Publicidade

Estado de Minas ARTES

Entenda o que são NFTs e como eles se tornam lucrativas formas de arte

Criptoartes têm feito sucesso e movimentam muito dinheiro nas mais tradicionais casas de leilão de obras de arte do mundo. Vídeo explica os tokens não fungíveis


09/09/2021 14:02 - atualizado 10/09/2021 15:43

(foto: Arte/Hudson Franco)
(foto: Arte/Hudson Franco)
NFT é uma sigla que, em português, significa tokens não fungíveis. Eles são ativos digitais únicos, como fotos, vídeos ou outros tipos de produto digital que tenham um certificado de propriedade e possam ser considerados exclusivos. E isso tem feito os NFTs atingirem valores recordes em casas de leilões de obras de arte famosas em todo o mundo. Em março de 2021, a imagem intitulada “Everydays: the First 5000 Days”, criada pelo artista digital Beeple, foi leiloada na Christie's por US$ 70 milhões, e se tornou a terceira obra de arte de um artista vivo mais cara da história.

Para mais vídeos como este, acesse nosso canal 

Mas para entender os NFTs, é preciso deixar claro o que são criptoartes, ou seja, o comprador não recebe os objetos físicos, mas um arquivo digital que atribui a ele a propriedade do bem. E é com essa garantia de que o produto é exclusivo no mundo que os criadores de NFTs têm se tornado estrelas nas mais renomadas casas de leilões de arte do mundo, e donos de fortunas em dinheiro. 

Em agosto de 2021, um garoto de 12 anos do Reino Unido ganhou o equivalente a 2 milhões de reais com a venda de uma série de obras de arte pixeladas chamadas “Weird Whales”. Esse tipo de obra não precisa mais estar presente em galerias de arte para se valorizar ou ser leiloada. Além disso, qualquer obra de arte digital pode virar um token para gerar um certificado digital de propriedade, que pode ser comprado e vendido.

Como funcionam os NFTs
NFTs não são criptomoedas, como o bitcoin, por exemplo. Apesar disso, os dois usam a mesma tecnologia, chamada blockchain. O sistema permite rastrear o envio e o recebimento de informações pela internet. Resumidamente, ele funciona como frações de um código on-line que carregam a informação principal, como um bloco de dados em uma corrente. Daí a origem do nome em inglês.

O que diz a lei sobre criptoartes?
Ainda não existe jurisprudência sobre os NFTs, mas juristas afirmam que eles podem ser considerados um bem infungível, indivisível, comercializável e particular. Por isso, as transações de compra, venda ou doações devem seguir as orientações previstas pelo Código Civil para bens dessa espécie.

Famosos vendem NFTs
E até mesmo famosos entram na onda dos NFTs. Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, e Dave Grohl, líder dos Foo Fighters e ex-baterista do Nirvana, já entraram na onda dos NFTs. Eles anunciaram a venda de uma música inédita que os dois gravaram juntos, chamada “Eazy sleazy”. A compra ainda acompanha uma arte digital criada pelo artista Oliver Latta, conhecido como “Extraweg”. 

Os fundos arrecadados serão doados para casas de shows independentes que ficaram fechadas durante a pandemia do novo coronavírus.

Times de futebol também estão se reinventando nas artes digitais. O Atlético leiloou imagem que ilustra a famosa defesa de pênalti do goleiro Victor durante a campanha vitoriosa do Galo na Copa Libertadores de 2013. A compra foi negociada por US$ 5 mil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade