SIGA O EM
 col-xs-12

Marcas nacionais renovam as dez primeiras colocações no ranking geral de pesquisa

Sadia, Caixa Econômica Federal e Correios são três das nove empresas que renovaram as dez mais da pesquisa Marcas mais prestigiadas em Minas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/12/2012 13:12 / atualizado em 05/12/2012 12:23

Daniela Rezende

Maria Tereza Correia/EM

A pesquisa Marcas mais prestigiadas em Minas traz em 2012 um resultado bem diferente das duas últimas edições. Em 2010 e 2011 não foram observadas grandes mudanças entre as dez primeiras colocações. Este ano, com a inserção de marcas nacionais na disputa, a amostra deu uma nova cara à lista. “Os players nacionais dividiram espaço com as marcas de Minas Gerais. Não podemos nos esquecer de que, apesar de identidades locais com suas marcas, o consumidor mineiro e sua sociedade estão abertos para o que é nacional também. Não existe um consumidor 'xenófobo' que rejeite marcas de valor que circulam nacionalmente”, explica o presidente do Grupo Troiano de Branding, o realizador da pesquisa Jaime Troiano.

A lista teve em primeiro lugar a Nestlé, seguida, do 2º ao 10º lugar, pelo Banco do Brasil, Fiat, Caixa, Sadia, Volkswagen, Correios, Vale, Honda e Itaú. Apenas a Fiat continuou na lista, que mudou 90% das empresas nas dez primeiras colocações. Para as marcas que conquistaram os melhores lugares, é um orgulho participar de grandes pesquisas e alcançar os primeiros lugares. “É sempre uma satisfação ser uma empresa reconhecida pelo público. Trabalhamos para atender e satisfazer o nosso cliente. O reconhecimento da marca é um prestígio à nossa dedicação ao cliente e à qualidade dos produtos que oferecemos”, afirma Eduardo Bemstein, diretor de marketing da área de carnes do Grupo BRF, da qual faz parte a quinta colocada, a Sadia.

RESPONSABILIDADE
A cada vez que as empresas participam de pesquisas sobre reputação e qualidade dos produtos oferecidos, a responsabilidade da marca aumenta. É o que afirma o assessor de qualidade dos Correios, Alexandre Magno. “Nas duas últimas décadas os Correios sempre ficaram nos primeiros lugares e isso só aumenta a responsabilidade. É uma honra e um desafio”, afirma.

Para o assessor dos Correios, quanto mais retorno a empresa tiver dos consumidores, melhor para saber como eles estão vendo a empresa e para adotar ações que são necessárias. “O que a gente tem em mente é fazer cada vez melhor. Se a gente conquistou o respeito e a confiança dos clientes, vamos fazer melhor o que estamos fazendo e buscar inovações”, completa.

RESULTADOS
A pesquisa retrata o esforço das empresas quando são avaliadas nos seis atributos: capacidade de inovação, qualidade dos produtos e serviços; sustentabilidade, evolução da empresa; admiração e confiança; ambiente de trabalho. Para o superintendente regional da Caixa, Rômulo Martins de Freitas, a pesquisa pode refletir um resultado positivo ou negativo. “Quando ela reflete um resultado positivo, traz para nós a certeza que as diretrizes que estão sendo colocadas pela empresa estão no caminho certo”.

A Caixa, que ficou na quarta posição, está satisfeita com os resultados. “A pesquisa retratou o esforço da Caixa, não só este ano, que foi muito positivo, mas nos últimos anos também. A Caixa tem um planejamento e está cumprindo para se tornar uma empresa destaque. A marca é um reflexo do que a empresa faz. Ela é mais forte ou mais fraca de acordo com a forma que é vista pelos clientes”, conclui o superintendente regional.
Tags: