SIGA O EM
 col-xs-12

4º Lugar Geral

Taxas em queda, banco em alta

Quinta maior instituição financeira do país, a Caixa se consolida como referência para o trabalhador ao intensificar os financiamentos habitacionais e reduzir os juros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2012 11:06

O lucro líquido recorde de R$ 4,197 bilhões nos nove primeiros meses do ano dá sinais do bom momento da Caixa Econômica Federal, quarta colocada no ranking geral de marcas mais prestigiadas em Minas Gerais. A instituição comemora o sucesso de programas como o Caixa Melhor Crédito, que desde abril reduziu os juros a 4,29% para cheque especial, 1,84% para crédito pessoal, 4,14% para compra de veículos e 5,42% para aquisição de bens. As medidas, amparadas por uma forte divulgação, rendem mais do que elogios: são 7,6 mil novos clientes que chegam ao banco por mês e R$ 80,3 milhões gerados em novos empréstimos.

Agente responsável pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a Caixa liberou R$ 32 bilhões em 2011 para a contratação de 457 mil imóveis pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Além de incrementarem a carteira habitacional, cujo saldo chegou a R$ 152,9 bilhões em dezembro de 2011, tais números ressaltam a vocação da instituição para atender as demandas da nova classe média e a solidez da parceria com a União.

“A junção da Caixa e do governo federal aloca os atributos de segurança, garantia, credibilidade e confiança necessários aos projetos, fortalecendo a parceria e a força das marcas”, assinala Wolmar Vieira de Aguiar, gerente nacional de Publicidade e Propaganda.

ARES MODERNOS
Inaugurada em 1861, a marca Caixa se revitalizou nas últimas décadas em um processo que coincidiu com a entrada de bancos internacionais e importantes fusões e aquisições. Com isso, o banco pôde renovar agências, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, aprimorando da sinalização externa ao leiaute dos espaços, reforçando sua imagem como empresa pública sólida e moderna. Paralelamente, a instituição desenvolveu uma nova linha de cartões, cheques, internet banking e produtos para diferentes segmentos.

Parte do processo de revitalização da Caixa, a regionalização da mídia consolidou campanhas como o “Feirão Caixa da Casa Própria”, que ocorre todo mês de maio em diversos locais do país, reunindo a cadeia produtiva da construção civil e potenciais compradores por meio de uma divulgação local. A presença nas principais redes sociais ajuda a promover o diálogo com os mais diversos públicos e segmentos, além de ampliar a oferta de produtos e serviços. Esses clientes podem se relacionar com o banco também por meio das agências, telefone, fax, carta, internet, em terminais de autoatendimento ou estandes em eventos empresariais.

SUSTENTÁVEL
A instituição investe na Universidade Caixa, em São Paulo e em Brasília, bem como na extensão dos cursos para o ambiente virtual, permitindo a capacitação de milhares de funcionários em todo o Brasil, o que se reflete em qualidade do atendimento. O mesmo público interno também é conscientizado sobre a utilização de insumos mais sustentáveis em suas compras, a redução de desperdícios e a melhoria na gestão de resíduos. Projetos como Quintas Ambientais e Sala Verde Caixa ajudam a debater e a educar os funcionários a respeito da relação com o meio ambiente.

A preocupação com a agenda ecológica se estende ainda aos estados e municípios por meio de projetos apoiados por instituições públicas e privadas, como os ministérios do Meio Ambiente (MMA) e de Minas e Energia (MME), a Eletrobrás, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e a Agência Alemã GTZ.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600