Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas BATERIA DE CELULAR

Confira 10 dicas para prolongar a duração da bateria do smartphone

Colocar o dispositivo em modo avião, escurecer a tela e desativar o wi-fi, podem dar uma sobrevida emergencial na correria do dia a dia


postado em 17/10/2019 04:00 / atualizado em 17/10/2019 14:02

Ligue o alerta quando a bateria chegar na marca dos 15% (foto: pxhere)
Ligue o alerta quando a bateria chegar na marca dos 15% (foto: pxhere)

Em um mundo altamente conectado, o sonho de consumo de qualquer pessoa é ter um smartphone no qual a bateria possa durar por, no mínimo, 24 horas. Por mais avanços que as baterias de íons de lítiotrouxeram para o mundo moderno, elas ainda estão longe ter vida longa para atender aos milhares de consumidores que não desgrudam, nem por um segundo, das telas de seus telefones. Nesse ato constante, eles ‘sugam’ toda a carga da bateria ao acessar suas redes sociais, além de passar horas navegando nos aplicativos de filmes, música e jogos.
 
 
Provavelmente, você já entrou em desespero ao perceber que a carga da bateria está chegando ao fim e não está com o cabo ou carregador externo portátil para fazer a recarga. Existem algumas maneiras simples pelas quais a bateria do telefone pode durar mais, prolongando o tempo de uso antes da temida marca de 15%. Entre as possibilidades de conseguir um tempo extra de carga, antes da “morte” definitiva do aparelho, está colocar o dispositivo em modo avião. Feito isso, o aparelho desativa por completo o GPS e a conexão através da rede de dados. Sem geolocalização, o aparelho tende a economizar energia.

Outra boa dica é ativar o modo noturno. Com telas cada vez maiores, os dispositivos tendem a consumir muita carga. Escurecer completamente o display, além de economizar carga de bateria, evita desconforto nos olhos.  Apple, Samsung, Motorola e Sony disponibilizam em seus sites manuais que ajudam os usuários a prolongar a bateria dos seus dispositivos. Lá também é possível conferir dicas de como melhorar a performance dos aparelhos.


1. Diminua o brilho de tela

Por mais óbvia que essa dica seja, ela não deve ser subestimada. A maioria dos smartphones disponíveis no mercado têm display com pelo menos 5 polegadas. Essas telas maiores são o principal devorador de bateria do dispositivo, portanto, ela poderá durar mais se você diminuir seu brilho. Aproveite e, se estiver disponível, ative o modo noturno no seu smartphone e utilize os apps também nesse esquema. 

Vá em Configurações > Tela > Brilho Adaptável (ou brilho automático) e desative essa opção. Depois, vá em Nível de brilho e leve o regulador para a esquerda até o limite de brilho que seja aceitável para você. Isso também pode ser feito a partir do menu de atalhos rápidos.


2. Papel de parede escuro

Escolha o papel de parede mais escuro que tiver, de preferência um todo preto, e use em situações de emergência. O próprio Google já admitiu que sim, usar papéis de parede escuros nesse tipo de display ajuda a economizar bateria, uma vez que os pixels ficam realmente apagados. 


3. Atualização constante

Fabricantes de telefones como Apple e Samsung emitem atualizações para seus dispositivos o tempo todo. Pode ser irritante quando parece que você está atualizando constantemente o telefone, mas essas atualizações existem por um bom motivo: ter o software mais recente e mais eficiente pode ajudar a garantir que o telefone esteja proporcionando a maior bateria possível. (Eles também ajudam a manter seu telefone mais seguro.)

De um modo geral, você pode ver se precisa atualizar seu telefone navegando para o aplicativo Configurações. A partir daí, você encontrará opções para atualizar o software, provavelmente na guia Geral e em Atualização de Software. Isso pode ser um pouco diferente, dependendo do modelo de telefone que você está usando.


4. Desative o 4G


Se você está desesperado para economizar a bateria do telefone, ative o modo avião, reative manualmente o Wi-Fi e conecte-se a uma rede sem fio. Em geral, a conexão à internet por Wi-Fi consome menos energia da bateria do que nas redes celulares – além disso, você não precisa se preocupar tanto com excesso de dados.


5. Desligue o GPS 

Se você não precisa acessar aplicativos com sistema de localização ativados, desligue-os. Muitos apps enviam constantemente a sua localização em segundo plano, o que consome muita bateria. Tenha em mente que alguns deles, como o Google Maps, Waze e Uber utilizam do recurso de GPS. 

Você desliga o GPS da seguinte forma: puxe a barra de notificação com dois dedos e procure pelo símbolo de gota com o nome Localização. Quando encontrar, toque-o para que o GPS seja desativado. Você também pode ir em Configurações > Segurança e local > Privacidade > Localização e desativar o primeiro botão.


6. Identifique o que está gastando a bateria

Nem sempre fica claro o motivo pelo qual a bateria em alguns dias se esgota mais rápido do que em outros. O Android oferece uma boa visão geral do consumo de bateria de cada aplicativo e de cada processo. Basta ir em Configurações > Bateria e explorar as informações.

Se tocar em Detalhes de uso, poderá ver, como um todo, qual categoria está gastando mais carga, como apps, sistema, rede móvel em espera, bluetooth e outros. Ainda na área de bateria, você pode descer a tela até "Uso de apps desde a carga completa", e conferir em uma lista decrescente, quais os apps estão gastando demais.

Tocando em um app, você tem detalhes mais precisos, como tempo em segundo plano e uso da bateria. Você também poderá ir até "Otimização e bateria", dentro das informações do app, e ativar essa função para os apps que considerar menos importantes.

7. Elimine papéis de parede animados

Apesar de serem bonitos (ou não, nem sempre), os papéis de parede animados podem drenar a energia do seu dispositivo. Alguns smartphones enviam alguns desses papéis animados já no sistema, mas eles também consomem muita energia.

É melhor usar, portanto, um pano de fundo estático, e com um motivo que te permita enxergar bem, ou você vai passar ainda mais tempo com a tela ligada, procurando o que precisa.


8. Desative o Wi-Fi

Quando você sai de casa, o smartphone ativa a transferência de dados do seu plano, mas o Wi-Fi continua ativo e procura por redes. Isso consome energia desnecessária. Por isso, é sempre bom desativar o Wi-Fi quando não precisar dele. Para fazê-lo, há duas maneiras:

Baixe a barra de notificações e toque no símbolo de Wi-Fi. Ou então vá até Configurações > Rede e Internet > Wi-Fi e desative o botão. 

9. Limite a sincronização em segundo plano

Muitos aplicativos atualizam dados em segundo plano. Aplicativos de clima, por exemplo, buscam informações atualizadas em intervalos regulares. Se esse intervalo for muito curto, a bateria terá de fornecer mais energia. Por isso, a maioria dos aplicativos oferecem a opção de configurar os intervalos de sincronização de dados.

Além disso, você pode restringir o uso pelo próprio sistema. Puxe a barra de notificação com dois dedos e procure pelo símbolo de círculo cortado, escrito Economia de dados. Toque nele e ative-o. Você também pode ir em Configurações > Rede e Internet > Uso de dados e ativar a função. Nesse mesmo local, você pode ir em Dados irrestritos e escolher quais apps podem burlar isso.

10. Limite o uso da bateria em segundo plano

Seu smartphone tem uma página dedicada ao uso da bateria, normalmente encontrada navegando até a seção de bateria do seu aplicativo Configurações. Dependendo do dispositivo, vai aparecer um gráfico exibindo a duração da bateria e o consumo de cada um dos apps em segundo plano. 

Enquanto você usa um software diferente, muitos desses aplicativos são executados e atualizados em segundo plano. Você pode permitir quais aplicativos específicos façam isso. Se um aplicativo estiver consumindo muita bateria, você poderá desinstalá-lo completamente.

No iOS > navegue para Configurações > selecione Geral e, em seguida, Atualização de aplicativo em segundo plano. A partir daí, você pode selecionar Wi-Fi, Wi-Fi e dados de celular ou Desativado. No Android > abra o aplicativo Configurações, clique em Bateria > toque no símbolo Mais e clique em Uso da bateria > A partir daí, seu dispositivo listará como diferentes aplicativos estão usando a duração da bateria > Clique no aplicativo para o qual você deseja exibir o uso em segundo plano e selecione Restrição em segundo plano. 




Íons de lítio


Na semana passada, o Prêmio Nobel 2019 de Química saiu para o norte-americano John B. Goodenough, o britânico-americano M. Stanley Whittingham e o japonês Akira Yoshino. Foram eles os desenvolvedores das baterias de íons de lítio, hoje usadas em celulares, notebooks e carros elétricos. 

 


Publicidade