nao teria nascido aqui. Tenho vergonha de ser brasileiro. Olho pra isso aqui e fico temeroso de saber q tenho um filho de 9 anos. | Denuncie |

Autor: julio oliveira
Das dez cidades mais violentas do mundo temos 6. Vemos todos os dias marginais condenados ou com varias passagens matando jovens ou pais de familia, vemos a corrupçao alastrando, os jovens brigando na porta de escola... e nada sendo feito..nada... nada... nada... a rachel disse ser compreensível.... | Denuncie |

Autor: Edmarcos Santos
Utilizar esta bárbarie para vilipendiar a Rachel Sheherazade é covardia e podemos até dizer que estão cometendo mesma bárbarie. Na verdade, o Brasil esta virando uma Terra de Ninguém, sem comando, sem justiça e crimes cada dia mais violentos. Falta poder. Precisamos reescrever a nossa história. | Denuncie |

Autor: Jair Jaci
Os maiores exemplos, os maiores agressores estão nas ONGs... e, principalmente, nas câmaras municipais, estaduais, congresso nacional... espalhados nos Três Poderes... ou não? | Denuncie |

Autor: sebastião costa
Cê viu Zé, nóis nun tem lei no país, o povo tá fazeno. infrizmente, fizéro com a pessoa errada. O dia quinóis tivé um guverno que exige mudança na lei, nóis tá feito. Vai sê um paizão. | Denuncie |

Autor: Reuel Pereira
Agora vão por a culpa na Rachel Sherazade. Ela é culpada da selvageria do povo. Fala sério. Povo sem cultura. Só sabem jogar pedras nos outros. Em nada diferem dos selvagens apresentados no vídeo. | Denuncie |

Autor: cristiano fernandes
O bebado atropela e naomata,nao da nada,O filho do zeze perrela nao sabia que seu piloto levava 480 kilos de pasta base,crime ediondo e eles estao soltos.Neste caso ai tambem foi sem querer,isso ai se chama Brasil.Quem conhece o primeiro mundo sabe o que estou escrevendo | Denuncie |

Autor: renato wilson
srs. "moderadores" do EM, na verdade são censores pois somente publicam comentários que lhes agradam. e ainda dizem que temos liberdade de expressão no brasil. lei dos médios já!! | Denuncie |

Autor: renato wilson
uai, cadê os comentaristas incentivadores e apoiadores das raquel sherazade, dos datenas, dos m. resende, dos joaquins barbosas os justiceiros televisivos?? não vão aparecer para comentar o "sucesso" da sua pregação da violência?? estão assustados porque a vitima não é negra e/ou pobre? | Denuncie |

Autor: James Stuart
Com a palavra a incentivadora Rachel Sheherazade !! | Denuncie |

Autor: João Menezes
Como o Estado se omite em proteger o cidadão, acaba gerando isso, justiça pelas próprias mãos. Mas no caso, pegaram uma pessoa inocente. Depois vem os políticos pedirem votos, ganharam os votos, somem até a próxima eleição. Nesse meio tempo, enchem os bolsos. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.