SIGA O EM
 col-xs-12

8º Lugar Geral

Ação de gigante

Maior produtora de minério de ferro do mundo e segunda de níquel, a Vale é fortemente internacionalizada, mas tem conseguido manter ações duradouras com sua região de origem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2012 11:34 / atualizado em 29/11/2012 15:44

ARQUIVO VALE

A mudança da marca Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) para Vale é um capítulo recente, mesmo assim seus frutos não demoraram a aparecer. Parte fundamental de um processo de internacionalização da mineradora, inaugurada em 1942, na cidade de Itabira, a mudança de nome, realizada em 2008, instituiu novos valores, metas e modos de agir. Embora mundial, a 56ª maior empresa do planeta, de acordo com a classificação da Forbes, mantém laços com Minas Gerais, seu berço e origem. Tanto que foi escolhida pelos mineiros como a oitava empresa de maior prestígio e reputação no ranking geral e a primeira no segmento Mineração. “Nas ações de comunicação regional, pensamos em como estamos e como queremos continuar contribuindo para o desenvolvimento econômico, social e cultural de Minas”, destaca Cássia Cinque, gerente geral de Comunicação.

Apontada pela consultoria norte-americana Booz & Company – responsável pelo Global Innovation 1000 de 2012 – como a empresa brasileira que mais investe em inovação, a Vale aparece em 81º lugar no estudo, que inclui mil corporações de todo o mundo. Mesmo atuando no mercado de commodities, a mineradora investe pesado em tecnologia e processos inovadores para adquirir competitividade global e ganhos de eficiência na produção. A empresa já acumula 2.711 patentes, em 72 países, e investiu US$ 1,7 bilhão em pesquisa e desenvolvimento em 2011, valor que deve chegar a US$ 2,4 bilhões ao final de 2012.

IMAGEM DA MINERADORA

Para reforçar o compromisso com inovação, geração de renda e de empregos e com a promoção de projetos sociais, culturais e de preservação ambiental, a Vale aposta também nos efeitos da publicidade. A campanha “Sim, é possível”, inaugural da nova marca, e a “Descobridores”, ressaltaram a relevância das atividades da empresa para o dia a dia das pessoas ao gerar valor para a sociedade, sem perder de vista o foco da sustentabilidade em todas as suas vertentes.

Com 70 anos completados em junho passado, a Vale conta com 150 profissionais de comunicação espalhados pelo Brasil e em 37 países onde atua. A eles cabem o trabalho de gestão da marca, que, para Cássia, é um balizador das atividades diárias da instituição. “Temos um guia da marca, que norteia todo o planejamento de comunicação e produção de peças e campanhas”, explica a gerente-geral de Comunicação.

O diálogo com seus 78 mil empregados no Brasil e familiares é feito pelo V+, um tablóide quinzenal simples e direto, distribuído às sextas-feiras, ao final do expediente. Na mídia digital, a mineradora divulga conteúdo relevante e se preocupa em interagir e monitorar informações nas redes sociais para seu público estratégico. O zelo com o ambiente on-line transformou a Vale na empresa mais admirada no LinkedIn pelos usuários brasileiros. Os amigos virtuais também são muitos: a mineradora atingiu a marca de 110 mil pessoas conectadas a ela na internet.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600