SIGA O EM

Processo para escolha do novo reitor da UFJF começa neste mês

O regimento para escolha do novo líder da instituição foi divulgado nesta terça-feira pela Universidade. A consulta eleitoral será feita, em primeiro turno, em 20 e 21 de janeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 15/12/2015 17:50

João Henrique do Vale

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) deve ter um novo reitor dentro de 40 dias. O regimento para escolha do novo líder da instituição foi divulgado nesta terça-feira pela Universidade. A consulta eleitoral será feita, em primeiro turno, em 20 e 21 de janeiro. Se mais de duas chapas forem inscritas nenhuma atingir mais de 50% do total de votos e mais de 30% dos votos de cada segmento (professores, técnico-administrativos e estudantes), será feita nova votação, em segundo turno. Desde novembro, a UFJF é conduzida pelo vice-reitor e professor da Faculdade de Direito, Marcos Chein. Ele assumiu o posto depois da renúncia do reitor Júlio Maria Chebli.

O calendário foi definido pela comissão eleitoral, formada dentro da universidade por representantes dos professores, técnicos administrativos e estudantes. Depois da renúncia do reitor, que aconteceu em 16 de novembro, 14 meses depois de assumir o cargo, o conselho superior da universidade tem 60 dias para indicar um novo nome. O Conselho não precisa fazer a consulta para determinar a nova pessoa para o cargo, porém, como é tradição na UFJF, a escolha da comunidade acadêmica será respeitada.

A inscrição das chapas dos candidatos ao cargo deve ser feita entre os dias 17 e 18 de dezembro. A campanha terá início no dia 19 de dezembro. Estão previstos dois debates presenciais, em Governador Valadares, na Região do Rio Doce, e em Juiz de Fora, nos dias 8 e 13 de janeiro, respectivamente, além de um debate on-line, no dia 18. A divulgação do resultado será feita no dia 22 do mesmo mês.

Caso mais de três chapas forem inscritas, a campanha se iniciará em 25 de janeiro, com previsão de um debate on-line no dia 28. A consulta será realizada nos dias 3 e 4 de fevereiro. O resultado final será divulgado no dia 5. Em seguida, será realizada reunião do Conselho Superior (Consu) da UFJF para aprovar a lista tríplice a ser encaminhada ao Ministério da Educação (MEC).

Crise

O contingenciamento de recursos do Governo Federal para as universidades ocasionou uma crise na UFJF. Por conta do ajuste orçamentário do governo federal, o Ministério da Educação (MEC) reduziu R$1,9 bilhão do total de quase R$ 9 bilhões previstos no orçamento 2015 para as 63 instituições federais. Em Minas, o valor ultrapassou R$ 130 milhões.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600