18°/ 28°
Belo Horizonte,
23/NOV/2014
  • (17) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Estação do BRT revela novo nome do transporte Move é o nome usado internamente em materiais publicitários e testes pela BHTrans para definir o sistema de transporte rápido por ônibus em implantação para a Copa de 2014

Bruno Freitas - Estado de Minas

Mateus Parreiras

Publicação: 13/04/2013 06:00 Atualização: 13/04/2013 06:59

Estação de passageiros na Avenida Cristiano Machado, no Bairro União, é a primeira a ser concluída (MARIA TEREZA CORREIA/EM/D.A PRESS)
Estação de passageiros na Avenida Cristiano Machado, no Bairro União, é a primeira a ser concluída


Deslocar, movimentar, progredir, transferir ou mudar. Cinco significados em inglês, espanhol ou português para a mesma palavra: Move, usada internamente pela BHTrans para definir o sistema de Transporte Rápido por Ônibus – ou BRT, na sigla inglesa. O nome é muito usado em materiais publicitários e testes da empresa que organiza o layout e a identidade visual do sistema apontado como solução pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) para o transporte público até a Copa de 2014. O nome Move consta, inclusive, nos painéis internos da única estação de transferência de passageiros que está pronta e instalada, na Avenida Cristiano Machado, altura do Bairro União, na Região Nordeste.

Fontes ligadas à BHTrans e à Setop confirmam que o nome BRT tem data marcada para ser substituído: assim que os ônibus começarem a ser testados, em meados de dezembro, já que a sigla atual não agradou ao plano de marketing preparado por agências especializadas. A BHTrans não confirma, mas também não nega que o nome final para o sistema seja Move, mas as mesmas fontes ouvidas pela reportagem garantem que o planejamento publicitário já foi finalizado e que agora está guardado a sete chaves, esperando para um anúncio oficial e com pompa.

A nova cara do BRT vai sendo mostrada aos poucos, dentro da própria Estação União, uma armação de metal, vidro e cimento à qual o Estado de Minas teve acesso. O espaço, ainda sem eletricidade e aparelhos eletrônicos, tem dois acessos principais para os usuários, uma rampa de embarque, que passa por bilheteria para compra de passagens, e catraca para o Cartão BHBus, e outra no lado oposto, por onde se desembarca para a rua. Cada lado da estação é dotado de quatro portas automáticas de vidro, sendo que metade delas é destinada à passagem de portadores de necessidades especiais. Dentro da estação há dois painéis. O primeiro, ao lado da bilheteria, destaca os ônibus que abastecem aquele ponto, os horários de funcionamento do sistema – que ainda serão definidos para garantir a integração ao metrô -, destaque para os passageiros que têm direito à gratuidade e o que é proibido fazer dentro dos ônibus, como por exemplo fumar e usar equipamentos sonoros com CD players.

No centro da estação, um mural destaca o primeiro mapa detalhado do BRT, já caracterizado como Move. Os três corredores de linhas segregadas são destacados na cor verde-limão, mesma pintura do exterior da estação. Constam entre ruas e referências como a UFMG e a Lagoa da Pampulha as linhas do Centro, Cristiano Machado e Antônio Carlos/Pedro I/Vilarinho. Foram demarcadas 40 estações ao longo dos traçados, sendo seis estações de integração (Santos Dumont/Paraná, Lagoinha, Pampulha, Vilarinho, Venda Nova e São Gabriel), onde se poderão deixar os ônibus de linhas que não utilizam corredores do BRT ou o metrô, para então acessar o novo sistema de transporte. Cada porta de acesso será identificada por um número, letra e o sentido do tráfego. Além disso, identificará as linhas.

Dois pontos chamam a atenção no novo mapa, o primeiro a mostrar com detalhes todos os corredores e estações previstas para o BRT. Um deles é a falta de integração por metrô à estação terminal do Centro, a Santos Dumont/Paraná. O usuário do metrô só chegará ao BRT, no Centro de BH, pela Estação Lagoinha.

A BHTrans informou que as questões de layout e marketing do BRT Horizonte estão “na fase final de elaboração do projeto de comunicação visual e de identidade do sistema, que inclui, além da marca, o manual de sinalização das estações de transferência e dos ônibus”. Quanto ao nome Move, que consta em várias peças, lá estaria “para efeito de testes”. A BHTRANS informou, ainda, que “não confirma que esse será, de fato, o nome a ser adotado. Tão logo essa fase de testes seja concluída, será lançada a licitação para contratação da empresa que cuidará da criação e instalação das peças.”

Novas Linhas

As placas de sinalização também adiantam a criação de novas linhas alimentadoras e troncais, distribuídas entre estações BHBus já existentes e a estação Pampulha, que vem sendo construída no cruzamento das Avenidas Pedro I e Portugal: como 68 (Estação Vilarinho/São Cristóvão), 5250 (Estação Pampulha/Betânia), 5450 (Estação Pampulha/N. Sra. da Glória). No corredor Cristiano Machado, aparecem ainda a linha 82 (Estação São Gabriel/Hospitais), 85 (Estação José Cândido/Centro), 8850 (Estação São Gabriel/Estação José Cândido), 8451 (Estação São Gabriel/Alto dos Pinheiros), 8551 (Estação São Gabriel/Carlos Luz) e 8850 (Estação José Cândido/Estação São Gabriel).

Esta matéria tem: (17) comentários

Autor: cidrac moraes
Bravo Ferdinando Ribeiro, tua dica esta a mostrar que ainda existe cérebro e vivacidade entre nós! A realização de uma Copa do Mundo além de rios de dinheiro para a Fifa e meia dúzias de espertões poderia deixar algo de útil para o povo. Qual o quê, certo mesmo as contas pra gente pagar! | Denuncie |

Autor: Ferdinando Ribeiro
o povo está tão burro e alienado que até já não sabem mais distinguir palavras da llingua portuguesa e inglesa. Que eu saiba, MOVE, é a 3ª pessoa do singular do verbo MOVER. | Denuncie |

Autor: Ze Augusto Costa
Ou será q isto ai é inspirado em embarque de gado? Ta na hora de acordar...Tem um camaradinah ai em BH..achoq ainda é estudante na FUMA..ele é criativo de bom gosto ..pq não o convidam para a parte visual disto? | Denuncie |

Autor: Ze Augusto Costa
Tudo bem q precisa de inovar....mas..tecnicamente, esteticamente ..será q mesmo uma obra publica não poderia ter melhor acabamento? Ter uma arquitetura estetica melhor? e o acabaemnto? será q isto sai é foto ou um quador feito a mão? Um serralheiro de esquina deixaria mais bem acabado.. | Denuncie |

Autor: vander lima
Em uma metropole com cerca de 5 milhoes de habitantes, não existe forma decente de transporte publico que não seja o METRÔ!!!! Qualquer outra forma (BRT, ônibus ...) vai ser temporário e insuficiente. Vamos tapar o sol com peneira para a Copa do Mundo ... METRÔ JÁ!!!! | Denuncie |

Autor: Nélio Faria
Se não tiver refrigeração nestes pontos de ônibus serão mesmo uns verdadeiros forninhos de MICROONDAS... Imaginem isto aí no horário de verão, às 18h... A população vai ASSAR aí dentro, mas tá bão demais!!... Administradores que só pensam MICRO p/ uma METRÓPOLE... E a máfia do bu$um nada de braçada!! | Denuncie |

Autor: Maria Margareth Nicodemos
O poder público sempre acha um jeito de jogar fora NOSSO dinheiro: vão gastar milhões de reais em publicidade para que o usuário deixe de chamar o BRT de BRT.E,como sempre o novo nome deverá que ser em inglês. Fora isso,parece que o sistema de transporte vai mudar para continuar o mesmo! | Denuncie |

Autor: WALTER RIEVRS
BRT É SIGLA EM INGLÊS PARA UMA BELA INVENÇÃO DE UM BRASILEIRO, JAIME LERNER,QUE DEU MUITO CERTO EM CURITIBA, E COPIADA PELO RESTO DO MUNDO.ESSA MANIA DE AMERICANIZAR TUDO POR AQUI PRECISA ACABAR, NADA CONTRA OS E.U.A,MAS TEMOS QUE DAR VALOR AO QUE É NOSSO, SEM DESEMERECER O ESTRANGEIRO. | Denuncie |

Autor: Maria Teixeira
Tô pagando pra ver isso resolver algum problema. Tudo tão acanhado. Êta gente que pensa pequeno e não tem visão de futuro. Aff !!! | Denuncie |

Autor: Cristian
Olhem a qualidade do seriço: que aberração é essa placa metálica de chapa lisa toda amassada??? Coisa ridícula, típica desse prefeitinho que temos...não é a toa que a porcaria da empresadele faliu antes delevirar o nosso dignissimo representante! A obra está a cara do prefeito e do governador. | Denuncie |

Autor: Luiz Leal
Isso sinaliza o fim das linhas 1207,2402, 1505, 3502 e 3503. Questiono pq do nome Move? Que complexo de vira-lata é esse impregnado no Brasil, aonde só palavras estrangeiras são usadas como promoção de eventos/investimentos etc? Que estupidez! | Denuncie |

Autor: Rodrigo Andrade
É impressionante como a prefeitura de BH consegue estragar ainda mais um projeto que já nasceu ruim no conceito. Claro que o objetivo não é o bem estar da população mas o desvio de verba pública para o financiamento de campanha fazendo uso das empreiteiras para lavar o dinheiro. | Denuncie |

Autor: Edilson Guimaraes
Move? Transferência? KKKKK Só se for de "busão pra "balaio". Essa porcaria não passa de um conteiner metálico sobre palafitas, onde as pessoas se espremerão e serão "cozidas e assadas" sob o sol tropical de BH. Move? Eu tenho um nome melhor e em português: FORNINHO DE USUÁRIO. Ridículo!!!! | Denuncie |

Autor: alexandre Sousa
Fernanda Aranha. Nome estrangeiro? Por acaso vc não se MOVE? | Denuncie |

Autor: Jairo O. Salles
Imagina esta estação sem ar condicionado em dias de sol quente.Outra coisa,porque já não trazem os bi-articulados que cabem muito mais passageiros,vão continuar com esses famigerados caminhonibus fazendo baldeação.Resumindo,vai ficar na mesma e com menos "lotações" na praça. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
VEJAMOS: reparem no tamanho desta chamada estação. Pelo número de pessoas que ficam esperando ônibus, que descem para pegar outro...de segunda feira à sexta feira, vai ser uma muvuca, uma confusão...esse tipo de desenvolvimento seria ótimo para pequenas cidades com poucos ônibus. Em BH, SEI NÃO... | Denuncie |

Autor: Fernando Aranha
A falta de criatividade é tão grande que já veem trazendo um nome estrangeiro para todo mundo engolir. E vou te dizer: move sou tão mal que o "enganador" BRT continuará valendo para os usuários. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.