Publicidade

Estado de Minas

Tuiteiros se rendem aos corações

Inicialmente apedrejada na "tuitosfera", substituição das estrelas de favoritos pelo símbolo do amor aumentou engajamento na rede.


postado em 11/11/2015 12:00 / atualizado em 11/11/2015 12:57

(foto: reprodução intenet)
(foto: reprodução intenet)
Apesar de amaldiçoada por grande parte dos usuários, a troca das estrelas de favoritos por corações no Twitter, que ocorreu em 3 novembro, tem deixado os executivos da companhia satisfeitos.

Informações do site Mashable dão conta de que, durante conferência realizada em São Francisco (EUA) - a Open Mobil Summit, que terminou ontem - o chefe de produtos da rede social Kevin Weil disse que o engajamento dos usuários aumentou com a mudança. “Hoje, vemos 6% mais curtidas no Twitter do que víamos na época das estrelas. Se você pensar no tamanho e na escala da rede, este número é enorme. Quando olhamos para o os novos usuários, o dado é ainda maior, pois os recém-chegados estão interagindo 9% mais com a introdução dos ícones”, revelou.

Para Weil, os corações são mais inclusivos, visto que são símbolos universais. Além disso, acredita ele, a lista de coisas que se podem chamar de “favoritas” é bem menor que a relação de elementos dos quais “gostamos”. Daí o sucesso da modificação.

Tudo indica que os corações vieram para ficar. Quem realmente não gosta deles, contudo, pode trazer as estrelas de volta por meio de uma extensão do Google Chrome chamada ‘Fav Forever’. Gratuito, o recurso está disponível na Chrome Web Store. Basta instalá-lo no navegador.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade