SIGA O EM

Internautas postam nas redes sociais fotos de peixes mortos às margens do Rio Doce

Boletim de ocorrência foi feito pela Polícia do Meio Ambiente e será encaminhado ao Ministério Público

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 957656, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Reprodu\xe7\xe3o/Facebook/Josiane Aguilar', 'link': '', 'legenda': 'Tartaruga de \xe1gua doce foi encontrada morta \xe0 margem do rio', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/11/08/705720/20151108115052724097u.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 957657, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Reprodu\xe7\xe3o/Facebook/Josiane Aguilar', 'link': '', 'legenda': 'Peixes s\xe3o encontrados mortos no Parque Estadual do Rio Doce', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/11/08/705720/20151108125936996626i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 957658, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Reprodu\xe7\xe3o/Facebook/Josiane Aguilar', 'link': '', 'legenda': 'Moradores da regi\xe3o registram preju\xedzo na bacia hidrogr\xe1fica no Parque Estadual do Rio Doce', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/11/08/705720/20151108130405389258a.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}, {'id_foto': 957659, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Reprodu\xe7\xe3o/Facebook/Conhe\xe7a Minas', 'link': '', 'legenda': 'Os danos ambientais s\xe3o imensur\xe1veis segundo a Pol\xedcia do Meio Ambiente', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/11/08/705720/20151108131601304643i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 08/11/2015 12:13 / atualizado em 10/11/2015 12:46

Ludymilla Sá /Estado de Minas

Reprodução/Facebook/Josiane Aguilar
Apesar de o Rio Doce permanecer dentro da calha e sem transbordar, o mar de lama de rejeitos de minérios que desceu com o rompimento das duas barragens da Samarco, em Bento Rodrigues, na quinta-feira, devastou a fauna da bacia hidrográfica do Parque Estadual do Rio Doce, no Vale do Aço.

Internautas publicaram nas redes sociais fotos de vários peixes e de uma tartaruga de água doce mortos às margens do rio, abaixo da Ponte Queimada, localizada entre o parque e o município de Pingo D'água.

O tenente da Polícia de Meio Ambiente, Átila Porto, afirmou que os danos ambientais na região são imensuráveis e estão sendo descritos em boletins de ocorrência para responsabilizar a mineradora. "Foram identificados peixes mortos, odores fortes e água de coloração turva."

Depois de prontos, os BOs serão encaminhados ao Ministério Público.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Mauricio
Mauricio - 08 de Novembro às 16:24
A reconstrução das casas deve começar de imediato, as pessoas precisam de ter a segurança emocional reconstruída, o começar de novo, com todos os apoios necessários a essa retomada, além de um pagamento mensal até o pronto restabelecimento das normalidades.
 
Mauricio
Mauricio - 08 de Novembro às 16:21
Deve os responsáveis recuperar toda a bacia do rio doce, deve inclusive ter um termo de ajustamento de conduta bem severo, exigir que devem sim fazer um trabalho ambiental sem igual, recuperando nascentes, recuperando a fauna, reconstruindo a flora, fazer reintrodução de animais e outros seres nativos, fazer como um grande exemplo, não é somente a indenização pecuniária, mas a indenização ambiental, criar de imediato a reconstrução de novas moradias mesmo que em outro local, mas a mineradora e seus sócios devem agir exemplarmente. Acolher todos os envolvidos diretamente nesse evento.