Publicidade

Estado de Minas

Mark Zuckerberg diz limitar o tempo que as filhas gastam online

Pai de August e Máxima, Ceo do Facebook afirma que as filhas ainda são muito jovens para passar muito tempo conectadas


postado em 24/10/2019 11:06 / atualizado em 29/10/2019 09:18

(foto: Facebook/reprodução)
(foto: Facebook/reprodução)
Se o Facebook não poupa artimanhas para manter seus usuários imersos na rede, na casa do criador e fundador da empresa, Mark Zuckerberg, os "termos de uso" da internet parecem bem mais rigorosos.

Em entrevista concedida à Fox News, o empresário disse que ele e a esposa Priscilla Chan controlam o tempo que as filhas August, de 2 anos, e Maxima, que completa 4 no próximo mês, passam em frente às telas de smartphones e dispositivos afins. 

"Eu geralmente não deixo minhas filhas em frente à TV ou ao computador por um longo período de tempo. Acho que administrar isso ficará mais desafiador à medida em que elas forem crescendo, mas elas ainda são muito novas. Elas chegarão lá", disse o CEO à Fox.

Zuckerberg e Priscila, no entanto, incentivam que as crianças utilizem chamadas de vídeo para manter contato com avós e outros familiares. 

"Se nossas filhas querem conversar em vídeo com os primos ou avós, acho ótimo e acredito que todo tipo de pesquisa aconselharia isso, afirmou. "Quero que, quando elas crescerem, possam dizer que o pai delas fez do mundo um lugar melhor e trabalhou com aquilo que ele acredita", concluiu.


Ver essa foto no Instagram

We hope you had a spooky Halloween!

Uma publicação compartilhada por Mark Zuckerberg (@zuck) em



Publicidade