Publicidade

Estado de Minas

Usuários do Facebook relatam compartilhamento de vírus pela rede social

Internautas de vários países já denunciaram o problema. Vírus se espalha em postagens nas quais várias pessoas são marcadas


postado em 08/06/2015 18:44 / atualizado em 08/06/2015 21:05

As postagens aparecem nas notificações do usuário(foto: Reprodução/Facebook)
As postagens aparecem nas notificações do usuário (foto: Reprodução/Facebook)

Um vírus vem causando problemas a usuários do Facebook em várias partes do mundo nesta segunda-feira. Quem recebeu notificações dizendo que um amigo "disse que estava com você e outras 19 pessoas" não deve clicar no link. As publicações parecem trazer um vídeo de conotação pornográfica, mas ao ser acessada faz com que o usuário compartilhe o vírus com outros amigos.

Várias pessoas recorrem ao próprio Facebook e a outras páginas para reclamar do problema e pedir desculpas pelo conteúdo compartilhado. A onda ganhou força nesta segunda-feira, mas esse tipo de vírus não é novidade na rede social. Em casos recentes, notícias falsas foram usadas para atrair cliques de curiosos, que acabavam compartilhando a publicação.

Usuários de vários países relataram problemas com o vírus(foto: Reprodução/Twitter)
Usuários de vários países relataram problemas com o vírus (foto: Reprodução/Twitter)

Como remover

Em uma das sessões do Facebook, um manual explica como o usuário deve proceder caso tenha clicado em alguma dessas postagens. O primeiro passo é ir até o campo "Configurações", no canto superior da tela, e em seguida em "Aplicativos".  Se houver algum item suspeito, o usuário deve excluí-lo. Para isso, clique no "X" ao lado do aplicativo e na sequência em "Remover".

Você deve também acessar a opção "Registro de atividades", no menu do canto superior direito da tela. Lá, exclua todas as publicações indesejadas.
Clique no
Clique no "X" ao lado dos aplicativos que não forem de sua confiança (foto: Reprodução/Facebook)

Alguns vírus podem atacar não só o perfil na rede social, mas também o navegador usado. O usuário deve acessar as opções para tentar solucionar o problema.

No Google Chrome, vá em "Ferramentas" e em seguida em "Extensões". No Firefox, acesse "Complementos". Se você usa o Internet Explorer, clique em “Gerenciar Complementos” e depois na aba “barras de ferramentas e extensões”.

O próximo passo é verificar se todos os itens da lista são de sua confiança. Caso algum deles não seja, ele deve ser excluído. Se a aba de extensões não se abrir, o vírus pode já ter tomado conta do navegador. O programa deve, então, ser reinstalado. Além dessas medidas, é recomendado também que o usuário troque a senha de acesso ao Facebook.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade