SIGA O EM

Moradores querem construção de 'Novo Bento' entre Mariana e o antigo povoado

O desejo foi confirmado por membros da comissão da comunidade que se encontrou com o Ministério Público de Minas Gerais e a Prefeitura de Mariana nesta terça-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2015 19:41 / atualizado em 17/11/2015 20:32

João Henrique do Vale , Valquiria Lopes - Enviada especial

Os moradores de Bento Rodrigues, a comunidade que ficou devastada por causa da lama de rejeitos que desceu da barragem de Fundão, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, já decidiram onde querem a construção do “Novo Bento”. Antes de uma reunião da comissão formada pela comunidade com a prefeitura e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), os representantes das famílias informaram que querem morar juntos entre Mariana e o antigo povoado.

Nessa segunda-feira, o prefeito de Mariana, Duarte Junior, já tinha informado que a comissão formada no último sábado para discutir a situação das famílias, vão procurar junto com a prefeitura um lugar para construir um novo distrito. Depois disso, será discutido com a Samarco se há viabilidade da construção naquele local.

De acordo com o promotor Guilherme Meneghim, da Promotoria de Direitos Humanos da cidade, a transferência dos moradores de hotéis para casas alugadas também será discutida. “Essa reunião é para fazer um contato com as comunidades atingidas e para construção de uma decisão coletiva dos critérios para levar os atingidos para as casas que serão alugadas pela empresa. A ideia é tirar dos hoteis e levá-las para as residências”, disse. Para isso, o MP, a prefeitura e a Samarco, vão ouvi-los para eles dizerem quais são os moradores que terão prioridades e para onde cada um será levado.

O promotor informou que processo foi suspenso para que seja uma decisão coletiva. A empresa já identificou 300 imóveis em Mariana. Cinco famílias já foram levadas para residências na cidade. Somente um homem de Bento Rodrigues manifestou o interesse de uma casa em João Monlevade.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600