Saint Patrick's acontece sem problemas em Belo Horizonte

Evento que gerou polêmica e brigas com a justiça não registra estragos em área nobre da capital mineira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 17/03/2012 19:49 / atualizado em 17/03/2012 21:15

Fernanda Nazaré , Alice Maciel



O evento organizado por uma empresa multinacional produtora de cerveja para comemorar o Dia de São Patrício, tradicional festa da Irlanda, ocorre sem registros de depredação ou confusão no Parque das Mangabeiras, Região Sul de Belo Horizonte.
Segundo o Tenente-Coronel Filho, do 22º Batalhão de Polícia Militar, não houve nenhum registro de ocorrência relacionada ao evento. Ainda de acordo com Filho, há cerca de cinco mil pessoas no evento, que termina às 21h. "Acredito que ainda atingirá a capacidade total da festa, já que todos os sete mil ingressos foram vendidos", afirma o tenente-coronel.

O presidente da Associação dos Moradores do Bairro Mangabeiras, Marcelo Marinho Franco, acompanhou de perto a comemoração no parque e se mostrou indignado ao ver menores de idade consumindo bebida alcoólica. "Vi adolescentes bebendo cerveja, vodca. É uma vergonha! Essa é uma festa destinada ao consumo de bebida alcoólica e é lamentável ver que eles estão vendendo bebida pra jovem. Cerca de 70% de pessoas lá são menores", diz Franco. O presidente da associação também afirmou ter visto kombis do juizado de menores no local, fato confirmado pela reportagem do Estado de Minas. A nossa equipe flagrou duas Kombis, de 12 lugares cada, deixando o parque com menores dentro dos veículos. De acordo com o Comissário da Área de Infância e Juventute, Paulo César Nascimento, os menores foram pegos na região externa do parque.

Outra reclamação de Franco foi a venda de 2 mil ingressos a mais do que a legislação Conselho Municipal do Meio Ambiente estabelece para eventos no Parque das Mangabeiras, segundo ele. "Os 7 mil ingressos foram autorizados pela liminar da justiça. Um absurdo", comenta.

A Polícia Militar montou uma blitz na avenida Afonso Pena, sentido bairro, desde às 12h, para dar suporte aos eventos que comemoram o Saint Patrick's Day (Dia de São Patrício). A blitz ficará no local até às 21h, quando está marcado para encerrar a festa no Parque Mangabeiras. Na Savassi também houve celebração por parte de um bar Irlandês localizado na Avenida do Contorno. Parte da rua Andaluzita foi fechada e os dois mil ingressos, que foram trocados por 1kg de alimento não perecível cada, se esgotaram na quinta-feira passada. Para esta comemoração, os organizadores informaram ter alvará da prefeitura. Quinze seguranças, 39 policiais militares e seis agentes da BHTrans fizeram a segurança da região.

Na Praça JK, onde foi marcado pelo Facebook como ponto de encontro entre os que não conseguiram ingresso para a festa da multinacional de cervejas no parque, a movimentação foi tranquila e três policiais de cavalaria fizeram a vigilância do local.

ENTENDA O CASO

A festa vinha causando polêmica. Inicialmente, o evento aconteceria no Parque JK, na Avenida Bandeirantes, no Bairro Sion, Região Centro-Sul da capital. No entanto, depois que a Associação dos Moradores do Bairro Anchieta (Amoran) se posicionou contra a realização da festa, o evento foi transferido para o Parque das Mangabeiras.

Insatisfeitos, os moradores do Bairro Mangabeiras acionaram o Ministério Público (MP) sob a alegação que há um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado no fim da década de 1990, que impede megaeventos na região. De cordo com o TAC, as festas realizadas no parque têm restrições de horário para preservar a tranquilidade dos moradores do entorno.

A associação também argumentou que a festa pode oferecer risco ao patrimônio natural do Parque das Mangabeiras e da encosta da Serra do Curral. O MP, entretanto, deu parecer favorável à festa e apenas fez algumas recomendações que foram seguidas pelos organizadores. 

 

Veja como foi a festa no Parque das Mangabeiras