SIGA O EM

Assistente de acusação liga Bruno e outros três réus ao assassinato

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2010 07:29 / atualizado em 26/11/2010 10:49

Thobias Almeida

A assistência de acusação do caso sobre o sumiço e suposta morte de Eliza Samudio previu que apenas o goleiro Bruno Fernandes, Luiz Henrique Romão, o Macarrão, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e Sérgio Rosa Sales devem responder pela acusação de assassinato da modelo e a crimes como ocultação de cadáver, presentes na denúncia do Ministério Público. As alegações finais do advogado José Arteiro Cavalcante, contratado pela mãe da vítima, Sônia Moura, foram entregues na quinta-feira, no Fórum de Contagem. O MP, porém, pode discordar destas conclusões.

Ele afirma que os outros cinco acusados “podem ter participado dos demais delitos”, como sequestro, e que caberá à juíza Marixa Rodrigues a análise final. A sentença de pronúncia, que sairá em 10 dezembro, define quais dos réus serão julgados pelo Tribunal do Júri, que só trata de casos dolosos contra a vida, e quais deles serão julgados pela própria juíza, podendo ainda haver impronunciados e absolvidos.

O assistente de acusação aponta Bruno como mandante e Macarrão e Bola como executores. Para Arteiro, Sérgio “demonstra, pela prova produzida, que está diretamente envolvido na morte de Eliza”.