SIGA O EM

Imagens inéditas mostram acidente do helicóptero de Capitólio de dentro da aeronave

A passageira que ia ao lado do piloto gravou a cena; especialista diz que aeronave decolou com rotação do motor abaixo da necessária

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1100561, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Reprodu\xe7\xe3o Youtube', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/01/25/842361/20170125131751204949i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 25/01/2017 12:59 / atualizado em 25/01/2017 15:36

Benny Cohen /

Reprodução Youtube
 

Imagens inéditas do acidente com o helicóptero que caiu em Capitólio, no sul de Minas, mostram a queda do ponto de vista de quem estava dentro da aeronave (veja vídeo no fim da reportagem).

Na cena, gravada com uma câmera carregada pela passageira do banco da frente, os ocupantes do helicóptero estão muito animados antes da decolagem. Com gritos de ''uhuu'', comemoram o que deveria ser um passeio divertido sobre o lago de Furnas.

O piloto pergunta à passageira: "é voo de R$150 ou de R$100?". Ela rapidamente responde: "De R$150!"

Quando o helicóptero parte, os gritos histéricos refletem a excitação dos ocupantes em fazer o sobrevoo. A passageira grita: ''Que lindoooo!''

Mas, logo depois, o alarme da aeronave dispara e o que se vê é o helicóptero indo em direção ao solo. Neste momento, os ocupantes estão em silêncio.

Até segunda-feira, 23, os três passageiros que estavam no helicóptero continuavam internados na Santa Casa de Passos, na Região Sul de Minas Gerais. De acordo com o hospital, apenas um paciente autorizou a passar o estado de saúde. Tiago Rosa Travassos, de 31 anos, tem quadro estável.

 

ROTAÇÃO BAIXA


Depois do choque, a câmera continua gravando. Veem-se apenas pequenas ondas no canto direito do vídeo, até que um barco se aproxima para ver o que aconteceu e é afastado aos gritos de quem está na margem, certamente com medo de que pudesse haver uma explosão.

Um especialista ouvido pelo em.com.br, que assistiu ao vídeo, afirma que o helicóptero parece ter decolado com rotação do motor abaixo da necessária para a manobra: ''É como arrancar um carro em quinta marcha, só que com consequências desastrosas", afirma.

''A aeronave decola com a rotação fixa, se a rotação estiver abaixo do nível e o piloto acionar o coletivo, que é o comando que faz a aeronave subir, esse acionamento faz disparar uma buzina ou sirene de modo a advertir o piloto do problema'', diz o especialista.

Por meio de nota, o Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III) afirmou que os investigadores já começaram a fazer a ação inicial do acidente envolvendo a aeronave de matrícula PP-MAM. “A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, ouvir relatos de testemunhas e reunir documentos. Todos os dados relevantes serão considerados ao longo do processo de investigação. A investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram”, afirmou.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
André
André - 25 de Janeiro às 15:58
Na verdade caiu porque a mulher ficou gritando na cabeça do piloto.
 
Lino
Lino - 25 de Janeiro às 14:43
Este "novo mundo" de "pilotos" e helicópteros voando sem a mínima fiscalização! Nas cidades, POLUIÇÃO SONORA e desrespeito! No campo, GANÂNCIA e despreparo!...