Publicidade

Estado de Minas

Mais transparência nas pesquisas científicas

Fapemig apresenta adesão a dois documentos nacionais que estabelecem orientações, valores e princípios na condução de estudos


postado em 08/09/2015 19:14 / atualizado em 08/09/2015 19:20

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) apresentou nesta terça-feira sua adesão ao documento “Rigor e Integridade na Condução da Pesquisa Científica”, da Academia Brasileira de Ciências (ABC), e ao manifesto Ciência e Criacionismo, da Sociedade Brasileira de Genética (SBG). A Fapemig foi a primeira Fundação de Amparo à Pesquisa a assinar os dois documentos.

O primeiro é um guia que estabelece valores, princípios e orientações para a condução da pesquisa científica e a comunicação de seus resultados. O manifesto é um documento público da SBG que busca comunicar que não existe qualquer respaldo científico para ideias criacionistas que vêm sendo divulgadas em escolas, universidades e meios de comunicação. O objetivo do comunicado é esclarecer a sociedade brasileira e evitar prejuízos no médio
e longo prazo ao ensino científico e à formação dos jovens no país.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade