Após derrota do Brasil, PM registra tumulto e confusão na Savassi

Ao todo, 15 pessoas foram detidas e 11 encaminhadas. Polícia registrou brigas, desacato, roubo e furtos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 08/07/2014 23:16 / atualizado em 09/07/2014 00:00

Estado de Minas

A derrota do Brasil para a Alemanha deixou os ânimos exaltados e a Polícia Militar teve que agir para controlar tumultos envolvendo torcedores na noite desta terça-feira.A festa na Savassi terminou com brigas generalizadas no quarteirão da Rua Pernambuco entre Tomé de Souza e a praça, no fim da noite.

Pelo menos um jovem ficou ferido, depois que um grupo tentou tomar-lhe um boné importado.Seguranças de restaurantes no quarteirão agiram com violência contra um adolescente, que foi colocado para fora da área cercada, com chutes e socos nas costas. Não fosse a intervenção de uma equipe de militares do Batalhão da Copa, o menor seria espancado por outros rapazes que tentava entrar no espaço cercado.

A confusão teve início quando o adolescente teria iniciado uma discussão com integrantes do grupo de torcedores do lado de fora, que tentaram derrubar a grade para atacá-lo. Dois seguranças surgiram e pegaram o menor pelo braço arrastando-o até a saída, onde estavam os rivais. Como ele não queria sair, acabou agredido pelo homens que prestavam serviços para restaurantes.Um outro jovem chegou a ser perseguido pelos seguranças, que queriam expulsá-lo do quarteirão, mas ele conseguiu escapar.

Com o tumulto, teve início uma outra briga, próximo a um fast-food no quarteirão. As grades de proteção foram jogadas no chão e teve correria. O jovem ferido no rosto foi encaminhado pelos PMs para atendimento médico. Ninguém foi preso em meio a confusão e não houve registro de boletim de ocorrência policial.

Mais cedo, na mesma região, algumas pessoas começaram a queimar uma bandeira do Brasil. Policiais militares tentaram apagar as chamas e foram atingidos por uma lata de cerveja. A PM reagiu e conseguiu deter duas pessoas. Gás de pimenta foi espalhado pela região. À principio, os detidos foram liberados.

Mais tarde, mais um tumulto foi registrado nos quarteirões da Praça Diogo de Vasconcellos. Quatro pessoas foram detidas pela Polícia Militar. Três são suspeitos de jogar bombas e pedras contra os policias. Um homem também foi conduzido por desacato. No momento da prisão, os militares jogaram bombas de efeito moral e houve correria.

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso depois de agredir o dono de um bar na Savassi. A vítima contou a PM que o agressor chegou no estabelecimento pedindo para ir ao banheiro. Como o pedido foi negado, partiu para cima do funcionário.

O último show realizado na Savassi terminou por volta das 23h, quando havia cerca de 4 mil pessoas no local. Durante o pico de movimentação, a praça Diogo de Vasconcelos chegou a abrigar 25 mil torcedores.

 

Balanço do dia

Segundo a PM, ao longo do dia, 15 pessoas foram detidas em BH.  Destas, 11 foram encaminhadas para a delegacia. Foram registradas dezenas de ocorrências de furto e perda de documentos. O Corpo de Bombeiros fez 25 atendimentos, sendo a maioria provocada por quedas decorrentes de abuso de bebidas e cortes de garrafas. 

 

 

Tags: