Publicidade

Estado de Minas SMARTPHONES

Google lança aplicativo de mensagens Allo para tentar bater o WhatsApp

Estrela do Allo é o Google Assistant, que está incorporado ao app e interage com informações nos chats sempre que acionado


postado em 18/05/2016 16:18 / atualizado em 18/05/2016 18:40

Ao receber uma foto, o app identifica o assunto da imagem e sugere respostas automáticas baseadas nos hábitos do usuário(foto: Reprodução/Internet)
Ao receber uma foto, o app identifica o assunto da imagem e sugere respostas automáticas baseadas nos hábitos do usuário (foto: Reprodução/Internet)
O Google lançou mundialmente, nesta quarta-feira, um novo aplicativo de mensagens. Ele se chama Allo e seu principal diferencial é ter o assistente do Google incorporado ao app. Segundo a empresa, o Allo estará disponível em poucos meses, gratuitamente, para IOS e Android. Aos poucos, a novidade foi sendo revelada por publicações especializadas do mundo inteiro, como o The Verge e a Wired.

O Allo é um app desenvolvido exclusivamente para smartphones, mas é muito mais que o substituto do Hangouts. Ele marca o início dos trabalhos da nova divisão de comunicação do Google (também responsável pelo Hangouts e pelo Projeto Fi). “É realmente libertador começar do zero, às vezes”, disse Erik Kay, diretor de engenharia e produtos de comunicação da empresa.

E o Allo realmente parece um começo totalmente novo. Sua interface é limpa e fácil de entender, com algumas inovações em relação ao que já se vê em outros apps de mensagem, como o WhatsApp e o Messenger. Você se registra com seu número de telefone e pode, se quiser, vincular sua conta do Google a ele. E o Allo tem tudo que um app de mensagens costuma ter: há indicadores de mensagens enviadas e recebidas, emojis e um monte de stickers personalizados. O gerente do grupo de produtos de comunicação do Google Amit Fulay contou que o Google fez, inclusive, um esforço grande para disponibilizar várias opções de stickers - muito populares nos EUA. Mas, é claro, o app traz novidades. Quando você manda uma foto pelo Allo, ele aparece em tela cheia e você pode até rabiscar sobre ela, se quiser. Outro truque bacana: antes de clicar em “enviar” numa mensagem, você pode aumentar ou diminuir o tamanho do texto, deslizando o dedo para cima e para baixo. O Google chama esse efeito de “WhisperShout”.

Oferecer stickers exclusivos foi uma preocupação do Google(foto: Reprodução/Internet)
Oferecer stickers exclusivos foi uma preocupação do Google (foto: Reprodução/Internet)


Se o Allo, no entanto, oferecesse só o que os outros já têm, seria impossível convencer os usuários a trocar os apps que eles já usam por um novo. Mas o Google tem uma arma secreta nessa batalha e ela se chama... Google! Mais especificamente, o Google Assistant (assistente), a nova interface da empresa com a qual você conversa para pedir informações. Ele está dentro do Allo, como @Google.

Isso não é pouco. Com o Google Assistant, o app ganha o poder do Google Knowledge Graph, a maior biblioteca de conhecimento da história da humanidade. Com isso, ele pode analisar as palavras e saber como elas se relacionam a outras. Então, pelo app, você pode pesquisar os filmes em cartaz, reservar mesa num restaurante e saber como está o trânsito em um trajeto, entre outras coisas. E não é só isso. Se você estiver à toa, por exemplo, pode pedir ao Google que comece, por exemplo, um jogo de “adivinhe o filme” baseado em sequências de emojis.

O Google Assistant traz as informações para dentro das conversas, com respostas visíveis a todos do chat(foto: Reprodução/Internet)
O Google Assistant traz as informações para dentro das conversas, com respostas visíveis a todos do chat (foto: Reprodução/Internet)


E onde o @google fica ainda mais interessante? Dentro das conversas com seus amigos. Quando eles mandam uma mensagem pra você, o Allo oferece, por exemplo, respostas automáticas sugeridas, criadas a partir de uma estrutura de programação super fera em aprendizagem. O que ela aprende? Aprende a responder como você responderia! Que tal? Inclusive só com emojis, se você tem esse hábito.

Quando você chama o @google em um chat, seja clicando em uma caixa de sugestão do app na conversa ou simplesmente digitando @google, todas as pessoas do chat poderão ver as respostas às perguntas feitas. Então, escolher um restaurante ou um filme para assistir passa a ser uma atividade em dupla ou grupo, onde todo mundo da conversa opina e vê as informações ao mesmo tempo. Dúvidas comuns, como “a que hora começa aquele show?” ou “quem é o ator daquele filme?” serão resolvidas imediatamente e definitivamente, dentro da conversa.

A essa altura, você provavelmente está chocado, imaginando as possibilidades, e preocupado com sua privacidade no Allo. Bom, em primeiro lugar, todas as conversas são criptografadas de ponta a ponta, o que significa que ninguém na internet poderá acessá-las ou entrar na conversa. Elas são lidas pelos servidores do Google, mas a empresa assegura que os dados são armazenados apenas transitoriamente e sem atribuir identidade aos chats.

Se isso não for suficiente para você, há também o Modo Secreto - similar à aba anônima do Google Chrome, que permite chats criptografados e com acesso proibido, inclusive, para o Google. Além disso, as mensagens que chegam em chat secreto não têm conteúdo revelado quando o telefone está com a tela bloqueada, o que contribui para garantir ainda mais privacidade. Para completar, o Google ainda planeja oferecer em breve, para os chats secretos, mensagens com duração limitada, programadas para desaparecer depois de algum tempo.

Em resumo: o Allo é rápido e o Google, poderoso. Agora é esperar o lançamento e ver se os usuários vão, de fato, se apaixonar pelas possibilidades do app.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade