17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Acidente em cima de ponte deixa três mortos e dois feridos na Região Norte de Minas A batida entre dois veículos aconteceu depois que um deles estava parado na estrutura por problemas mecânicos

Luiz Ribeiro

Publicação: 25/07/2012 18:49 Atualização: 25/07/2012 19:24

Um gol ficou completamente destruído após o acidente (www.alternativafm.com
)
Um gol ficou completamente destruído após o acidente
 

Três pessoas morreram e outras duas ficaram gravemente feridas em um acidente ocorrido na tarde desta quarta-feira em cima da ponte sobre o Rio São Francisco, na BR-135, na divisa entre os municípios de Januária e Pedras de Maria da Cruz, no Norte de Minas. Por causa da tragédia, o trânsito no local ficou interrompido por cerca de duas horas, formando longas filas de veículos nos dois sentidos da ponte, que tem 1,2 quilômetro de extensão.

O acidente aconteceu por volta das 13h45min. Conforme o tenente Emerson Martins, comandante do destacamento da Polícia Militar Rodoviária em Januária, um carro Celta ficou parado no meio da ponte com o motorista alegando que houve um problema mecânico. Um Voyage, usado como táxi, que seguia de Januária para Montes Claros com quatro ocupantes, ao desviar do Celta, bateu de frente com um Gol, que viajava em sentido contrário.

Morreram na hora o motorista do táxi, Raimundo Wagner Azevedo Ferreira, de 41 anos, natural de Januária e uma passageira do veiculo, identificada como Maria Dolores, de aproximadamente 25 anos, o condutor do Gol, Zaqueu Ferreira França, de 46, que era instrutor de autoescola em Montes Claros e viajava sozinho. Outros dois passageiros do táxi ficaram gravemente feridos e foram levados para o Hospital Municipal de Januária.

Militares tiveram trabalho para socorrer às vitimas do acidente (www.alternativafm.com
)
Militares tiveram trabalho para socorrer às vitimas do acidente


Ainda conforme a Polícia Militar Rodoviária, ao bater de frente com o Voyage, o Gol saiu desgovernado e bateu na lateral do Celta. Por pouco, o Gol não despencou da ponte (cuja altura no local é de 50 metros). Embora o motorista do Celta tenha alegado que o carro apresentou problemas mecânicos, o veículo ainda será periciado para confirmar a veracidade da informação, pois foi levantada a suspeita de que o condutor parou em cima da ponte por outro motivo.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: felipe ribeiro
Agora, ainda que o elemento tenha PA-RA-DO o carro para olhar lá de cima, bater foto, o escambau... não tinha um pisca alerta ligado? "Os sem noção" que vieram não podiam diminuir a velocidade? Olha, é algo surreal esse trânsito brasileiro. Na verdade, a peça entre o banco e o volante... | Denuncie |

Autor: RIcardo Machado
Infelizmente as pessoas não sabem dirigir! | Denuncie |

Autor: José Resende
Provavelmente, foi encontrada uma linha de pesca saindo da janela do celta... O que não justifica o fato de o motorista do taxi não tê-lo visto e parado antes... Isso é pouco perto do que se vê de aberrações com esses motoristas por aí... Os testes de capacidade para dirigir tinham que ser anuais.. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.